Cadeirantes cursam costura e informática no CMPF

Sintonizado no programa de acessibilidade do município, o Centro Municipal de Formação Profissional Prefeito Ideval Paccola dá condições de estudos a alunos cadeirantes. Com a direção de Priscila Orsi Moretto Boarato a escola viu ingressar em seus cursos dois desses alunos, já totalmente familiarizados com o ambiente.
João Milanezzi Neto, 60 anos, está no Centro Municipal por convite da filha Renata. Ele fez inscrição junto com os demais alunos e está inserido no curso de costura, com a professora Elaine. Fernanda dos Santos Andrade, 20 anos, faz informática há mais tempo, e hoje, no curso de ilustração digital com o professor Donizete Santângelo, se diz muito feliz.
A escolha da costura por parte de João se deu pelo fato de poder desempenhar uma atividade sem a necessidade de grandes deslocamentos. Sonhava entrar em uma escola e conseguiu. Com isso, o CMFP fez todas as adequações necessárias para que o aluno pudesse aprender e se desenvolver na costura, sem impedimentos, tanto na mesa de moldes como no local de instalação da máquina. O fato de ser o único homem em sua classe não lhe causou qualquer tipo de preconceito. “Me sinto feliz nesse curso. Era um sonho aprender a costurar”, comentou.
Com Fernanda a escola também teve todos os cuidados para que tivesse facilidade de acesso à máquina de estudo e as dependências da escola. “Fui convidada por uma prima e hoje dou muito valor à escola e ao aprendizado”, disse.
“Estamos vivendo o “Setembro Verde”, mas nossa escola tem dado permanentemente atenção ao fator inclusão social”, comentou a diretora Priscila Boarato.

Foto:  CMFP possibilita condições de estudo aos alunos dentro do programa de acessibilidade no município