Aguardo ou já tomei a 2.ª dose da vacina contra a Covid-19. Já posso relaxar?

Médica esclarece que precauções, que incluem uso de máscara e distanciamento social, devem ser mantidas inclusive após a segunda dose

Silvia Fonseca – infectologista

Com o andamento da vacinação contra a Covid-19 no Brasil, surge a preocupação de quando a população estará imunizada. Se, por um lado, é positivo o fato de a cada dia aumentar a porcentagem da população que recebeu a primeira dose, por outro é preciso receber a segunda dose e esperar o tempo necessário para que o organismo desenvolva os anticorpos contra a doença. Mesmo depois da segunda dose é necessário manter distanciamento social, higienização das mãos e uso de álcool e máscara, afirma a médica infectologista Silvia Fonseca, diretora nacional de Infectologia do Sistema Hapvida.

Ela explica que a resposta imune após a vacina varia de pessoa para pessoa e de vacina. No caso da Coronavac, a vacina com a maioria das doses aplicadas no Brasil, a pessoa fica imune de desenvolver Covid-19 na forma grave, o que pode levar à morte, somente após 14 dias da segunda dose. “A chegada das vacinas contra a Covid-19 nos trouxe muita esperança. No caso da Coronavac, nos estudos que foram feitos, foi observado que ninguém do grupo de vacinados morreu nem desenvolveu a doença de forma muito grave. Entretanto, foi visto que uma porcentagem pequena das pessoas vacinadas desenvolveu a infecção com capacidade para transmitir o vírus. Então, a gente não pode bobear”, orienta Sílvia Fonseca.

Por isso, frisa, mesmo quem já foi vacinado com as duas doses deve seguir usando máscara, praticando o distanciamento social e as medidas de higienização. Relaxar mesmo somente quando a pandemia acabar. “Para combater a pandemia, precisamos de uma combinação de vacina, máscara, higienização das mãos e distanciamento social. E a máscara tem de cobrir toda a boca e nariz. Não vale máscara no queixo, pendurada na orelha ou no bolso”, completa a infectologista. E quando chegar sua vez, tome a vacina.

O Sistema Hapvida segue com a campanha “Dias Melhores Virão”, que destaca as pequenas e grandes ações diárias dos colaboradores do grupo para salvar vidas. Seja nos hospitais ou na área administrativa, a empresa não mede esforços para tornar melhor o dia de cada cliente. A campanha, disponível em todas as redes sociais do Sistema Hapvida, mostra o dia a dia dos colaboradores que atuam na linha de frente, ressalta a entrega e dedicação destas pessoas para dar aos pacientes o melhor atendimento, em um momento tão difícil. Além disso, conta com uma mensagem de esperança, unindo esforços para vencer a pandemia.

 Sobre o Sistema Hapvida

Com mais de 6,6 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como um dos maiores sistemas de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco, RN Saúde, Medical, Grupo São José Saúde, além da operadora Hapvida e da healthtech Maida. Atua com mais de 38 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais de 15 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 45 hospitais, 198 clínicas médicas, 46 prontos atendimentos, 175 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial.

Asssinatura Ieda

.... . .