José Prado de Lima (Pradinho)

pradinho-José Prado de Lima nasceu no dia 15 de outubro de 1952 em Macatuba,  e faleceu no dia 9 de outubro de 2012, no hospital da Unimed em Bauru, onde tinha se submetido a uma cirurgia do coração.  Pradinho era filho de Arthur do Prado Lima e  Anésia de Oliveira Lima (falecidos) e tinha como irmãos Alaor (falecido), Jorge, Isabel, Pedro (falecido) e Tereza.  Com menos de uma no de vida mudou-se com a  família para Lençóis.  Fez o curso primário no Grupo Escolar Esperança de Oliveira e o Ginasial na Escola Virgílio Capoani.  Formou-se técnico em contabilidade no Colégio Comercial de Lençóis Paulista (Colégio Francisco Garrido). Em 1976 casou-se com Lucia Helena Pelegrin de Lima  de cuja união nasceram os filhos Mateus e Murilo. Em 1964 ingressou na Legião Mirim de Lençóis Paulista. Em 8 de dezembro de 1965 passou a prestar serviços na prefeitura, onde permaneceu até a sua aposentadoria. Como funcionário público, galgou todos os degraus desde Office boy, Auxiliar de Escritório, Fiscal de Tributos,  e diretor da Unidade Municipal de Esportes (UME).

Carreira política

Pradinho ingressou na vida pública em 1982, quando foi eleito vereador, ocupando o cargo de secretário da Câmara nos anos de 83 e 84. Em 1987, por causa do seu desempenho no Poder Legislativo, ele foi apontado pelo presidente  da Mesa Diretora, como o vereador mais atuante daquele ano. Em 1988, formou chapa com o ex-prefeito Ezio Paccola e foi eleito vice-prefeito da cidade.  Em 1992, disputou a prefeitura e perdeu para o ex-prefeito  Admilson Vanderlei Bernardes, o Dingo.  Em 1996 disputou novamente a prefeitura e dessa vez saiu vencedor ao derrotar o seu oponente José Antonio Marise. O seu mandato de prefeito foi de 1997 a 2000. Alguns desgastes políticos o impediram de concorrer à reeleição e naquela oportunidade, José Antonio Marise seria o vencedor.  Quatro anos depois Pradinho tentou voltar à vida pública como vereador, mas não foi bem sucedido. A partir daí, ele vinha curtindo  a vida de aposentado como servidor público municipal. No dia 9 de outubro de 2012 ele faleceu no Hospital da Unimed em Bauru, onde foi submetido a uma cirurgia de coração.

Obras realizadas

O ex-prefeito José Prado de Lima, o Pradinho, no decorrer dos quatro anos em que esteve à frente dos destinos do município, realizou as seguintes obras:
Construiu quatro escolas:  Ezio Paccola (Jardim Primavera);  Zélia Camargo  Prandini (Júlio Ferrari) ; Nelson Brollo  (Jardim Monte Azul);  Amélia Benta de Oliveira (Vila Baccili). Ele tinha orgulho de dizer que todas essas escolas foram construídas com recursos  da prefeitura. Pradinho destacava que o orçamento municipal da sua época era equivalente à quinta parte do que é  atualmente.
Ainda no seu governo foram construídas a seguintes obras:
– Ginásio de Esportes  “Claudinei Quirino da Silva”, (Amarelão) bairro Maestro Júlio Ferrari
– Três reservatórios de água com capacidade para  milhão de litros cada um (Senai, Jardim Príncipe e Itamaraty);
– Criou o Fepan (hoje Iprem) que garante o pagamento da aposentadoria  dos servidores durante duzentos anos.
– foi o autor da lei que obriga todos os loteamentos novos terem asfalto, água, luz, esgotos e toda a infraestrutura.
– Construiu mais de 2.500 casas populares.
– Asfaltou dezessete bairros.
– Substituiu a antiga tubulação (SAAE) que abastecia a zona leste da cidade.
– Deixou em caixa para o seu sucessor uma verba de R$ 430 mil para pavimentação das ruas do Júlio Ferrari. Essa verba foi liberada pelo ex-deputado federal Carlos Eduardo Moreira Ferreira.
– Triplicou o espaço físico da escola Senai
– Consertou (onde está a praça hoje) o buracão do Júlio Ferrari. Aquele era um problema de mais de 20 anos.
–  Descentralizou o serviço social, fazendo com que as pessoas não tivessem mais que se deslocar até o centro da cidade para serem atendidas.
– Pagou todas as prestações da compra do terreno da Sidelpa. Seu antecessor adquiriu o imóvel e pagou apenas uma  parcela da dívida.
– Asfaltou todas as ruas do bairro Primavera.
– No seu governo foi criado o projeto da estação de tratamento de esgotos.
– Reformou todas as escolas do município.
–  Incentivou o esporte amador
– Trouxe para Lençóis Paulista a Copa São Paulo de Futebol Junior.
– Reformou e construiu praças;
– Substituiu toda a iluminação antiga por luminárias de vapor de sódio
– Descentralizou o serviço de iniciação profissional.
– Criou a unidade móvel de iniciação profissional (Informática)
– Reformou o estádio distrital Eugênio Paccola, na Cecap.
– Restaurou a Biquinha, uma das referências e cartão de visitas de Lençóis.
– Construiu canchas de malhas nos bairros São João, Sidelpa, Cecap e em Alfredo      Guedes.
– Iniciou a implantação de emissários de esgotos às margens do Córrego da Prata.
– Pavimentou as ruas de Alfredo Guedes.
– Substituiu as galerias de águas pluviais de A. Guedes.
As antigas tinham mais de 60 anos.
– Reformou o posto de saúde do Núcleo.
– Construiu o Posto de Saúde do Jardim das Nações.
– Instalou o polo assistencial e escola de informática no Jardim Primavera.
– Criou a escola de eletricista no bairro da Prata
– Instalou a escola de iniciação profissional (PIPM) de carpintaria, elétrica e informática no bairro Cecap.
– Implantou o médico de Saúde da Família.
– Recapeou diversas ruas da vila jardim Ubirama, Mamedina, e centro da cidade.
– Fez a dragagem do rio Lençóis em duas oportunidades, acabando com o risco de enchentes.
– Recuperou estradas vicinais que estavam em péssimo estado.
– Recuperou as máquinas e implementos da prefeitura que estavam sucateados quando ele assumiu a prefeitura.
– Recuperou o crédito da prefeitura. Houve casos em que ele, como prefeito, teve que adquirir matérias de construção em nome de um de seus funcionários para que as obras da prefeitura não parassem. Documentos comprovam isso.
– Adquiriu diversos veículos para a coleta de lixo.
– Comprou ambulâncias.
– Investiu pesado na saúde pública, no esporte, mas não se esqueceu da infraestrutura.
– Revitalizou praças. Substituiu árvores antigas por palmeiras imperiais, sobretudo nas avenidas João Paulo II, Prefeito Jácomo Nicolau Paccola e Avenida Padre Salústio Rodrigues Machado.