Márcio França vem a Lençóis anunciar Univesp e Etecri. O prefeito Prado irá recepcioná-lo

 

O vice-governador do Estado de São Paulo, Márcio França, que também é Secretário de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, estará em Lençóis Paulista nesta quinta-feira, às 9h, para anunciar a instalação na cidade de um polo da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo) e da Etecri (Escola de Técnicas de Economia Criativa). O anúncio será feito na Etec Cidade do Livro e vai contar com a presença de alunos, população e autoridades da região.
“Eu penso que a qualificação profissional para o mercado de trabalho é indispensável para se criar oportunidades de trabalho. Com a instalação dos dois polos, isso certamente será favorecido, principalmente em relação à Etecri, que é focado em um perfil mais tecnológico, moderno”, declarou o prefeito Anderson Prado.
Criada em 2012 como a quarta universidade estadual paulista, a Univesp mantém parcerias com USP, Unesp, Unicamp e Centro Paula Souza para desenvolvimento do conteúdo e coordenação de seus cursos de graduação. Trata-se de uma Fundação mantida pelo Governo do Estado de São Paulo, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, com credenciamento como universidade pelo Conselho Estadual de Educação e pelo MEC para o oferecimento de cursos a distância.
A universidade, única 100% a distância do Brasil, acaba de realizar vestibular com cerca de 80 mil inscritos que disputaram 16 mil vagas para Engenharia da Computação, Engenharia de Produção, Licenciatura em Matemática e o novo curso de Pedagogia. O início das atividades acadêmicas ocorreu em 21/08.
Na Univesp, o aluno aprende de forma ativa. E isso acontece tanto em momentos on-line como em encontros presenciais, nos chamados polos como o que será instalado em Lençóis Paulista em um prédio que será adaptado para essa finalidade. Grande parte do curso é realizado em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Trata-se de uma plataforma on-line na qual os estudantes desenvolvem atividades acadêmicas que incluem assistir a videoaulas, acessar material didático e bibliografia das disciplinas, e tirar dúvidas do conteúdo com tutores. Já os polos são espaços físicos onde os alunos contam com infraestrutura (computadores, impressoras e acesso à internet) e realizam atividades como provas, discussões em grupo e trabalhos orientados por tutores.
Na parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura, a Univesp vai oferecer todo apoio pedagógico, tanto presencial quanto a distância, e o governo municipal entra com a infraestrutura física como local para os encontros, computadores e acesso à internet.
A Univesp chegou ao número de 100 polos no Estado de São Paulo. De acordo com França, a ampliação das vagas da Univesp representa a oportunidade para os jovens de todo o Estado de São Paulo cursarem graduação gratuitamente, no padrão das melhores universidades do País. “Não importa se moram longe ou próximo aos grandes centros, ou regiões metropolitanas, os polos garantirão educação a distância a mais de 16 mil estudantes. A expansão é um passo para a universalização do ensino superior”, ressaltou o vice-governador.

Etecri

Já a Etecri (Escola de Técnicas de Economia Criativa) é um espaço de ensino inovador que oferece cursos de qualificação profissional em conformidade com o conceito da economia criativa, promovendo assim o desenvolvimento criativo de jovens e adultos em situação de vulnerabilidade. Os cursos são voltados para jovens e adultos com mais de 16 anos, e desempregados, e tem a duração de três meses. O número de vagas e a grade de cursos que serão oferecidos em Lençóis Paulista vai depender de uma vistoria no imóvel e também da necessidade da cidade nessa área.
A Etecri é um novo modelo de formação profissional adotado pelo Programa Via Rápida Emprego. Apenas cinco cidades tem uma unidade da Etecri, sendo elas Campinas, Presidente Prudente, São Bernardo do Campo, Santos e São Vicente. Lençóis Paulista será o sexto polo do projeto no Estado.

Deixe uma resposta