Estudante armado abre fogo dentro de escola e mata dois alunos em Goiás

Estadão Conteúdo

Todas as vítimas tinham 13 anos; duas morreram
Dois adolescentes de 12 e 13 anos morreram e outras cinco pessoas ficaram feridas, no início da tarde desta sexta-feira (20), em um ataque a tiros a uma escola particular em Goiânia.

O helicóptero do Grupo de Radio Patrulha Aérea encaminhou uma das vítimas do tiroteio ao Hospital de Urgências de Goiânia.

O adolescente suspeito seria estudante do oitavo ano na mesma escola e filho de militares, de acordo com a Polícia Militar. Ele foi apreendido pela polícia, mas o local para o qual ele foi levado não foi divulgado.
Ainda segundo informações coletadas no local pela polícia, o adolescente sofria bullying e teria usado a arma de seu pai.

A escola, de classe média, fica na região leste de Goiânia, próxima a condomínios horizontais fechados.

A unidade de ensino oferece aulas até o nono ano do ensino fundamental, com mensalidades em torno de R$ 500.

Segundo o Corpo de Bombeiros, por volta das 11h50, uma mulher ligou para um serviço de emergência e se identificou como professora do colégio Goyases, no bairro setor Riviera. Ela contou que uma pessoa entrou no colégio e começou a efetuar disparos.

Deixe uma resposta