Lençóis: homem é preso suspeito de matar duas pessoas e ferir outra

O acusado foi agredido por populares e reconhecido como autor de um roubo a posto de combustível

Homem de 35 anos foi morto, assim como um motorista de um caminhão, de 61 anos, na região do Residencial Pq. São José, em Lençóis / Foto: Ilustração

A facadas, duas pessoas foram mortas e uma foi ferida, na noite deste domingo, em Lençóis Paulista (a 43 quilômetro de Bauru). O acusado pelos homicídios, que também responderá pelo roubo de um posto de combustível na cidade, foi preso em flagrante, após ser agredido por populares.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM) foi acionada a comparecer à rua Pedro Antônio Ramires, por conta de uma ocorrência de lesão corporal. No local, encontraram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorrendo um homem de 35 anos. Ele sucumbiu ao ferimentos.

Na sequência, os policiais visualizaram uma grande aglomeração e seguiram até a avenida Antônio Segalla, onde localizaram um homem de 30 anos bastante ferido por populares, que informaram tê-lo agredido porque, pouco tempo antes, o acusado teria tirado a vida da vítima de 35 anos.

O suspeito, então, foi socorrido por uma viatura do Corpo de Bombeiros até à Unidade de Pronto Atendimento da cidade. Quando a guarnição deixava o local, foi informada de um roubo a um posto de combustível. No local, souberam por intermédio de um frentista de 34 anos que um indivíduo com uma faca chegou ao local e anunciou o assalto.

Mas mesmo dizendo que poderia levar todo o dinheiro, foi ferido no braço esquerdo. Diante das circunstâncias, saiu correndo e, após um tempo, retornou ao local e encontrou um caminhoneiro de 61 anos, que usava o banheiro para tomar banho, caído no local com vários ferimentos e sangrando muito.

O Samu foi acionado e constatou o óbito no local. Os policiais tiveram acesso às imagens do circuito interno de segurança e reconheceram o autor como o mesmo homem que fora ferido por ter tirado a vida da vítima de 35 anos. O frentista, depois de receber atendimento médico, também reconheceu a mesma pessoa como responsável do roubo.

Diante dos fatos, a autoridade policial determinou a prisão em flagrante do acusado.

 

fonte: jcnet.com.br

.... . .