Agudos passa a contar com 100% de esgoto sanitário tratado

  • Com ETE, córregos deixam de receber 61 toneladas por ano de esgoto

ETE de Agudos vai beneficiar população de 31 mil moradores de  Agudos – Com investimento no valor de R$ 20 milhões, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) concluiu em dezembro do ano passado a implantação do sistema de esgotamento sanitário de Agudos beneficiando com coleta, afastamento e tratamento de esgoto cerca de 38 mil moradores da sede do município.

Numa primeira etapa, foram implantados coletores tronco nos bairros Bonsucesso I e II, Agudos I e II e Parque Miguel. As obras complementares incluíram construção de estação de tratamento de esgoto com capacidade para tratar 107 litros de esgoto por segundo, unidades de bombeamento, redes coletoras, linhas de recalque, coletores tronco, além de interligações e travessias por método não destrutivo em rodovia e ferrovia.

“Essas obras representam mais conforto, saúde e confiança para a população local, contribuindo para a melhoria das condições sanitárias e ambientais, com a ampliação do sistema de esgotamento sanitário do município e a preservação dos recursos hídricos de toda região”, afirma o superintendente da Unidade de Negócio Médio Tietê da Sabesp, Maurício Tápia.

Com as obras, segundo a Companhia, os Córregos Agudos e Bonsucesso, que cortam o município, e indiretamente o Rio Grande – afluente do Rio Tietê à montante, deixarão de receber cerca de 61 toneladas por ano de cargas poluidoras em função da eliminação do esgoto in natura, o que irá resgatar a biodiversidade aquática que estava ameaçada há anos. Atualmente, Agudos conta com 100% no fornecimento de água, 99,9% de coleta e afastamento de esgoto e 100% de tratamento e disposição final do resíduo coletado. (Texto: Paulo Franco, jornalista da cidade de Agudos)

Leia Mais

Leia outras notícias

ESPORTES POLÍCIA CULTURA
POLÍTICA NACIONAL INTERNACIONAL

 



.... . .