Agentes de saúde visitam a Estação de Tratamento de Esgotos

Com objetivo de tornar pública a importância da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de Lençóis Paulista, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e o SAAE (Serviço Autônomo de Água e esgotos) receberam mais um grupo de profissionais Agentes Comunitários de Saúde para ação de educação ambiental. A visita se justifica por ser um público composto de profissionais da saúde, que atua diretamente com a população. Os conceitos adquiridos pelos agentes devem ser replicados durante as visitas às residências, como, por exemplo, explanar para os munícipes sobre a destinação do esgoto gerado em Lençóis Paulista, sabendo-se que este é conduzido até a Estação Elevatória e em seguida bombeado para as lagoas de tratamento. Só depois o efluente, já tratado, é devolvido ao Rio Lençóis. Outras noções importantes foram passadas aos agentes, como o mal de despejar óleo de cozinha na pia, que pode obstruir o encanamento e atrair pragas urbanas (ratos e baratas), além de prejudicar o sistema de tratamento.
A questão dos resíduos sólidos também foi amplamente discutida durante a palestra ministrada pela bióloga Milena Guirado Coneglian, do SAAE, com apoio do educador ambiental Helton Damacena. Foram abordados aspectos e conceitos sobre o saneamento básico e a realidade da cidade. Ao final, os participantes visitaram a estação elevatória.
Essa ação será apresentada como educação ambiental, relativa a diretiva “Esgoto Tratado” do Programa Município Verde Azul – ciclo 2018. As visitas à Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) são agendadas mensalmente pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e SAAE, e prosseguem durante o mês de julho.

 

 

.... . .