Antonio Lorenzetti Filho

tonico-lorenz

No dia 15 de julho de 1916, nascia em São Manuel,  Antonio Lorenzetti Filho, ou simplesmente seu Tonico, filho de Antonio Lorenzetti e Josephina  Lorenzetti, imigrantes italianos que chegaram ao Brasil em 1896 para trabalhar como colonos de café. Tonico estudou até o quanto ano primário em uma escola da cidade de Cambará, estado do Paraná, para onde a família se transferiu em 1923. No ano de 1931 a família veio para o município de Lençóis Paulista, instalou-se na fazenda São Luiz. De 1935 em diante a seo Tonico mora em Lençóis Paulista, onde veio prestar serviços em escritório e comércio, tendo oportunidade de aperfeiçoar seus estudos em escola noturna particular. De 1938 a 1940 exerceu a profissão de representante comercial de diversas firmas de Lençóis Paulista.  Em 1939, juntamente com os irmãos José Antonio e Juliano, e seus primos da tradicional família Zillo, adquiriu a fazenda São José, no bairro dos Patos, município de Macatuba, onde havia um engenho de aguardente. Esse engenho transformou-se, em 1946, na Usina São  José, produtora de açúcar e álcool., marco inicial da empresas Zillo Lorenzetti, (atual Zilor) complexo agro-industrial que possui três usinas no Estado de São Paulo. Do estágio inicial de trabalhador agrícola até o atual de grande empresário industrial foram muitos anos de intenso trabalho e dedicação. Antonio Lorenzetti filho casou-se, em 1942, com a senhora Antonia Adélia Segalla Lorenzetti e dessa união nasceram dez filhos: José Marcos, Maria Ângela, João Carlos, Antonio Claudio (Neco), Maria da Graça, Maria Josefina, Maria de Lourdes, Adélia Maria, Ana Maria e Maria Cristina.
Foi prefeito de Lençóis Paulista em dois períodos,  colocando à disposição da comunidade o seu trabalho e conhecimento de administrador, impulsionando o desenvolvimento da cidade,  principalmente na área de saneamento básico, saúde e esportes. Sua primeira participação política ocorreu  em 1959, quando foi candidato único.   Nesse primeiro mandato comandou as atividades político-administrativas  do município de 01 de janeiro de 1960 a 31 de dezembro de 1963.  Candidatou-se novamente a prefeito de Lençóis Paulista em 1968, obtendo a maioria dos votos. Seu segundo mandato teve início no dia  01 de fevereiro de 1969 e terminou em 31 de janeiro de 1973.  Ao lado de seu trabalho como empresário e administrador público, seo Tonico dedicou-se às causas  beneficentes, exercendo cargos na diretoria do  Hospital Nossa Senhora da Piedade por cerca de 40 anos, sendo que 25 deles foi como provedor da entidade. Por suas realizações  na área da filantropia, foi agraciado com o título de Comendador, concedido pela Ordem Militar e Hospitalar de São Lázaro de Jerusalém e Nossa Senhora do Monte Carmelo.
Por seu apoio à área de saúde e esportes, foi homenageado pela municipalidade  que denominou de Ginásio de Esportes Antonio Lorenzetti Filho  o conjunto esportivo municipal , conhecido como “Tonicão”. Por seu trabalho e dedicação a Lençóis Paulista, recebeu da Câmara Municipal o título de Cidadão Lençoense. (Do livro Ouro no Horizonte)