Conheça as principais dicas e técnicas para enfrentar o medo de dirigir

Esse medo é mais comum do que pensamos e pode ser facilmente resolvido com algumas ações!

 

Aprender a dirigir é com certeza um dos primeiros objetivos de quem está começando a vida adulta. Isso porque a independência adquirida a partir do momento em que se está habilitado para conduzir um veículo é enorme, bem como as responsabilidades que a prática traz.
No entanto, embora seja considerado um desejo normal com a chegada da maioridade, muitas pessoas enfrentam um desafio enorme pela frente quando o assunto é tirar habilitação: o medo de dirigir.
Trata-se de um medo mais comum do que imaginamos. Porém, com as técnicas e conhecimentos certos, ele pode ser superado para desfrutar dos benefícios que a habilidade pode te oferecer sem medo
Pensando nisso, reunimos a seguir uma série de dicas que podem te ajudar nessa missão. Acompanhe!

De onde vem o medo de dirigir?

Ao contrário do que se pensa, esse medo está muito relacionado à questões psicológicas. Também conhecido como amaxofobia, quem enfrenta essa condição pode desenvolver verdadeiro pavor só de pensar em dirigir ou entrar num carro, por exemplo.
Ele, assim como outros medos, pode surgir em qualquer momento da vida. Na maioria dos casos está relacionado com experiências e vivências anteriores.
Especialmente quando falamos em dirigir, sabemos que se trata de algo complexo e que envolve uma série de competências cognitivas. Além disso, também envolve habilidades e tomadas de decisões importantes quando necessário.
O medo, inclusive, pode estar associado a crença de que não damos conta do recado de realizar todas essas ações simultaneamente.

Dirigir é realmente complicado?

De fato, dirigir requer que o motorista tenha um nível considerado de maturidade e capacidade intelectual para saber lidar da melhor forma enquanto conduz o veículo.
Inclusive, para garantir que o indivíduo tenha estes pré-requisitos, antes mesmo de iniciar o processo para tirar a sua habilitação, é necessário realizar um exame psicológico ainda na fase de cadastro.
No entanto, conduzir um veículo não é nenhum bicho de 7 cabeças. Entendendo quais são as causas para este medo e adotando as medidas adequadas é possível, sim, aprender a dirigir e até mesmo pegar o carro para sair por aí.

Quais são os principais sintomas do medo?

Provavelmente, alguma vez na vida você já sentiu medo, seja ele do escuro, de altura ou até mesmo de uma coisa ou situação específica que já vivenciou.
Trata-se daquela sensação ruim e desconfortável que o faz querer sair correndo do lugar ou até mesmo correr para perto de alguém que te proteja.
No caso das pessoas que têm medo de dirigir, essa condição pode estar relacionada a uma série de fatores, tais como: medo de túneis, pontes, velocidade e até mesmo de estar em algo motorizado.
Diante dessas situações, a pessoa pode começar a sentir falta de ar, dores no peito, suor excessivo nas mãos e, em casos mais complexos, pode inclusive ter alucinações.
Esses sintomas são os mais naturais e podem acometer não só quem nunca dirigiu, mas também quem tirou carteira de habilitação e, por algum motivo, desenvolveu a fobia.

Como enfrentar o medo de dirigir?

Segundo especialistas, existem algumas medidas que podem ser tomadas para superar esse medo e conseguir finalmente dirigir.
Se você também sofre com isso, acompanhe as dicas a seguir!

1- Respiração diafragmática

Uma das melhores técnicas para se acalmar e enfrentar os seus medos, a respiração diafragmática ajuda a reduzir os sintomas causados no corpo e na mente. Ela aumenta a sensação de bem-estar e garante que você recupere o controle das suas ações.
Existem uma série de exercícios que são capazes de controlar a ansiedade e promover diferentes outros benefícios para a saúde mental.

2- Realizar novas aulas

Na maioria das vezes, o medo de dirigir está associado com a falta de habilidades e o receio de falhar. Em alguns casos, isso pode ser consequência não só dos seus problemas, mas sim de quem está te ensinando.
Quando tentamos aprender algo com quem não tem paciência ou não está tão disposto assim a ensinar, a chance de desistir é maior.
Por isso, se você ainda está na fase de tirar habilitação, tente trocar o instrutor se este for o caso.
Já para quem terminou o processo, mas ainda não se acha apto para dirigir, existem uma série de profissionais disponíveis no mercado para ministrar aulas de volante para habilitados.
Assim, quanto mais você treinar, mais vai se tornar habilidoso e aos poucos vai perdendo o medo.

3- Procurar psicólogo

Se o seu medo vem de traumas antigos – como um acidente de carro ou outra situação passada – você também pode contar com ajuda profissional para superar de vez esse trauma.
Existem psicólogos especializados nesse tipo de assunto. Com certeza eles serão capazes de te ajudar com essa questão!

4- Se necessário, mude de auto escola

Não estar à vontade com as pessoas que estão te ensinando ajuda a aumentar a insegurança e o medo de fazer algo errado.
Se este for o seu caso, você pode tentar trocar de autoescola para adquirir uma outra experiência e quem sabe assim, perder esse medo de uma vez por todas!

5 – Não se preocupe em errar!

Ao sairmos da nossa casa todos os dias, estamos suscetíveis e expostos a diversas situações e isso é absolutamente normal.
Por isso, coloque em sua cabeça, errar é humano e, se algo acontecer, há várias medidas que podem ser tomadas diante de inúmeras situações.
Um bom seguro de vida, um seguro auto ou até mesmo a boa e velha poupança são excelentes exemplos disso.
Caso algo aconteça, basta manter a calma e lembrar que até os mais experientes pilotos podem errar!

Maria Gabriela Ortiz
Link Builder
Tel: (11) 5681-1999 – Ramal: 1973
E-mail: [email protected]
LinkedIn: in/gabrelaortiz
Site: 
SEO Marketing

.... . .