Programa de ‘Lista Única’ em creche desperta interesse de Prefeitura de Botucatu

A ferramenta desenvolvida pela Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), que recebe as inscrições para lista de espera para vaga em creche e as classifica, tem chamado a atenção de secretarias de educação da região. Representantes da prefeitura de Botucatu visitaram a DTI em busca de informações sobre a ferramenta e os processos envolvidos na gestão da lista de espera.

O modelo de gestão da demanda por vagas em creche aplicado em nosso município chegou ao conhecimento da cidade vizinha durante uma reunião da Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação). O polo regional da Undine é presidido pela Diretora de Educação, Neusa Carone. Na reunião, após uma breve explanação sobre o assunto feita por Neusa, o Secretário de Educação de Botucatu demonstrou interesse em conhecer mais sobre o modelo e uma visita à Diretoria de Tecnologia foi agendada para detalhamento da ferramenta desenvolvida.

Na DTI a comitiva botucatuense, composta por Eliane Cristina Galhardo Granado Alves Leite – coordenadora da educação infantil, Lilian Aparecida Romagnoli – supervisora escolar, e Alex Porcena – supervisor em tecnologia da informação, foi recepcionada pelo diretor Matheus Guilhem Giacometti e por Emerson José dos Santos, líder da equipe de desenvolvimento de sistemas. Além deles, representando a Diretoria de Educação (DME) local também esteve presente a funcionária Priscila Elisabete Coutinho Cavalheiro.

Durante a visita, os representantes da DTI e da DME apresentaram o cenário encontrado antes da implantação da lista única, com problemas e dificuldades enfrentados na época, e como, a partir de um acordo firmado com o Ministério Público, o município alcançou o modelo atual de gestão. Também foram demonstrados todos os módulos informatizados que compõem a solução, desde o recebimento das inscrições de crianças nas creches, passando pela divulgação da classificação da lista no site da prefeitura, até as ferramentas de gestão e tomada de decisões utilizadas pela DME.

A lista de espera para vaga em creche

Antes da implantação da lista única, cada creche gerenciava sua própria lista de espera, o que levava os pais a inscreverem seus filhos em várias unidades, prejudicando qualquer levantamento sobre a demanda real do município para a abertura de novas vagas.

O modelo atual foi adotado no 2º semestre de 2014, seguindo orientação do Ministério Público, através do Termo de Ajustamento de Conduta e hoje os pais podem requerer uma vaga para seus filhos na creche fazendo uma única inscrição da criança em qualquer unidade do município. A inscrição é válida para o ano todo e é classificada de acordo com critérios do Decreto Executivo 116/2014, priorizando o atendimento às mães que trabalham fora. Após a classificação a inscrição já aparece na lista de espera.

Desde janeiro de 2015, a lista de espera pode ser acessada via internet a partir do site da Prefeitura Municipal por qualquer interessado em acompanhar a situação das crianças. Em abril deste ano o site da lista foi adaptado para ser totalmente compatível com dispositivos móveis – smartphones e tablets – visando facilitar o acesso dos pais.

A distribuição das vagas é centralizada na DME, que convoca as crianças para matrícula seguindo rigorosamente a classificação da lista de espera.

Deixe uma resposta