Chuva: Conselho Técnico do CGBH-RL emite nota sobre primeiros dias de fevereiro

  • O Conselho Técnico do Comitê Gestor da Bacia Hidrográfica do Rio Lençóis (CGBH-RL), divulga a seguinte Nota Técnica:

PLUVIOMETRIA

Segundo as leituras das Estações de Medições Pluviométricas instaladas na área da bacia do rio Lençóis obtivemos os seguintes dados:

Acumulado geral da Bacia Hidrográfica entre os dias 01 e 05 de fevereiro de 2020 = 595 mm;

Acumulado geral da Bacia Hidrográfica das últimas 24 horas = 131 mm, todo esse volume se concentrou sobre o município de Lençóis Paulista.

Explicação Técnica

Esse volume geral acumulado no âmbito da área da bacia hidrográfica entre os dias 1 e 5 de fevereiro, representa 60% de toda a cota pluviométrica esperada para o mês de fevereiro.

PREVISÃO CLIMATOLÓGICA

Segundo a Carta Climatológica da Bacia do Rio Lençóis, entre os dias 10 e 17 de fevereiro são esperados mais volumes intensos para todos os municípios da bacia do rio Lençóis. Poderão ocorrer novos alagamentos urbanos, principalmente nas áreas urbanas de Lençóis Paulista e São Manuel.

FLUVIOMETRIA

Segundo as leituras horárias em tempo real das Estações de Medições Telemétricas instaladas na área da bacia do rio Lençóis, de todo o volume de chuva entrado na bacia hidrográfica, apenas 37% tem sido escoados pelo canal do rio Lençóis o restante, 63% tem sido retidos nos 10 reservatórios de amortecimentos de cheias comissionados e nas contenções de solos na área rural ao longo da bacia hidrográfica do rio Lençóis.

ALAGAMENTO URBANO

Na tarde ontem, dia 05 de fevereiro cerca de 80 mm caíram apenas sobre o perímetro urbano de Lençóis Paulista desencadeando processo de alagamento urbano por insuficiência de drenagem urbana, com uma lâmina d’água de cerca de 40 cm pelo período de 30 minutos.

SISTEMA DE SEGURANÇA DA BACIA DO RIO LENÇÓIS

De imediato foi acionado o sistema de segurança de transposição de volumes da montante e jusante do rio Lençóis monitorado por telemetria em tempo real, onde foi possível transferir um volume de 130.000 metros cúbicos de água para evitar possíveis eventos de enchentes. Com o sistema de segurança acionado, foi possível absorver 1,8 metros de águas e evitar uma cheia no rio Lençóis, na região central de Lençóis Paulista.

Explicação Técnica

O sistema de transposição de volumes fluviais é um procedimento técnico de segurança hidráulica introduzido a partir de 2017 para deslocar massas de água a partir de dois pontos altos para um ponto mais baixo a jusante do rio Lençóis.

Fonte: CONSELHO TÉCNICO DO CGBH-RL

.... . .