Vereadores de São Manuel cassam mandato do Prefeito Ricardo Salaro

O Prefeito de São Manuel Ricardo Salaro foi cassado na noite desta sexta-feira, dia 20, pela Câmara de vereadores de São Manuel. Após sessão da última quarta-feira, 18, em que ficou decidido que a Comissão Processante continuaria uma Comissão Processante contra o chefe do Poder Executivo, o plenário julgou em uma cansativa reunião extraordinária na Casa de Leis da cidade o parecer que pediu a cassação.

A Sessão foi transmitida ao vivo pela Rádio Integração FM, informando a cidade sobre o resultado. O clima era tenso nas dependências da Câmara, com muitos manifestantes da atual administração, sendo que o resultado já era esperado por todos.

A denúncia feita por um cidadão são manuelense que determinou a abertura de uma CP no mês de agosto, colocava que irregularidades foram cometidas pelo então prefeito Ricardo Salaro (PPS), eleito por esmagadora maioria em outubro de 2016. A denúncia mostrava supostos documentos referentes a um contrato para a construção de uma creche na cidade. Ainda de acordo com a denúncia, uma construtora teria sido contratada pelo valor de R$ 80 mil, de forma ilegal, para fazer a obra. A Comissão Processante julgou que a defesa de Ricardo Salaro era insuficiente para sua absolvição neste caso.

Composta pelos vereadores Paulo Zapparoli (Presidente) João Paulo Piovan (Relator) e Alexandra Guimarães (Membro), a comissão decidiu por 2 Votos (Paulo Zapparoli e Alexandra Guimarães) a favor e 1 contrário (João Paulo Piovan) pela continuação da denúncia contra o Prefeito. A denúncia versava que a construtora vencedora do certame licitatório para construir a creche terceirizou o trabalho, o que é proibido por lei. Nos bastidores foi inevitável os comentários de que o processo fazia parte de uma disputa política nos bastidores.

A defesa de Ricardo Salaro tentou, em vão, convencer os vereadores de que as mesmas atitudes foram tomadas pela administração anterior, de Marcos Monti. O advogado de Ricardo Salaro é o botucatuense José Eduardo Rodrigues Torres. “Estou tranquilo. O que aconteceu hoje é uma vergonha para nossa cidade. A câmara tomou uma decisão que compromete a cidade diante das evidencia de que não houve irregularidade.

O julgamento foi político. Ninguém considerou o que estava nos autos. Tenho certeza de que vou continuar a administrar a nossa cidade para cumprir os compromissos assumidos e que foram ratificados pela população nas urnas”, disse Ricardo Salaro em entrevista à Rádio Integração FM. Foram duas votações que condenaram o Prefeito Ricardo Salaro Neto, mas cabe recurso. O resultado será encaminhado para a Justiça Eleitoral. Essa foi a primeira vez que um Prefeito é cassado em São Manuel. Com a cassação de Salaro, quem assume é o vice-prefeito, Major Rubin. (O destaque é do portal AconteceBoucatu)

Deixe uma resposta