Do que é feito a vodka?

vodka

Vodka, do russo, во́дка e do polonês wódka, é uma bebida destilada e incolor, além de bastante popular, apesar de não ter sabor muito forte. A bebida conta com teor alcoólico variável entre 35% e 60%, e é originária da Rússia, segundo alguns estudiosos.
Existem contradições, entretanto, relacionadas à origem, já que alguns acreditam que possa ser originária da China, Japão, Polônia ou Rússia. Neste último país, a produção foi encerrada pelos czares no começo da Primeira Guerra Mundial, mas foi retomada em 1925 como uma forma de neutralizar o mercado negro criado para suprir essa falta.
Vodca é um termo usado como diminutivo de água em várias línguas eslavas, sendo algo como “águinha”, mas não se sabe ao certo se isso tem relação com a origem etimológica da palavra que dá nome à bebida.

Como é feita?

A bebida conhecida pelo nome Vodka, é um destilado originário do arroz, cevada, milho, trigo, centeio, ervas, figos ou batatas, dependendo do país de fabricação. É claro que cada um dos elementos originários faz com que a bebida tenha um sabor e qualidades peculiares.
Normalmente, a bebida tem um teor alcoólico de 40%, mas isso pode variar de acordo com o local em que é feito. Na União Européia, por exemplo, o mínimo de teor alcoólico para a vodka é de 37,5%, enquanto na América, a bebida normalmente tem teor de 37%.
A vodka tem preparo bastante semelhante ao do uísque, mas enquanto este é preparado com destilação a baixas temperatura, a vodka é destinada em altas temperaturas, e ainda submetida, posteriormente, a um processo de filtragens químicas usadas para neutralizar os aromas dos cereais. Além disso, é adicionada água à produção.
Durante a fermentação do ingrediente mencionado anteriormente, gera um líquido denominado mosto, que tem baixa concentração alcoólica, sendo algo em torno de 6% e 8%. Depois disso, o mosto é destilado e retificado para eliminar as impurezas. Os processos são repetidos para obter um destilado com teor alcoólico bastante alto, com aproximadamente 90%. A bebida é, então, misturada à água para que atinja o teor alcoólico desejado.
As próximas etapas são de filtração e purificação, em que a vodka torna-se pura, ou seja, sem impurezas do processo anterior. Depois disso tudo, o produto torna-se extremamente puro, normalmente sem odor e com alta concentração de álcool. Existem vodkas que são aromatizadas posteriormente, passando por mais uma etapa, a de aromatização.

Quais são os tipos de vodcas?

A vodka pode ser encontrada em vários tipos, mas de uma forma bastante simples, são classificadas como ocidental, que é a que objetiva a pureza e a claridade, sem conter aroma e sabor; polonesa, quando, apesar de pura, tem um sabor e aroma mais acentuados, sendo discretamente adocicados; e a russa, que é mais suave, mas conta com sabor marcante e uma sensação de queimar quando é ingerida.

.... . .