Governo do Estado rebaixa região de Bauru para fase vermelha

Vereador André Sasso (Cagarete) e o prefeito Andeson Prado

O Governo do Estado determinou que os municípios da região administrativa de Bauru, a partir do dia 30 de junho, vão retroceder no âmbito da flexibilização da economia no chamado Plano São Paulo. A partir de terça, o comércio lençoense vai funcionar apenas no sistema delivery e drive thru, exceto os estabelecimentos considerados pelo Governo Federal como essenciais. Os detalhes foram apresentados durante coletiva com a imprensa realizada neste domingo, 28, e que contou com a presença do prefeito Anderson Prado e do vereador e presidente do Comitê Parlamentar do Pacto Regional, André Paccola Sasso. Abaixo dessa matéria segue um resumo dos novos regramentos e o link do novo Decreto Executivo

Na abertura da coletiva, Prado lembrou que “oferecemos tratamento, aqui enfrentamos a Covid de forma transparente, estamos em primeiro lugar na testagem, mas também no número de recuperados. Dificilmente esses números são mostrados pela imprensa regional. No início desta pandemia não tínhamos nenhum leito de UTI para Covid, hoje graças ao trabalho realizado em parceria com a iniciativa privada temos equipamentos, profissionais, medicamentos e uma estrutura montada para o enfrentamento à Covid. Mas lembro que essa responsabilidade (o enfrentamento) é do Governo do Estado e do Governo Federal e não do município”, disse.

Sobre o retrocesso da região administrativa de Bauru para a fase vermelha do Plano São Paulo (mais restritiva), Prado afirmou que “Os prefeitos da região em sua maioria não concordam com o comércio fechado no interior e aberto na capital. Entendemos que existe uma hierarquia e isso será seguido, mas não me parece um parâmetro justo com as cidades que fazem as testagens. Coloquei isso na teleconferência. O importante é que temos leitos disponíveis na região, isso deveria ser o parâmetro principal”, pontuou.

Prado disse ainda que se os 40 leitos do Hospital das Clínicas de Bauru já estivessem em funcionamento, provavelmente a região teria se mantido na fase Laranja do Plano São Paulo. “Diante disso, os prefeitos da região, em comum acordo, resolveram que vão enviar amanhã ao Governo do Estado um pedido para a abertura imediata desses leitos, para melhorar a capacidade hospitalar de nossa região”, explicou.

Censo

Prado lembrou que a Secretaria de Saúde concluiu hoje a 2º Etapa do Censo Covid em cinco Unidades de Saúde, e foram testadas 1.024 pessoas. Deste total, 90 foram positivados. A taxa de infecção em Lençóis que era de 3,06%, na 1º Etapa, saltou para 8,7%. “Vamos realizar uma terceira fase para testagem. Apenas hoje realizamos 71 consultas médicas, todos os positivados foram medicados. Apesar das críticas, Lençóis segue trabalhando, cuidando de gente, cuidando da vida das pessoas”, disse Prado.

Alterações no comércio

O presidente do Comitê Parlamentar do Pacto Regional e líder do Governo na Câmara, André Paccola Sasso, detalhou as principais mudanças por conta do retrocesso do município para a Fase Vermelha (mais restritiva) do Plano Município. Ele disse que entende a frustração dos comerciantes tendo em vista a incerteza de poder abrir em uma semana e depois ter que fechar. “Você recontrata as pessoas, refaz o estoque para voltar a funcionar e agora tem que fechar de novo. Nós entendemos isso, mas é preciso lembrar que Lençóis foi pioneira na adoção dos sistemas de delivery e drive thru no comércio geral o que garantiu o fomento mínimo da economia em nossa cidade”, declarou.

Prefeito testa negativo para Covid19

Ao encerrar a coletiva, Prado informou ainda que realizou os testes rápido e PCR para a Covid19 com resultados negativos. “Lembro que os testes foram feitos com recursos próprios e que a cada quinze dias vamos repetir. Vamos continuar trabalhando pela população lençoense”, finaliza.

Confira um resumo de como fica a região na Fase Vermelha:

COMÉRCIO EM GERAL

  • Proibido o atendimento ao público. Somente serviço de entrega em domicílio (delivery) ou de entrega em veículos (drive thru). Proibido o atendimento de clientes na porta ou dentro do estabelecimento.

ESCRITÓRIOS E ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS

  • Proibido o atendimento ao público. Situações excepcionais em que for imprescindível o atendimento de cliente poderá ocorrer de forma individualizada, com hora marcada, um cliente por vez.

CLUBES E ASSOCIAÇÕES

  • Autorizada a prática de atividades físicas sem contato entre os participantes, somente em ambientes abertos. Demais atividades e serviços ficam suspensos, exceto administrativos e de segurança. Horário reduzido: 4 horas diárias ininterruptas.

AULAS PARTICULARES E
EM PEQUENOS GRUPOS

  • Podem ser realizadas somente no formato virtual ou outros meios não presenciais.

BARES, RESTAURANTES,
LANCHONETES E CONGÊNERES

  • Proibido o consumo no local. Podem oferecer apenas alimentos embalados para viagem, para retirada no balcão, venda por drive thru ou delivery. Serviço de retirada no balcão ou drive thru devem ser encerrados até as 23h. Após esse horário está permitido somente serviço de entrega em domicílio (delivery). Proibida a comercialização de bebidas alcoólicas das 23h às 5h. Fica autorizado o consumo em estabelecimentos situados à beira de rodovia para atendimento EXCLUSIVO de viajantes e caminhoneiros, devendo: Disponibilizar até 10 mesas para consumo individual; as cadeiras devem ser posicionadas com distância mínima de 1,5 metros; fixar placa informativa com os seguintes dizeres: “Atendimento exclusivo para viajantes e caminhoneiros. Sujeito à multa.”

FOOD TRUCKS, TRAILLERS, CARRINHOS
DE LANCHE E CONGÊNERES

  • Proibido o consumo no local. Podem oferecer apenas alimentos embalados para viagem, para retirada no balcão, venda por drive thru ou delivery, com encerramento das atividades até as 23h. Proibido o funcionamento entre 23h às 5h.

ATIVIDADES ESSENCIAIS

  • Setores considerados essenciais por decreto estadual ou federal. Permitido o funcionamento, seguindo as recomendações sanitárias gerais e específicas de cada setor.

SUPERMERCADOS, HIPERMERCADOS, AÇOUGUES,
PEIXARIAS, QUITANDAS E CENTROS
DE ABASTECIMENTO ALIMENTÍCIO

  • Podem funcionar com atendimento ao público, com restrições. Proibida a entrada de mais de 1 (um) adulto por família. Proibida a degustação de produtos ou qualquer tipo de consumo no local. Proibida a comercialização de bebidas alcoólicas das 23h às 05h. Fixar em local visível, na entrada do estabelecimento, a lotação máxima autorizada.

PADARIAS, MERCEARIAS E
LOJAS DE CONVENIÊNCIA

  • Podem funcionar com atendimento ao público, com restrições. Proibida a entrada de mais de 1 (um) adulto por família. Proibida a degustação de produtos ou qualquer tipo de consumo no local. Proibido o funcionamento das 23h às 5h, exceto para atividades internas em padarias.

LOJAS DE PRODUTOS E SERVIÇOS 
VETERINÁRIOS; INSUMOS E 
EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS

  • Podem funcionar com atendimento ao público, com restrições. Proibida a entrada de mais de 1 (um) adulto por família. Proibida a entrada de animais no interior do estabelecimento, exceto para serviços de banho e tosa ou atendimento veterinário.

OFICINAS AUTOMOTIVAS, LOJAS DE AUTOPEÇAS,
LAVA-CAR, LAVANDERIA, LOCADORAS DE VEÍCULO
E SERVIÇO DE REPARO E MANUTENÇÃO EM
EQUIPAMENTOS ELETROELETRÔNICOS

  • Podem funcionar com atendimento ao público, com restrições. Proibida a permanência de clientes em salas de espera.

TEMPLOS, IGREJAS E DEMAIS
INSTITUIÇÕES RELIGIOSAS

  • Podem realizar atividades administrativas, assistenciais e religiosas que não gerem aglomeração de pessoas. Ficam suspensas as cerimônias, celebrações, missas e cultos no formato presencial tradicional, estando autorizadas no formato virtual (recomendável) ou drive in.

INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS

  • Autorizado o atendimento ao público, com restrições. Permitido atendimento presencial somente para idosos, gestantes ou pessoas vulneráveis.

CASAS LOTÉRICAS E
CORRESPONDENTES BANCÁRIOS

  • Autorizado o atendimento ao público, com restrições.

POSTOS DE COMBUSTÍVEL

  • Podem funcionar com atendimento ao público, com restrições. Lojas de conveniência estão proibidas de funcionar entre 23h às 5h

FARMÁCIAS, LOJAS DE EQUIPAMENTOS
MÉDICOS, ÓTICAS E LOJAS DE PRODUTOS
DE HIGIENE PESSOAL OU LIMPEZA

  • Podem funcionar com atendimento ao público, com restrições. Proibida a entrada de mais de 1 (um) adulto por família.

SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

  • Autorizado com restrições.

LOJAS DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
E INSTALAÇÕES ELETRO SANITÁRIAS

  • Podem funcionar com atendimento ao público, com restrições. Proibida a entrada de mais de 1 (um) adulto por família.

HOSPEDAGENS

  • Permitido o funcionamento com restrição

OUTRAS ATIVIDADES ESSENCIAIS (LOJAS DE PRODUTO DE LIMPEZA; MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO E INSTALAÇÕES ELETRO SANITÁRIAS; LOJAS DE AUTOPEÇAS; FARMÁCIAS; ÓTICAS; LOJAS DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS; LOJAS DE SUPLEMENTOS ALIMENTARES; LOJAS DE INSUMOS E EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS, QUÍMICOS E VETERINÁRIOS, ENTRE OUTRAS)

  • Podem funcionar com atendimento ao público, com restrições. Fixar em local visível, na entrada do estabelecimento, a lotação máxima autorizada.

Em caso de dúvidas, consulte o link para o Decreto Executivo 344/2020: https://bit.ly/decreto344

 

Leia outras notícias     

.... . .

Deixe uma resposta