Fundada a IndustriALL-Brasil, entidade que reúne Força Sindical e CUT

Edson Bicalho, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústrias Químicas e Farmacêuticas de Bauru e Região, integra a diretoria

 

Um passo a mais na unificação das entidades sindicais brasileiras. Assim é definida a IndustriALL-Brasil, fundada pela Força Sindical e Central Única dos Trabalhadores (CUT) hoje (17/11/2020) em evento online transmitido por ambas as centrais sindicais. A entidade, de âmbito nacional, vai atuar pela reindustrialização do Brasil visando geração de emprego de qualidade e renda. É um projeto que tem como referência uma experiência internacional importante na defesa dos direitos dos trabalhadores, que é a IndustriALL Global Union. Edson Dias Bicalho, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas de Bauru e Região (Sindquimbru), que também é secretário-geral da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo (Fequimfar) e membro do Comitê Executivo da IndustriALL, compõe a direção da IndustriALL-Brasil. A entidade é presidida por Aroaldo Oliveira da Silva, dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, neste mandado 2020-2022.

Pela primeira vez na história do movimento sindical, CUT e Força Sindical, as duas maiores centrais sindicais do Brasil, compõe uma associação. Bicalho conta que IndustriALL Global Union apoiou a criação no Brasil de um grupo focado em ações conjuntas e unitárias na construção de uma política de recuperação do parque industrial do País. A IndustriALL-Brasil terá a missão de articular propostas e processos de fomento à criação de políticas industriais e do trabalho, sob a ótica e as demandas da classe trabalhadora. A direção da nova entidade é composta por dirigentes sindicais dos ramos metalúrgico, químico, têxtil/vestuário, alimentação, construção civil e energia em nível nacional filiados à CUT e à Força Sindical. Juntas, as duas centrais somam 5,7 mil sindicatos e entes associados, com 37,8 milhões de trabalhadores na base. Além dos dirigentes de cada ramo da indústria, os presidentes nacionais das centrais terão acento na Direção Executiva da IndustriALL-Brasil.

Asssinatura Ieda

.... . .