Cultura recebe material produzido por artistas lençoenses contemplados pela Lei Aldir Blanc; mais de R$ 250 mil foram liberados para execução dos projetos

O artista plástico Cristiano Paccola (Pacolinha) executa a técnica de grafite mural para a reprodução de imagem do escritor Orígenes Lessa na BMOL

A Secretaria de Cultura já está recebendo o material produzido pelos artistas lençoenses habilitados para o recebimento de recursos da Lei Aldir Blanc. A pasta desenvolveu um trabalho de articulação entre outras secretarias da administração para formatar, organizar e executar todas as etapas dos editais para a liberação de recursos aos artistas que tiveram suas propostas habilitadas. A Lei Federal 14017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc foi criada para apoiar o setor cultural dos municípios brasileiros diante da pandemia do novo coronavírus. Em Lençóis Paulista, o trabalho foi desenvolvido pelo Grupo de Trabalho de Acompanhamento e Fiscalização da Lei Aldir Blanc.

Valorização do artista lençoense

“Mesmo com o calendário eleitoral, antecipamos todo o processo em relação a outros municípios como Bauru, Botucatu e Jau. Sessenta e seis projetos foram habilitados, com a liberação de recursos que totalizam mais de R$ 250.000,00. A secretaria tem como principal intuito a valorização do artista, servimos de referência para cidades como Bauru, Botucatu e Jau na realização de nossos projetos desde a execução por exemplo da Lençóis In Live que beneficiou financeiramente mais de duzentos artistas locais”, pontuou o secretário de Cultura, maestro Marcelo Maganha.

Todos os contemplados devem executar os projetos habilitados em até 120 dias. Já as prestações de contas devem ser apresentadas em até 180 dias contados da assinatura dos contratos com a prefeitura. Foram abertos editais para apoiar produções artísticas nos diversos setores culturais, como artes plásticas, músicas, teatro, literatura e selecionar espaços artísticos e culturais, empresas culturais que tiveram as atividades interrompidas devido as medidas de isolamento social durante a pandemia do novo coronavírus. A Secretaria da Cultura vai exibir o trabalho dos artistas que optaram pelo formato de produção por meio de lives. Todos os artistas e espaços culturais já receberam os recursos e assinaram os contratos para execução das apresentações ou contra partidas.

“Mesmo com todas as suas subjetividades jurídicas da Lei Aldir Blanc, conseguimos liberar os recursos para atender os artistas. Fizemos tudo dentro dos prazos estabelecidos. Foram quatro meses de trabalho incansável da Secretaria de Cultura”, concluiu o secretário.

 

fonte: PM Lençóis Paulista

.... . .