Conservação da fauna silvestre é foco de ação do programa Município Verde Azul

Quem não conhece o Marsupial Saruê o confunde com o gambá

Como medida importante para conservação da fauna silvestre e tendo em vista ação da diretiva Biodiversidade do Programa Município Verde Azul, Lençóis Paulista tem desenvolvido um importante trabalho para resgate de animais em situação de risco. A equipe da base do Corpo de Bombeiros atua diretamente nessas situações e precisa destinar esses animais para Centros de Empreendimentos ou locais próprios. A Polícia Ambiental também atua nesse sentido.

A maioria dos animais resgatados é destinada ao seu habitat, ou quando apresentam alguma debilitação, ou ferimentos, eles são encaminhados para o CEMPAS (Centro de Medicina e Pesquisa de Animais Selvagens), ou para o CEVAP (Centro de Estudos de Venenos de Animais Peçonhentos), quando envolve animais sinantrópicos peçonhentos.

Todas as ocorrências atendidas pela equipe do Corpo de Bombeiros, que envolvem animais em situação de risco, são informadas para a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente para formação de um banco de dados. De outubro/2018 até fevereiro/2019 foram resgatados mamíferos, aves e répteis, como: Saruês, Tamanduá-Mirim, Veado-catingueiro, Maritacas, Cobras, Corujas, Garça, Gavião, Seriema, Urubu, Tatu, Ouriço, Teiús, entre outros.

A fauna silvestre é imprescindível para o equilíbrio do ecossistema que vivemos, por isso deve ser preservada, pois cada animal desempenha uma função ecológica importante no meio ambiente. Em caso de ocorrência, os munícipes devem entrar em contato pelo número 193, Corpo de Bombeiros, ou pelo telefone (14) 3641.2244, Polícia Ambiental. São medidas importantes evitar queimadas, promover a conservação de matas ciliares e de corredores ecológicos.

Marsupial Saruê

Esse animal tem sido comumente encontrado na área urbana e, quando alguém desconhece a espécie, pode confundi-lo com gambá. Para quem não conhece, esse é o Marsupial Saruê, nativo do Brasil, animal que colabora muito com a dispersão de sementes e com a biodiversidade, além de ser controlador de insetos, roedores e até mesmo escorpiões.

A fêmea do Saruê costuma carregar os filhotes durante a amamentação em uma bolsa, assim como o canguru, e tem sido recorrente sua presença em área urbana. O Saruê não é agressivo e demonstra ser muito assustado com a presença de humanos.

Serviço de resgate de fauna: número 193 – do Corpo de Bombeiros de Lençóis Paulista.

 

.... . .