APAS: Setor supermercadista sinaliza alta de preços

A APAS – Associação Paulista de Supermercados – alerta que os preços nos supermercados serão fortemente impactados, reduzindo o poder de compra da população, em consequência do estabelecimento de tabela com preços mínimos para o transporte de cargas pelo governo. Os setores produtivo e industrial já sinalizaram que a variação para maior na logística de entrega encarecerá as mercadorias em percentuais que podem chegar a até dois dígitos de aumento. Aliado a isto, com a alta do dólar, não só a produção nacional, mas também produtos importados ou que levem matéria-prima importada no processo de fabricação sofrerão impactos nos preços. Como o setor supermercadista é o último elo da cadeia de abastecimento da população, a APAS alerta que, apesar dos esforços dos supermercados em sempre buscar alternativas para oferecer melhores produtos e serviços aos consumidores, com a conjuntura apresentada será impossível segurar o repasse de preços, cujos percentuais serão ajustados à medida que o setor receber as novas tabelas vindas dos produtores e da indústria.