Padre Luiz de Oliveira Andrade

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Padre Luiz de Oliveira, filho de Luiz Alves de Andrade e Lisbela Oliveira Andrade, nasceu em 20 de dezembro de 1925, em Ipaussu, Estado de São Paulo. Fez curso primário na cidade em que nasceu e com 12 anos de idade foi para o Seminário Menor São José, na cidade de Botucatu(de 1937 a 1943). Após, estudou no Seminário Central de Imaculada Conceição, no bairro do Ipiranga, na capital (de 1944 a 1950). Foi ordenado padre pelo Bispo Dom Henrique Golland Trindade, no dia 10 de dezembro de 1950, na Catedral de Sant’Ana, na diocese de Botucatu, tendo celebrado sua primeira missa em Ipaussu. No longo de sua vida dedicada à Igreja, o homenageado exerceu seu mister nos seguinte locais: 1951-Vigário Cooperador-catedral de Sant’Ana,em Botucatu; 1953-Vigário da Igreja de São Benedito em Botucatu, onde construiu a casa paroqual de São Benedito; 1955-Vigário Ecônomo da Igreja Nossa Senhora da Piedade, na cidade de Lençóis Paulista-SP, onde construiu a Igreja de São Benedito; 1962-Vigário na Igreja Nossa Senhora da Paz, na cidade de Bernardino de Campos-SP.Foi concedido o título de Cônego quando Botucatu foi elevada a Arquiocese; 1965-Voltou a ser vigário da Igreja de São Benedito, em Botucato; 1967-Vigário da Igreja de Nossa Senhora da Piedade, na cidade de Bofete-SP, onde inauguração a creche da cidade e deu abertura às mudanças das celebrações da Igreja; 1969-Vigário da cidade de Bento de Abreu-SP e Rubiácea-SP, da diocese de Lins-SP, onde construiu a Igreja de Rubiácea e com a doação de terra fez uma vila de casas para os necessitados da cidade, 1976-Vigário da Paróquia de Santa Gema Galgani, em Presidente Altino, Osasco-SP, onde construiu a casa paroquial e o posto de saúde; 1984-Vigário da Paróquia de Nossa Senhora da Escada, em Barueri, onde construiu, também com a ajuda da comunidade e da Kolping, a Igreja de Nossa Senhora da Esperança , no Jardim Esperança e na Chácara Marco a Igreja de Nossa Senhora das Dores.Deixou quase pronta a Igreja de São José Operário e iniciou as obras da nova Igreja de Nossa Senhora da Escada, na Aldeia de Barueri, sede da paróquia; 1998-Novamente Vigário da Paróquia de Santa Gema Galgani, em Presidente Altino, Osasco, onde encerrou sua caminhada. Faleceu em 28 de dezembro de 2001, no Hospital Montreal, em Osasco, deixando muita saudade.
Foi responsável pela então Paróquia Nossa Senhora da Piedade entre 1956 e 1962. Quando por estas bandas chegou era ainda muito jovem, e suas medidas eram muito comedidas, até modestas para alguns. Contudo, ele era muito culto e ter um  espírito filantrópico era uma de suas maiores virtudes. Realizou todos os sacramentos da igreja. Batizou, crismou, e fez a Primeira Comunhão de muitos jovens que hoje adultos, lembram emocionados do velho padre. Realizou solenes casamentos, ocasião em que o padre aproveitava para destacar aos noivos a importância da família. Na condição de responsável pela paróquia, padre Luiz participou intensamente da programação dos festejos do Centenário do Município de Lençóis Paulista, em 1958. O carro-andor que conduziu a imagem de Nossa Senhora da Piedade no desfile foi  ornamentado pelo Padre Luiz. A missa em comemoração ao centenário dea cidade foi celebrada pelo arcebispo de Botucatu, Dom Henrique Goulland Trindade e pelo Padre Luiz, que orgulhosamente dizia: “Eu sou o Padre do centenário”. Além da realização das festas tradicionais e das tarefas da Igreja, o maior feito de Padre Luiz foi a construção da capela de São Benedito, na Villa Mamedina, em 1961. Padre Luiz morreu no dia 28 de dezembro de 2001, no hospital Montreal, em Osasco, consternado profundamente a família católica lençoense.