Ayrton Senna terá uma minissérie produzida pela Netflix

Ayrton Senna terá uma minissérie produzida pela Netflix. A Netflix anunciado quinta-feira (3) a primeira série sobre o tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna.
Entretanto, o lançamento está previsto para 2022.
E serão oito episódios voltados principalmente para mostrar a personalidade e a vida íntima de quem era chamado de Beco ou Becão pelas pessoas mais próximas.
Da mesma forma, as filmagens serão realizadas no Brasil e também no exterior em locais por onde Senna passou.

A família do tricampeão acompanha tudo

De acordo com a irmã de Ayrton, Viviane Senna:
“É muito especial poder anunciar que contaremos a história que poucos conhecem dele.
A família Senna está empenhada em fazer deste projeto algo totalmente único e inédito.
E ninguém melhor do que a Netflix, que tem um alcance global, para ser nossa parceira neste projeto”.

Enredo da história

Contudo, a história da série terá início no começo do anos 1980.
Enquanto o jovem Ayrton decide deixar a família em São Paulo para se arriscar na Inglaterra para competir na Fórmula Ford 1600.
Por outro lado, a série vai mostrar passagens pouco conhecidas, dramas na vida pessoal, superação e os bastidores que marcaram a formação dele como piloto.

A minissérie será gravada em inglês e português e terá a produção da Gullane.

O Estadão havia antecipado a informação sobre o projeto em novembro de 2019. “Não posso falar ainda com quem, mas já estamos em processo de roteirização para uma série.
Vamos passar outro lado do Ayrton, não só a parte da Fórmula 1″, disse a sobrinha do tricampeão, Bianca Senna.
“Assim como Senna começou sua jornada em São Paulo e conquistou o mundo, estamos honrados em levar sua inspiradora trajetória para todos os seus fãs, onde quer que eles estejam.
O Ayrton Senna tem um legado que atravessa gerações e fronteiras, e a Netflix se orgulha de poder levar um novo olhar sobre o homem por trás do piloto”, disse a diretora de produções da Netflix no Brasil, Maria Angela de Jesus.
Senna foi campeão mundial de Fórmula 1 em 1988, 1990 e 1991.
Foi vice-campeão em 1989 e 1993.
Em dez anos na principal categoria do automobilismo, o piloto acumulou 41 vitórias, 65 pole positions e 80 pódios até morrer em um acidente durante o GP de San Marino, em Ímola, em 1994.

fonte: aconteceagora.com.br
*Com colaboração de conteúdo de Metro Jornal

.... . .