Com apoio da Bracell, cooperativa de reciclagem amplia renda e ações ambientais

A Bracell desenvolve projetos e mantém sempre aberto o diálogo com as comunidades vizinhas às suas operações. A preservação do meio ambiente e seu compromisso com a sustentabilidade são temas que norteiam as diversas iniciativas realizadas. Um desses exemplos está no canteiro de obras do Projeto Star que, por conta das obras, acaba gerando uma grande quantidade de materiais recicláveis e inservíveis. Segundo o gerente de Qualidade e Meio Ambiente da Bracell SP, Christiano Ometto Martini, em obras deste porte, tradicionalmente, as empresas constroem aterros para descartar resíduos. No Projeto Star é diferente: a Bracell optou por não construir um aterro. A gestão sustentável na obra tem sido possível graças a parcerias com a prefeitura de Lençóis Paulista e entidades de cunho social. Com isso, 100% destes resíduos gerad os na obra são dispostos corretamente e ainda ajudam associações sociais.

Em 2020, a Bracell ampliou a destinação de materiais recicláveis e resíduos com alto valor agregado, principalmente do Projeto Star e, a Cooprelp – Cooperativa de Reciclagem de Lençóis Paulista, foi uma das cooperativas atendidas. Por meio desse apoio, as cooperadas tiveram um ano com bons resultados e conquistas, apesar da pandemia.

Diariamente são enviados para Cooprelp cerca de 13 caçambas, com capacidade de  7m3, com resíduos recicláveis da obra. O descarte consciente destes materiais é feito de forma responsável e, mais do que isso, ajuda dezenas de famílias que tem como fonte de renda o trabalho de coleta seletiva na Cooprelp.

A Cooprelp atua há 17 anos em Lençóis Paulista e atualmente conta com 35 cooperadas, a maioria mulheres na faixa etária de 18 a 60 anos, que retiram deste serviço sua renda familiar. A coleta seletiva realizada por elas é feita tanto de doações de empresas como de materiais coletados nas ruas da cidade.
A presidente da cooperativa, Catarina de Fátima Vaz, diz que esta iniciativa não poderia ter vindo em melhor hora. “Esta parceria veio no momento certo. Estávamos tendo uma retirada de no máximo um salário mínimo. Com os materiais doados pela Bracell, o valor dividido entre nós praticamente dobrou e ainda estamos conseguindo guardar dinheiro”, comentou.
A ideia da presidente e de todas as cooperadas é investir parte do dinheiro em melhorias para a cooperativa. Catarina entende que a obra da Bracell um dia vai terminar e, por isso, é importante fazer a gestão eficiente dos recursos. Segundo ela, “vamos usar esses valores com inteligência para que a cooperativa seja sustentável, possa crescer e beneficiar ainda mais cooperados, oferecendo um salário digno pelo trabalho realizado”.
A cooperada Miriam Silva Benvindo diz que gosta do trabalho que desenvolve na Cooperativa. “É um trabalho puxado, mas para mim e minha família tem feito a diferença. A nossa equipe é muito boa e venho trabalhar todo dia muito feliz por estar aqui. Hoje consigo comprar as coisas pra casa e ajudar a minha família. Sou muito grata por tudo que essa empresa tem nos ajudado”, reconhecendo a importância da Bracell em todo o processo.
A Bracell faz parte do grupo RGE, que gerencia empresas com operações globais de manufatura baseadas em recursos naturais. Para Lais Drezza, Gerente de Sustentabilidade da Bracell, a atitude está diretamente alinhada à visão de sustentabilidade da companhia. “A empresa traz uma visão integrada, que entende a importância de executar ações que contribuam com a proteção do meio ambiente, e inclusão social. É gratificante poder contribuir com a Cooperelp e demais entidades que, por meio da reciclagem, tem ajudado a transformar a vida das pessoas”, destacou.

.... . .