Os golpes virtuais disparam em tempos de pandemia

Os golpes virtuais disparam em tempos de pandemia. O estudo da ClearSale levanta crescimento no número de fraudes procurando por vítimas na internet.

A maior procura por meios digitais para compras, devido à pandemia de covid-19, fez com que mais grupos criminosos armassem golpes virtuais para pegar consumidores desprevenidos.

De acordo com um levantamento da ClearSale, especializada em soluções antifraudes, aponta um aumento de 63,5% nas tentativas de golpes pela internet durante o primeiro semestre, comparado com o mesmo período do ano passado.

“Os cybercriminosos sabem que mais pessoas estão em casa, utilizando a internet a maior parte do dia para trabalhar, estudar ou mesmo para lazer.

Por isso, utilizam suas diversas táticas para parecerem cada vez mais convincentes e atrair as vítimas”, conta Dane Avanzi, especialista em telecomunicações.

Contudo, a alta do e-commerce, Avanzi levanta a urgência de lojistas de diferentes tamanhos implementarem ferramentas de segurança para passar maior confiança aos possíveis clientes.

Entretanto, o protocolo HTTPS, permite estabelecer uma conexão criptografada que identifica a autenticidade do servidor e do cliente.

Em contrapartida, esse protocolo pode ser identificado pelo usuário no navegador, podendo ser verificada por um ícone de cadeado ao lado da barra de endereços.

“Esse símbolo demonstra a certificação de página segura, ou seja, que a comunicação entre o browser e o servidor se dará de forma segura.”

Atente-se para evitar os golpes virtuais:

Não abra links desconhecidos;
Nunca forneça suas informações pessoais em sites e aplicativos pouco familiares;
Desconfie de e-mails de desconhecidos e com assuntos apelativos
Cuide muito bem das suas senhas;
Mantenha atualizados seu sistema, antivírus e firewall;
Procure sempre os canais oficiais das instituições para tratar de qualquer assunto ligado a questões financeiras;
Quando for fazer compras online, inicie sempre a operação na página inicial da instituição;
Dê preferência às lojas virtuais mais consagradas e tradicionais. Essas, geralmente, dispõem de bons preços, boa logística e estrutura de segurança sólida.

*Com colaboração de conteúdo de Metro Jornal

fonte: aconteceagora.com

.... . .