CMFP e Assistência Social realizam aula inaugural de projeto social do Jardim Carolina

  • Foto: Alunos do curso de Marcenaria de Brinquedos
    Rústicos uma parceria do CMFP com a Assistência Social

Teve início na quinta-feira, 20 de setembro o Curso de Marcenaria de Brinquedos Rústicos, que faz parte do Plano de Ampliação de Metas do Trabalho Social no Jardim Carolina. O Curso é uma parceria entre a Secretaria de Assistência Social, CMFP (Centro Municipal de Formação Profissional “Ideval Paccola”) e a Associação dos Moradores do Jardim Carolina.

Após uma breve abertura oficial do curso, os alunos e convidados puderam visitar as instalações da sala de marcenaria do CMFP. Estão inscritos no curso 15 alunos, todos com mais de 18 anos e de ambos os sexos. O curso será realizado às terças, quartas e quintas-feiras, com previsão de término em novembro deste ano e será ministrado pelo professor Valdeci Cavalheiro, que já atua no CMFP nessa área.

Com duração de 72 horas, o curso tem como objetivo capacitar os alunos para a confecção de Brinquedos de Madeira Rústica, que serão instalados no Espaço de Lazer e Convivência Comunitária que está sendo implantado no bairro, que já conta com o Contêiner, onde acontecerão as aulas a partir da próxima semana. Todos os alunos vão receber apostilas e certificados ao final do curso.

“Fico feliz quando vejo que projetos que envolvem comunidade, como é o caso da Associação dos Moradores do Jardim Carolina, que junto com as secretarias da Prefeitura, estão lutando para que a cidade fique melhor e mais bonita. São melhorias que partem da necessidade real da comunidade. A Assistência teve todo esse cuidado em ouvir os moradores e seus pedidos. O engajamento deles é bonito e louvável. Tem sido um prazer estar junto desse projeto”, declarou a diretora do CMFP, Priscila Orsi Moretto Boarato.

Os brinquedos serão instalados na praça que está sendo construída no entorno do Contêiner, através da parceria entre a Secretaria de Assistência Social e as Secretarias de Meio Ambiente, Tecnologia da Informação, Obras e o SAAE. O custo total do projeto ficará em torno de R$ 150 mil, sendo que R$ 94 mil são recursos da Caixa Econômica Federal e o restante são recursos municipais das Secretarias envolvidas.

“O projeto, como está sendo executado aqui é pioneiro no Brasil, tendo sido elogiado pela Caixa Econômica. Esse projeto termina em novembro, porém o Contêiner continuará sendo utilizado para atividades da Associação de Moradores do Jardim Carolina, com novos cursos e atividades de geração de renda. A importância do projeto é o envolvimento da comunidade, pois os brinquedos serão construídos por eles o que gera um vínculo das pessoas com o Espaço de Lazer e Convivência. Além disso, receberão um certificado de capacitação profissional que os qualificará em uma nova profissão, Marceneiros de Brinquedos Rústicos. Como eu disse o projeto é pioneiro, porém pretendemos levá-lo para os próximos Conjuntos Habitacionais que forem construídos no município”, informou o sociólogo Ney Góes, secretário de Assistência Social.

Leia Mais

Leia outras notícias

ESPORTES POLÍCIA CULTURA
POLÍTICA NACIONAL INTERNACIONAL

 



.... . .