Escola Esperança de Oliveira

historia7-espoliveira

Até 1913 os professores sentiam falta de um  prédio que englobasse todas as escolas isoladas da cidade e nesse mesmo ano, o governo estadual decidiu começar a construção do primeiro grupo escolar. A obra – na rua Anita Garibaldi, no centro da cidade; ficou a cargo do  botucatuense Adolfo Denucci. O majestoso prédio que inicialmente abrigou o Grupo Escolar Lençóes fora erguido graças ao empenho dos administradores  da época, sobretudo por causa da influência do Cel. Virgílio Rocha. Em 1914 a  obra – grande para a época – foi inaugurada pelo governador do estado Altino  Arantes e pelo secretário do interior Rodrigues Alves. Alunos perfilados,  famílias lençoenses, bandas de músicas e autoridades em geral se posicionaram  defronte à escola à espera do acontecimento que marcaria a história da cidade. Muita gente discursou e a escola acabou com muita pompa sendo  inaugurada e as portas do novo estabelecimento de ensino se abria marcando um  novo tempo na cultura dos lençoenses. A escola teve como primeiro diretor o  professor Armando Madureira (1914/1918) que foi sucedido por Luiz castanho de  Almeida, Victor Miguel Romano e outros. Além deles, passaram outros diretores   substitutos: Orlando Cândido Machado, Cleuza Coelho Machado, Antonieta Grassi   Malatrazzi e outros. Ao contrário do que muita gente afirma, o professor Antonio Esperança de Oliveira nunca foi diretor da escola que lhe perpetua o  nome. Seu nome aparece como um dos primeiros professores. Ao lado de Adolphino  de Arruda Castanho, Olegário de Barros, Pedrina Galvão, e Alzira Nogueira de  Assis, aparece o nome de Esperança de Oliveira. A  homenagem ao grande professor só aconteceu em 1942 quando o governo do estado  determinou que a escola fosse conhecida como Grupo Escolar Esperança de  Oliveira. Os filhos de famílias mais antigas, sem exceção, estudaram pelo  menos um ano no Esperança de Oliveira. A partir de 1999, a escola   recebeu outra denominação: Escola Municipal de Ensino Fundamental Esperança de Oliveira

CONFIRA OUTROS DADOS HISTÓRICOS DE LENÇÓIS PAULISTA