Aos 80 anos, eletricista de Botucatu se inscreve em curso de informática

‘Seu Salu’ é um dos alunos inscritos no curso ‘Informática para Maturidade’,
que começa nesta terça-feira (14). Além de aprender a conversar pela
internet, ele também sonha em fazer compras online.

A máxima de que “nunca é tarde para aprender” foi utilizada esta semana pelo eletricista Salustiano Alves de Melo, de Botucatu (SP). Aos 80 anos, “Seu Salu”, como é conhecido na cidade, resolveu se inscrever no curso de curta duração “Informática para Maturidade”, do Senac, que tem início nesta terça-feira (14).
O eletricista admite que a motivação principal para fazer o curso é aprender a operar melhor o celular moderno que comprou há dois anos e, assim, poder conversar com amigos e familiares pelas redes sociais.
Como também comprou recentemente um notebook, o eletricista espera ainda aprender a responder e-mails. Salu reconhece que os dias atuais exigem que todos dominem essas ferramentas.

“O mundo está mudando e todas as informações estão na internet. Não dá pra ficar de fora. Meu sonho é ficar mais atualizado, aprender o básico pelo menos, como entrar no Facebook, conversar no WhatsApp”, resume o eletricista, que também planeja aprender a fazer compras online.

Salu nem sabia, mas ele integra um universo de usuários cada vez mais importante no Brasil. Segundo pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), 94,2% das pessoas que acessaram a internet em 2016 o fizeram para enviar ou receber mensagens de texto, voz ou imagens. Deste público, quase um quarto (24,7%) era formado por pessoas com 60 anos ou mais.
Natural de Joaçaba, em Santa Catarina, Salu chegou a Botucatu nos anos 1990 para trabalhar como eletricista. Atualmente, ele ainda continua na ativa, mas com demanda reduzida. Ele acredita que o curso também pode ajudá-lo no contato com seus clientes.
Para Anderson Serrano Celestino, docente da área de tecnologia da informação do Senac de Botucatu, o curso que terá Salu como um dos alunos atende a um público que busca essa interação com as mídias digitais e que quer aprender a pesquisar na internet.
“O curso possibilita o primeiro contato com o computador e a idade não interfere no aprendizado, pois o conteúdo é voltado para esse público. O curso também ajuda quem quer se atualizar e buscar novas oportunidades de trabalho”, explica Anderson.(Fonte: Portal G1)

Leia outras notícias

ESPORTES POLÍCIA CULTURA
POLÍTICA NACIONAL INTERNACIONAL

 



.... . .