PM de Areiópolis orienta a população da região sobre notas falsas lançadas na região

Como proceder no caso de receber uma cédula suspeita:

1) De um terminal de auto-atendimento ou caixa eletrônico:

Dentro de uma agência bancária e durante o expediente – neste caso é indispensável retirar um extrato que comprove o saque, preferencialmente no mesmo terminal, e encaminhar-se ao gerente da agência para pedir providências. Se não obtiver solução satisfatória com o gerente do banco o cidadão deve procurar uma delegacia policial mais próxima (Civil ou Federal) para registrar uma possível ocorrência.

notas-falsas1

2) Numa transação do dia-a-dia:

Caso tentem lhe passar uma cédula ou moeda que, após observação dos elementos de segurança e/ou comparação com uma cédula legítima apresente sinais evidentes de que pode se tratar de uma falsificação, é um direito do cidadão recusar o recebimento da mesma. É fundamental sempre recomendar ao dono do exemplar suspeito que procure uma agência bancária ou uma representação do Banco Central do Brasil para solicitar o exame do referido exemplar.

notas-falsas2

Falsificação de dinheiro é crime, previsto pelo artigo 289 do Código Penal, com pena que pode variar de 2 a 12 anos de prisão. Quem permite que uma nota de dinheiro falso entre em circulação sabendo que a nota não é legítima pode ser condenado a uma pena de seis meses a dois anos de prisão.

Qualquer informação acione a Polícia Militar pelo telefone 190. (3° Grupamento de Polícia Militar de Areiópolis/12° Batalhão de Polícia Militar do Interior)

Fonte: fmintegraçao

 

Deixe uma resposta