Animais chipados são resgatados pela Coordenadoria de Proteção Animal

A microchipagem já foi implantada em mais de 2 mil animais castrados pela CPA

Depois de implantado o sistema de chipagem nos animais abandonados e acolhidos no canil e gatil da Prefeitura Municipal para adoção, a Coordenadoria de Proteção Animal (CPA) já resgatou 9 deles, que foram deixados ou escaparam de seus tutores. A prática de abandono ou maus tratos pode resultar em multa de R$ 3 mil, e chegar aos R$ 6 mil no caso do animal vir a óbito. A microchipagem acontece quando o animal é solicitado em doação na coordenadoria, e também quando ocorre a castração. Com isso, já são mais de 2 mil animais microchipados na cidade.

De acordo com a coordenadora, Milena Montanholi Mileski, além da recondução dos animais ao canil/gatil, a coordenadoria contabiliza no período a abertura de 16 boletins de ocorrências envolvendo 71 animais. Esses B.Os são encaminhados à Polícia Ambiental sediada em Barra Bonita, que dá sequência ao processo.

O levantamento realizado pela coordenadoria também mostra que nos últimos quatro anos foram recebidas 2.500 denúncias de maus-tratos, todas averiguadas pelo órgão municipal. Nesses quatro anos foram castrados mais de 4.000 animais, número importante para o controle populacional de cães e gatos.

“Os casos de maus-tratos são encaminhados à Polícia Ambiental com laudo preparado por profissional da área de veterinária que atua junto ao canil/gatil. E é a polícia que elabora a multa aos responsáveis pelos maus-tratos”, disse Milena.

 

fonte: PM Lençóis Paulista

.... . .
Sair da versão mobile