Piadas de bêbado (2)

Quantas horas

Um bêbado estava andando tranquilamente pela rua quando cruza com um sujeito que vinha na direção contrária. Então o bebum pergunta:
— Por favor, amigo… Você sabe que eu te considero pra caramba, né? Hi, hi… Mas, que horas são?
O outro responde, meio sem paciência:
— São dez e vinte.
— Eu não entendo. Cada vez que eu pergunto isso, me dão uma resposta diferente!

Bêbado na mansão

Em uma festa da alta sociedade, o sujeito bebe umas doses a mais e resolve contar uma piada suja, no meio da sala da mansão:
— Certa vez… um navio atracou no porto com um monte de marinheiro com uma pica deeeeesse tamanho! Aí foi uma fodeção danada e…
Ouvindo essas palavras, os convidados ficaram assustados e algumas senhoras distintas começaram a se afastar, indignadas.
— Pra que a pressa? — gritou o bêbado, olhando para as senhoras — O navio ainda vai ficar no porto por uma semana!

Chegando atrasado

O sujeito chega em casa caindo de bêbado e encontra a mulher furiosa sentada na cama.
— Seu cafajeste! — esbraveja ela. — Sabe que horas são?
— Não…
— Cinco horas da manhã! Você não tem vergonha?
— Vergonha de quê? Eu não tenho culpa! Se eu estivesse em casa seria a mesma hora!

Estar bêbado

Pai, posso fazer uma pergunta?
— É lógico, meu filho. O que você quer saber?
— O que é estar bêbado?
— Olha meu filho, é simples. Estar bêbado é como se, por exemplo, em vez destas duas cadeiras, eu estivesse vendo quatro.
— Mas pai, aí só tem uma cadeira.

Galos na cabeça

Um bêbado está cambaleando na rua e pede uma informação para um homem:
— Por favor… Quantos galos têm na minha cabeça?
O homem dá uma olhada e diz:
— Três. Por quê?
— Nada não… É que agora eu sei que só faltam 2 postes para eu chegar em casa!

Galinha caipira

Um caminhoneiro, no meio de uma longa viagem, para no restaurante Frangoso, o seu predileto, louco de vontade de comer uma boa galinha caipira. Entre as opções do menu ele encontra todos os tipos de galinha, mas chama o garçom e ordena:
— Quero a boa e velha galinha caipira ensopada! Mas antes eu quero ver a galinha!
O garçom vai até a cozinha, pega uma galinha e traz até a mesa. O motorista enfia o dedo no orifício de saída dos ovos da galinha, esfrega os dedos, cheira e diz, convicto:
— Negativo! Esta não é galinha caipira. Esta é da granja Três Irmãos! Quero comer galinha caipira!
O garçom traz outra galinha e o motorista repete o procedimento e, mais uma vez, protesta:
— De jeito nenhum! Esta não é galinha caipira. É do sítio Estrela Azul, em Bragança Paulista.
O garçom novamente traz outra galinha e mais uma vez o motorista cheira os dedos, pensa um pouco e diz:
— Ah, agora sim! Essa é a verdadeira galinha caipira! Pode mandar fazer…
O garçom volta para a cozinha para mandar preparar a galinha do freguês quando um bêbado que estava esparramado na mesa ao lado se levanta, vai até a mesa do motorista, baixa as calças e implora:
— Meu amigo, esqueci onde moro. Dá para o senhor ver meu endereço?

Bêbado no poste

O bêbado subiu no poste e por mais que pedissem para descer ele não dava ouvidos. Chamaram um policial e eles começaram a discutir:
— Desce daí rapaz!
— Não desço, não desço!
— Então eu vou subir e fazer você descer no tapa!
— Sendo assim eu vou descer.
Chegando no chão o policial pergunta:
— Quem é você?
— Seu guarda o senhor não me conhece? Eu sou o rapaz que estava lá em cima.

Voltando da farra

Três amigos voltavam da farra às 4 horas da madrugada, quando um deles chega numa sacada e começa a gritar para acordar a moradora da casa.
A mulher sai furiosa e diz:
— O que é que vocês querem?
O bêbado pergunta:
— Mora algum Joaquim aí?
Ela responde:
— Mora sim, por quê?
— Desce aí é diz quem de nós três é o Joaquim!

Bêbado confuso

Na calma e pacata estação de Metrô, um bêbado e uma freira vinham em direções opostas. O bêbado todo vomitado, cambaleante, e a freira calmíssima com seu limpíssimo, hábito preto e branco…
O bêbado já havia percebido que a freira vinha ao seu encontro e cambaleava na direção dela… No momento que se cruzaram o bêbado agarrou a cabeça da freira e deu uma “testada”.
A freira curvou-se para trás com o impacto, mas o bêbado segurou o hábito da freira e a jogou contra a parede. Com maestria e habilidade de um verdadeiro ninja, o bebum socou-lhe o estômago, agarrou-lhe a cabeça e a bateu contra a parede. “vassourada” jogou a coitada no chão e pisou em cima dela.
Após o término de tamanha barbaridade, o bêbado esfregou as mãos e disse com ar de superioridade:
— Esperava mais de você, Batman!

Olha a mangueira

Uma procissão estava passando pela rua, e no meio dela estavam várias pessoas carregando uma santa, que estava bem no auto. Na mesma rua que estava passando a procissão, havia um bêbado do lado de fora. Ele vendo aquele movimento, várias pessoas juntas. Ele olha pro auto e vê a santa toda de verde e rosa. De repente ela dá um grito:
— Olha a mangueira aííí gente!!!
Todos olham pra ele, uns até com muita raiva, chega um fiel ao seu lado e fala.
— Isso é uma procissão e não um desfile de carnaval!
Ele dá outro grito:
— Olha a mangueira aííí gente!!!
Todos novamente olham pra ele, irritados. Até que a santa bate em uma mangueira e cai aos pedaços.
— Eu disse, mas ninguém me ouviu!

Gêmeos

O bêbado entra no bar e se aproxima de uma mesa onde estão sentados dois rapazes idênticos:
— Será que estou vendo demais?
— De jeito nenhum! — responde um deles — Nós somos gêmeos.
Incrédulo o bêbado retruca:
— Os quatro?

Tropeço

Uma moça, que saiu de casa sem roupas de baixo, estava passando pela frente de um bar e teve o azar de tropeçar numa pedra estatelando-se no chão.
Com muita agilidade ela no mesmo instante já estava em pé e com um sorriso meio sem graça disse:
— Vocês viram minha ligeireza?
E um bêbado que estava no bar:
— Vimos sim, só que eu conhecia isto por outro nome…

Consumo de álcool

O bêbado foi ao médico, e após terminar a consulta ele diz:
— E aí, doutor?
— Você está mal, companheiro! Eu não sei porque vocês bebem tanto.
— A gente bebe porque é líquido!
— É um absurdo… Você sabia que o Brasil é o segundo colocado no consumo de bebida alcoólica em todo o mundo?
— Isso é culpa dos crentes!
— Como assim? Culpa dos crentes?
— É, doutor… Se eles bebessem um pouquinho, nós seríamos os primeiros!

Na madrugada

No meio da madrugada um homem chegou em sua casa completamente bêbado e encontrou a porta trancada. Ele então começa a gritar a sua mulher:
— Mulher! Abre essa porta mulher!
— Não abro, você esta bêbado! — reponde a ela.
— Oh, abre a porta que estou com flores para a mulher mais bonita do mundo!
Na mesma hora a mulher abriu a porta, e então perguntou:
— Onde estão as flores?
E o bêbado respondeu:
— E onde está a mulher mais bonita do mundo?

Pinga do bêbado

No fim do expediente de um bar, um bêbado bate na porta e pede para entrar. Já irritado com tanta insistência, o garçom manda-o entrar.
— O que você quer? — Pergunta o garçom sem dar muita atenção.
— Quero um metro de pinga!
O garçom dá um pequeno sorriso e pensa:
— Vou sacanear esse bêbado enjoado.
O garçom pega a garrafa de pinga e derrama sobre o balcão e diz:
— Aí está a sua pinga.
O bêbado, apoiado no balcão para não cair, fala:
— Agora embrulha que eu vou levar!

O poste

O bêbado estava parado diante de um poste, com a chave de casa na mão, tentando enfiar a chave numa fechadura imaginária. Nisso um sujeito que ia passando, ironiza:
— Acho que não tem ninguém em casa!
E o bêbado, com voz pastosa:
— Claro que tem… Tem uma luz acesa no andar de cima!

Linha do Trem

Dois bêbados andavam pela linha do trem, quando um falou pro outro:
— Porra meu, essa escada não acaba nunca?
E o outro respondeu:
— Pior é que esse corrimão é baixinho!

Croquetes

Um bêbado chega num bar e pede para o balconista:
— Me dá uma cerveja e dois croquetes e o balconista responde:
— Meu senhor não temos croquetes
— Não tem? Tudo bem!
— Então me dá um copo de leite e dois croquetse.
— Meu senhor já disse não temos croquetes.
— Tudo bem!
— Então me dá uma coca e dois croquetes.
— Meu senhor já disse não temos croquetes!
— Então o que é aquilo ali?
— Ah é merda, é merda.
— Então me uma merda e dois croquetes.

Um trago

O sujeito vai ao médico, reclamando de dores em tudo quanto é lugar.
— O único problema seu — sentencia o médico. — é a bebida. O senhor anda bebendo demais.
— Mas doutor, eu só bebo um traguinho por dia.
— Um traguinho? O senhor é um alcoólatra!
— Não, senhor! Eu só bebo um traguinho. Acontece que depois que eu bebo um traguinho, me transformo em outro homem. Este sim é um pinguço!

Bêbado e o padre

Um bêbado chega cambaleando no bar e grita:
— Pessoal, prestem atenção, eu sou Deus.
O dono do bar, cansado de ter que conviver com esses tipos pouco sóbrios, responde de forma ríspida:
— Ah, faça-me o favor… Pare de blasfemar, você fica dizendo isso e desse jeito vai queimar feito um leitão a puruca no inferno…
Mas o bêbado está decidido e desafia:
— É assim? Então vem comigo que eu vou provar!
Os dois vão até a igreja, onde o bebum leva o dono do boteco. O padre, ao ver o bêbado já franze a testa e diz de forma desesperada:
— Ah, meu Deus! Você aqui de novo!

Xixi na xícara

Certo dia um bêbado chegou no bar, e depois de tomar umas dez doses chegou para o dono do bar e disse:
— Eu aposto 20 reais que eu mijo nesse copo, sem deixar cair uma gota no chão?
Com a oportunidade de ganhar um dinheiro fácil em cima do bêbado o dono do bar aceitou a aposta. O bêbado, chapadaço, pegou o copo e caindo pra lá e pra cá, mijou no bar inteirinho não acertando uma gota sequer no copo.
O dono do bar começou a rir do bêbado, tomou a nota de 20 reais e colocou na carteira. O bêbado agora se mijava de rir, e o dono do bar não entendeu…
— E agora do que está rindo? Você perdeu!
— Porque apostei 100 reais com aquele cara sentado que eu mijaria no seu bar todinho e você ainda ia dar risada!

Safada

Estavam no bar três amigos conversando quando chegou no bar um bêbado dizendo à um deles?
— Sua mãe é uma piranha.
o rapaz tranquilo nem deu assunto, o bêbado não contente voltou a dizer:
— Sua mãe é uma safada!
o rapaz olhou para ele tentou se levantar mas foi contido pelos amigos, mas o bêbado queria humilha-lo dizendo “eu transo com sua mãe todo dia”, foi aí que o rapaz se levantou e foi em Direção ao bêbado e disse:
Pai vai embora que você tá bêbado!

Por minha conta

O sujeito entra no bar, vai até o balcão, pede uma dose de uísque e fala bem alto para todo mundo ouvir:
– Hoje é por minha conta. Todo mundo bebe por minha conta.
Vira-se para o barman e fala:
– Você também. É por minha conta.
Todos bebem bastante, até mesmo o barman depois de relutar um pouco. Lá pelas tantas, o sujeito diz “Boa noite” e vai saindo sem pagar a conta. O barman se irrita, pula o balcão, dá o maior pau no sujeito e o põe para fora do bar.
No dia seguinte, entra o mesmo sujeito, vai até o balcão, pede uma dose de uísque e diz:
– Hoje é por minha conta. Todos bebem por minha conta.
Vira-se para o barman e fala:
– Você, não. Você fica muito agressivo quando bebe.

Garrafa de uísque

Um playboy muito do beberrão estava num cruzeiro pelo mundo quando o barco afundou. Depois de nadar muito(e estar com muita sede) chegou numa ilhazinha deserta. Logo encontrou uma garrafinha, a qual abriu ávido, mas ao invés de uísque encontrou um gênio.
— Tens direito a três desejos, meu amo.
— Quero uma garrafa do melhor uísque, que nunca esvazie! — disse o cara sem pestanejar.
— Apareceu a garrafa. Só que o cara não acreditava em gênios, e começou a beber para ver se era verdade. Só que por mais que bebesse a garrafa continuava cheia.
— Poxa, não acredito. É verdade mesmo.
Depois de muito provar, disse:
— Bão é que é verdade, funciona mesmo.
O gênio já cansado de esperar, diz zangado:
— Faca logo seus outros dois desejos, para que eu possa ser livre!
— Então me vê mais duas dessas, que é da boa!

Meia noite

Na noite passada, fui convidado para uma reunião com a galera e disse ao meu pai que estaria de volta cedo. Prometi! Mas as horas passaram rápido: o assunto rendendo, o som legal e as bebidas rolando soltas.
Por volta das 3 da manhã, bêbado feito um gambá, nem sei como fui pra casa. Mal entrei e fechei a porta, o cuco no hall disparou e cantou 3 vezes. Rapidamente, percebendo que meu pai poderia acordar, eu fiz cuco mais 9 vezes. Fiquei realmente orgulhoso de mim mesmo por ter uma idéia tão brilhante e rápida para evitar um possível conflito com ele.
Na manhã seguinte, meu pai perguntou a que horas eu tinha chegado e eu disse a ele meia-noite. Ele não pareceu nem um pouquinho desconfiado.
— Ufa! Daquela eu tinha escapado!
Então, ele disse:
— Nós precisamos de um novo cuco.
Quando eu perguntei porque, ele respondeu:
— Bom, esta noite nosso relógio fez “cuco” 3 vezes, então disse “Caralho!”, fez “cuco” mais 4 vezes, riu , cantou mais 3 vezes, riu de novo, cantou mais 2 vezes. Tropeçou no gato, chutou a mesinha da sala, arrotou forte e vomitou no tapete.

Bebendo ácido

O dono do bar já estava de saco cheio com o bêbado, que todo dia vinha ali encher a cara. Numa daquelas, quando o bêbado pediu Bota mais uma, ele despejou ácido no copo. O bêbado tomou, fez uma careta, disse:
— Esta é forte, hein?
E saiu, cambaleando. Passaram-se vários dias e o bêbado não apareceu mais. O dono do bar ate ficou preocupado, pensando que tinha matado o infeliz.
Uma noite, o bêbado reaparece, já trocando as pernas, e pede uma pinga. O dono do bar serve a cachaça, o bêbado toma, faz careta, e diz:
— Esta não, eu quero é aquela que quando a gente faz xixi, enche a calçada de buraquinho.

Itens de compra

Uma mulher passava as compras no caixa de supermercado percebeu que um
bêbado examinava detalhadamente seus itens de compra:

* 2 caixas de leite integral
* 1 dúzia de ovos
* 1 litro de suco de laranja
* 1 alface americana
* 1 kg de café; e
* 1 pacote de bacon fatiado.
Enquanto o caixa registrava, o bêbado dirigiu-se a ela e disse:
— Você deve ser solteira.
A mulher ficou um pouco espantada com a declaração, e intrigada com a intuição do bêbado, já que, de fato, era solteira. Ela olhou os seis itens sobre a esteira e nada viu de particular, em sua seleção, que pudesse sugerir ao bêbado seu estado civil.
Com a curiosidade aguçada, ela disse:
— O senhor está absolutamente correto. Mas como o senhor conseguiu descobrir isso?
E o bêbado respondeu:
— É porque você é feia pra caramba!

Barata no copo

O tonto entrou no bar pela décima vez no dia e pediu uma cachaça. O dono, português, já não agüentando mais, porem não podendo perder a freguesia, pegou o primeiro copo que viu (sujo, certamente) e foi servir ao bebum. Assim que começou a despejar a caninha, percebeu que no copo tinha uma barata. Não se importou e mandou ver (talvez o tonto desse sossego pra ele depois desta).
O sujeito pegou o copo e tomou a bebida de uma vez. Quando ainda estava descendo pela goela, percebeu alguma coisa diferente na boca. Deu uma parada, uma mordida, sentiu o gostinho meio amargo e engoliu tudo de vez.
Depois que fez a cara feia, virou pro português e gritou:
— Bota outra aí! E capricha na ameixa, viu!

Anões no futebol

O bêbado entra no bar ao lado do campo de várzea e já vai pedindo:
— Zé, me dá logo duas branquinhas.
O Zé coloca as duas no balcão. Depois de mais umas três, ele vai ao banheiro. Nesse tempo chega um grupo de anões pedindo para se trocar no bar para fazer o jogo anual deles. O Zé diz:
O banheiro tá ocupado. Se troquem atrás do balcão.
De repente o bebum sai do banheiro e vê um monte de anões correndo. Metade vestido de azul e metade de vermelho. No desespero ele grita:
— Zé. Fecha a porta do bar rápido que seu pebolim tá fugindo!

Empurradinha

As três horas da manhã, a mulher acorda o marido:
— Benhê, estão batendo à porta. Vai ver o que é…
O sujeito vai atender e ao abrir a porta, dá de cara com um bêbado:
— Será que dá para você dar uma empurradinha? — diz o bêbado com voz pastosa.
O sujeito reclama, revoltado:
— Você acha que eu vou sair uma hora dessas para ajudá-lo a empurrar o carro? Nem morto!
E bate a porta na cara do bêbado. Voltando para a cama, a mulher pergunta quem era:
— Só um bêbado querendo que eu o ajude a empurrar o carro.
— E por que você não ajudou? — indaga a esposa.
— Ah… ele está bêbado… — balbucia o sujeito.
Pouco depois, a consciência começa a pesar e ele muda de ideia. Ao abrir a porta, ele não consegue ver nada além da escuridão e grita:
— Ei, você ainda quer a minha ajuda?
— Quero sim! — responde o bêbado.
— Mas onde é que você está?
— Estou aqui… no balanço!

Medalhinha na testa

A mulher tem um filho pequeno que mija na cama. Uma vizinha lhe ensina uma simpatia:
— Coloque uma medalhinha na piroca do menino que é tiro e queda, nunca mais ele mija na cama.
A mulher mais do que ligeiro, achou uma medalhinha e fez a simpatia e pronto o menino não mijou mais na cama.
Um dia, o marido chega tarde, podre de bêbado e da uma mijada na cama. A esposa, louca da vida, lembra da simpatia e procura uma medalhinha para usar no bebum, não encontrando pega uma medalha que ele havia ganho no futebol.
Pela manha, o bebum acorda, e fica olhando intrigado para o pescoço, quando sua mulher chega muito louca e pergunta:
— Seu canalha, onde você andou a noite toda? Safado!
E ele, olhando para aquela medalha pendurada, responde:
— Olha mulher, onde eu andei eu não sei. Só sei que eu tirei o 1º lugar!

Mesma casa

Dois bêbados estavam no bar a mais de três horas enchendo a cara, até que um pergunta pro outro:
— Onde é que você mora?
— Eu moro aqui na rua do lado…
— Poxa! Eu também… Mas nunca te vi por aqui.
— Minha casa é a da esquina.
— Poxa! A minha também é na esquina.
— A minha é aquela amarela, número treze.
— Pera lá! Mas essa é minha casa, porra!
— Não senhor! É muito minha!
Então resolveram solucionar este mistério e foram, os dois na direção da tal casa:
— É aqui que eu moro!
— Impossível! Quem mora aqui sou eu!
— Macacos que o partam! Seu eu estou falando que moro aqui, é porque moro!
— De jeito nenhum! Tá me chamando de mentiroso?
— Tô sim, essa casa é minha!
— Não! É a minha!
— Minha!
— É, minha!
E ficaram os dois naquele papo furado ate que a porta se abriu e uma senhora aparece louca da vida, e diz:
— Assim não é possível! — brada ela, nervosa. — Pai e filho, bêbados, discutindo de novo!

Três cervejas

Toda sexta, as 20 horas um cara chegava em um bar, e pedia 3 cervejas para o garçom, as 3 ao mesmo tempo. Tomava uma, a outra, a terceira, pagava a
conta, levantava e ia embora. Uma bela sexta o garçom, já intrigado com aquilo, perguntou para o homem:
— Desculpe minha curiosidade, mas porque o senhor toma 3 cervejas toda sexta no mesmo horário?
E o homem respondeu:
— Porque tenho 2 irmãos, e cada um de nos mora longe. Assim, toda sexta, as 20 horas, cada um de nos entra em um bar e pede 3 cervejas. Tomamos uma por cada um de nós. E o nosso modo de manter contato e pensarmos um nos outros.
Uma bela sexta, o homem entra no bar e o garçom pergunta:
— Três cervejas, como sempre?
E o homem diz:
— Não. Apenas duas.
O garçom gela. Um dos irmãos dele morreu, pensa. Meio sem jeito, traz duas cervejas e pergunta para o homem:
— Desculpe-me amigo, mas é que sempre são 3 cervejas. Aconteceu alguma coisa com algum irmão seu?
E o homem:
— Não, estão todos bem. É que eu parei de beber!

Garrafa de cachaça

O bêbado ia subindo uma ladeira, firmemente agarrado à sua inseparável garrafa de cachaça, quando tropeça e leva o maior tombo.
Refeito do susto, sente algo molhado debaixo da camisa:
— Ai, meu Deus! — lamenta-se. — Tomara que seja sangue!

Perdeu o carro

Um sujeito, cambaleando pelo estacionamento, estava cutucando a porta de cada carro com uma chave.
Veio o guarda e lhe perguntou:
— Qual é o problema, meu amigo?
E o sujeito responde:
— Perdi meu carro…
O guarda diz:
— Aonde foi que você viu o carro pela ultima vez?
— Foi aqui mesmo, na pontinha desta chave…

Dois lados do ônibus

O bêbado entrou no ônibus, parou lá na frente e apontando para o lado direito, disse:
— Todo mundo desse lado de cá é veado!
E apontando para o outro lado:
— E todo mundo desse lado é filho da puta!
Um passageiro, inconformado, levantou-se e disse:
— Eu não sou veado!
E o bêbado:
— Então passa para o lado de lá pra não fazer confusão!
Nisso, o motorista furioso freou o ônibus bruscamente fazendo com que todos os passageiros caíssem no chão, levantou-se, apontou o dedo na cara do bêbado e berrou:
— Quem foi que você chamou de veado?
E o bêbado:
— Agora eu não sei mais… você misturou tudo!

Sem pagar

Os dois caras já estavam completamente bêbados quando um fala para o outro:
— Vamos toma um porre? Vamos? Quanto você tem aí?
— Cinquenta. Eu tenho cinquenta! E mostra a moedinha.
— Quanto cê tem?
— Tenho 1 e vinte!
— Não vai dar…
— É, não vai…
Os dois cambaleando até que um teve uma ideia:
— Tive uma ideia! A gente compra uma linguiça com o dinheiro, vai para o bar e toma um monte.
Aí, cê se abaixa eu ponho a linguiça para fora, cê começa a chupar e o dono do bar vai ficar tão puto que nos não vamos pagar…
— Tá bão, então vamos…
E compraram a linguiça e foram para o bar. Tomaram até sair pela orelha.
Aí um se abaixou e começou a chupar a linguiça. O dono do bar ficou puto e os dois saíram sem pagar…
— Beleza, num disse! Vamos pra outro bar!
— Agora!
E assim foram, uns 3 bares. Aí o que estava chupando a linguiça:
— Oh, não é por nada, mas será que dá pra trocar um pouco? Tô ficando cansado de chupar. No próximo bar é sua vez, tá?
— Tá bom. Só que não fica chateado? é que eu perdi a linguiça depois do primeiro bar…

Amasso na praia

O sujeito consegue levar a morena lindíssima para um canto deserto da praia e começa a lhe dar o maior amasso.
— Querido — interrompe ela. — Estou me sujando toda de areia!
Aí o rapaz pega a canga da moça, estende no chão e continua os amassos.
— Querido, esta ventando muito. A ponta da canga fica batendo no meu rosto toda hora!
O sujeito vai até um quiosque, compra quatro latinhas de Coca-Cola, coloca uma em cada ponta da canga e começa a tirar a roupa da moça.
— Querido, você esquecendo da camisinha!
Aí o sujeito sai correndo em busca de uma farmácia.
Nisso, passa um bêbado, vê a mulher nuazinha deitada de bruços na canga, e manda ver. Depois, comenta:
— Duvido que a Pepsi faça uma promoção melhor que esta!

O bêbado e o padre

O padre fazia a missa na igreja:
— Irmãos, vamos acabar com a fome e a pobreza!
O bêbado disse bem alto:
— É isso aí, seu padre!
O padre continuou:
— Irmãos, vamos acabar com a injustiça!
— É isso aí seu padre! Gostei!
O padre, já de saco cheio, chamou o bêbado no altar:
— Irmãos, vamos acabar com o maldito vício do álcool!
O bêbado disse:
— É, seu padre, já tá falando besteira!

Caminho de casa

Dois caras estavam num bar bebendo Jonas e o João quando João diz:
— Jonas vá embora, tu vai erra o caminho de casa. E Jonas nada e bebia ainda mais não estava nem aí.
E o João continuava:
— Vai embora, tu vai erra o caminho de casa Jonas.
E ele estava nem aí e pedia mais e mais…
Daqui uns minutos João vai embora e 2 horas depois Jonas chega em casa e olhando pelo buraco da porta ele vê sua mulher e João transando.
Jonas começa a cair na risada e diz:
Que burro! Depois era eu que ia errar o caminho de casa.

No Cabaré

O bêbado chega no cabaré, uma das puta o atende e ele não quer nem papo, e já pergunta quanto é o programa.
E ela responde:
— É 100 reais!
Ele em seguida diz:
— Mas porque só isso? Pra ficar com você eu pago até 200 reais!
— Porque você pagaria tudo isso? — pergunta ela
Ele responde:
— É porque eu gosto de bater.
— Mas o senhor bate muito? — pergunta ela
Ele responde:
— Não! Só até você devolver meu dinheiro

Bebado no McDonald’s

Um bêbado entra no McDonald’s e fala pra atendente:
— Me vê um pão com carne e queijo!
A mulher responde:
— Senhor, aqui os pedidos são feitos através de números.
O bêbado responde:
— Então me da uma 51!

Chopp gelado

O bêbado chega no bar e diz:
— Me de aí um Chopp bem gelado.
— Desculpe-me mas estamos sem energia elétrica.
Então bêbado retruca:
— E daí, eu vim para tomar Chopp e não choque!

A promessa do bebum

Ô oi o trem… ô oi o trem…
Que surge de trás das montanhas…
Ô oi o trem…
Eu acho que enrosquei o cadarço no trilho do trem…
Aí Nossa Senhora desenrosca que o trem tá vindo meu Deus…
Er…vai óia o trem vindo…
O Deus se o senhor me tira daqui eu prometo,
a missa todos os domingos, e prometo nunca mais mechê com as muié dos outros, e prometo para de fuma, e prometo nunca mais trair minha muié e também prometo nunca mais beber se o senhor me solta daqui meu Deus…
Er…Er…O senhor não precisa mais me ajudar não eu consegui sai sozinho.

Camelos e bêbados

Dois bêbados batem um papo muito animado. Um deles que está lendo o jornal, diz ao companheiro:
— Luiz! Você viu que coisa mais interessante?
— O que é?
— Eu estou lendo aqui no jornal que um camelo pode trabalhar oito dias seguidos sem beber.
O amigo, então, responde:
— É curioso, eu sou exatamente o contrário!
— Como assim?
— Eu posso beber oito dias seguidos sem trabalhar

Entrando em casa

O bêbado entra em casa cambaleando, erra a porta e vai direto pro banheiro. Sua mulher acorda com o barulho, joga o bebum debaixo do chuveiro e lhe diz umas boas.
Ensopado, ele diz:
— Tudo bem, tudo bem. Eu sou tudo isso que você tá falando mas, pelo amor de Deus, me deixa entrar que tá chovendo pra burro aqui fora!

Morreu como um passarinho

O bêbado entra num velório e ouve a viúva, entre lágrimas e soluços, comentando:
— Meu marido era tão bom… Morreu como um passarinho!
Logo em seguida, outro bêbado entra também e encosta ali perto.
— Como foi que ele morreu, hein?
E o primeiro responde de bate-pronto:
— Parece que foi com um estilingada…

Funeral de um bêbado

Três bêbados bebem literalmente até cair. Quando dois deles acordam, descobrem que o terceiro morreu durante a noite.
Depois, no funeral, eles olham para o amigo no caixão.
— Puxa, o Zeca tá com uma aparência tão boa… — diz um deles.
— Claro — diz o outro. — O que você queria? Faz dois dias que ele não bebe…

Banheiro de ouro

O bêbado, escorado num amigo, chega na portaria de uma casa noturna muito badalada e fala pro porteiro:
— Ei, você! Poderia me dar uma informação?
— Fala logo!
— É que eu fiz uma aposta aqui com o meu amigo e queria confirmasse pra ele. É ou não é verdade que a privada aqui é de ouro?
E o porteiro grita lá pra dentro:
— João, tá aqui o imbecil que cagou no seu trombone!

Passeando pelo zoológico

Passeando pelo zoológico, dois bêbados param diante da jaula dos leões, impressionados com os fortes rugidos das feras.
— Vamos embora — diz um deles, algum tempo depois.
— Se você quiser, pode ir — diz o outro. — Eu fico para ver todo o filme.

Quem deseja ir para o céu

Templo lotado, o pastor ordena:
— Quem deseja ir para o céu levante a mão!
Todo mundo levanta, menos o bêbado, sentado lá no fundo.
O padre:
— O senhor aí atrás! Não quer ir para o céu quando morrer?
E o bêbado:
— Ah… Quando morrer eu quero! Pensei que o senhor tava organizando a caravana para hoje!

Primeiros anos de casamento

Um bêbado reclamava para o outro, desolado:
— Nos primeiros anos do meu casamento, eu beliscava as empregadinhas lá de casa, namorava secretárias, cantava recepcionistas, mexia com tudo quanto é mulher. Mas agora, infelizmente, meu casamento já não tem mais nenhum romantismo…

Almirante

O cara saiu da boate do jeito que o diabo gosta: num pileque de juntar criança.
Mal pisou na calçada, deu um violento encontrão num sujeito grandão, vestindo um uniforme cheio de galões.
Não se dando por achado, foi logo gritando:
— Olha aí, ô meu, me chama um táxi.
O outro ficou indignado:
— Que táxi, coisa nenhuma! Eu sou almirante!
— Então me chama um navio, pô!

Quem dirige

Os seis amigos saíram de um boteco carioca, mais altos que o Pão-de-Açúcar. Foram para o carro estacionado em frente e ficaram discutindo quem entrava primeiro, quem dirigia, quem entrava depois e assim por diante, até que um deles, mais decidido, resolveu assumir o controle:
— Olha aí, João, você dirige. Você está bêbado demais para cantar!

Mijando na rua

Depois de passar horas tomando cerveja num bar, o rapaz completamente embriagado foi até a rua, parou no meio-fio e começou a desabotoar as calças.
— Companheiro — gritou um guarda — você não pode fazer isso aqui!
— Claro que não, chefe! — respondeu o sujeito, fazendo um gesto com mão em direção a um estacionamento do outro lado da rua:
— Eu vou acertar laaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaá!

Não viu seta

Um motorista, bêbado, estava andando na contramão numa rua de mão única quando um policial o deteve:
— Você não viu a seta, rapaz?
— A seta? — respondeu, incrédulo, o jovem bêbado. — Pois eu não vi nem os índios!

Tomar um táxi

Um sujeito completamente bêbado começa a fazer o maior escândalo numa festa.
Um dos convidados tenta ajudar:
— O senhor não quer tomar um táxi e ir embora?
— Pra mim, chega! Não quero tomar mais nada por hoje!

Tomar um táxi

Um sujeito completamente bêbado começa a fazer o maior escândalo numa festa.
Um dos convidados tenta ajudar:
— O senhor não quer tomar um táxi e ir embora?
— Pra mim, chega! Não quero tomar mais nada por hoje!

Viúvo três vezes

Dois bêbados conversam uma conversa de bêbados.
— Tu é casado?
— Viúvo. Viúvo três vezes.
— De que morreu tua primeira mulher?
— Tomou um copo de formicida.
— Que coisa triste. E a segunda?
— Tomou um copo de formicida.
— Putz! E a terceira? De que ela morreu?
— Caiu do quinto andar. Não quis tomar o copo de formicida.

Bêbado no ônibus

O bêbado entra no ônibus e senta ao lado de um padre. O padre olha para ele com aquele ar de piedade próprio dos verdadeiros santos e diz:
— Você não vê que esse é o caminho pro inferno, meu filho?
— Puta que pariu! — diz o bêbado. — Peguei ônibus errado outra vez.

Cantando na madrugada

Alta madrugada. Um bêbado passa pela rua cantando e tocando violão. Aí aparece um guarda e diz ao bêbado:
— Pare com essa cantoria que o senhor está acordando toda a vizinhança. Vamos! Me acompanhe.
— Pois não! — diz o bêbado tocando um acorde. — Dó maior está bem?

Bêbado no prostíbulo

O bêbado entrou no prostíbulo gritando e fazendo a maior algazarra:
— Eu quero uma mulher! Eu quero uma mulher!
A gerente vendo a confusão e, com medo de perder a freguesia bastante selecionada (a mais fina sociedade local: políticos, banqueiros, grandes industriais e etc…) falou para uma das meninas:
— Bota ele lá dentro de um quarto e joga pra ele aquela boneca inflável que o gringo deixou aqui.
Ela fez o que a gerente mandou. Poucos minutos depois, o bêbado saiu correndo do quarto e gritando para a gerente:
— Me manda outra mulher que aquela é meio maluca. Quando eu dei uma dentada na bunda dela ela soltou um pum e saiu voando pela janela!

O bêbado e o bode

Um amigo encontra outro no bar completamente bêbado e chorando. Espantado, indaga ao companheiro o que lhe aconteceu. Este por sua vez, responde:
— Tem coisas nesta vida que não se explica.
— Como assim? — retruca o outro.
— E que eu estava ordenhando minha cabra de estimação, e quando o balde estava praticamente cheio ela virou o balde com a perna esquerda.
— E dai? — questionou o amigo.
— Tem coisas nessa vida que não se explica, falou o outro. Daí eu amarrei a perna esquerda no poste esquerdo e comecei a ordenhá-la novamente. Só que quando o balde estava pela metade ela tornou a virar o balde, desta vez com a perna direita.
— É por isso que você está assim? — perguntou o amigo.
— Tem coisas nessa vida que não se explica, falou novamente o outro. Então eu amarrei a perna direita no poste direito, e tornei a ordenhar minha cabrita e quando já tinha quase outro balde a safada virou o balde com o rabo.
— Foi por isso que você ficou neste estado, então? — arriscou o amigo.
— Tem coisas nessa vida que não se explica — disse novamente o infeliz.
— Como eu não tinha mais corda, tirei o cinto e amarrei o rabo da cabra ao teto, nesta hora minha calça foi ao chão e minha mulher chegou….
— Tem coisas nessa vida que não se explica…

Bêbado exigente

O bêbado está na porta do bar, tomando uma pinga e de repente passa uma morena deliciosa.
— Hic! Que porcaria! — grita ele, para a gostosa.
Depois de alguns minutos, uma ruiva perfeita.
— Que porcaria! — repete ele.
Depois uma loira fenomenal… Bundinha empinada, peitões de silicone, barriguinha sarada… E ele:
— Que porcaria! Hic!
Aí o dono do bar não aguenta:
— Qual é o problema, meu amigo? Só passa mulherão aqui na frente e você fica dizendo que é porcaria?
— Que porcaria que eu tenho lá em casa!

O bêbado e o vesgo

O vesgo estava andando, quando ia atravessar a rua, tromba com um bêbado. O vesgo, furioso, diz:
— Você não olha por onde anda?
E o bêbado:
— E você que não anda por onde olha!

Farol aberto

Um bêbado tinha acabado de sair do bar e ia atravessar a rua com o farol aberto para os carros quando aproximou um fusca e buzinou:
— Bibi!
E o bêbado respondeu:
— Eu também bibi, companheiro!

Quatro bêbados

A mulher vai atender a porta em plena madrugada e dá de cara com quatro bêbados.
Um deles diz:
— Madame, por favor, veja qual de nós quatro aqui é o seu marido, porque os outros três estão morrendo de sono!

Caindo de bêbado

Juvenal encontra um amigo caindo de bêbado na rua:
— Poxa, Vladmir! Você aí, bêbado de novo?
— Pois é… (hic)
— Você não jurou que não ia beber mais? Que agora era um outro homem?
— Rapaz… (hic) Hoje eu descobri (hic) que esse outro homem também adora uma cachaça!

Cedo no boteco

Oito da manhã e o garotão está no boteco, enchendo a cara. Até que passa um amigo dele pela rua.
— Que é isso, Duda? Tá louco? Logo de manhã enchendo a cara, cara?
— Pois é, mano… (hic) É que meu pai falou que minha vida tava toda do avesso! (hic) E falou que se eu não mudasse tudo (hic) radicalmente, ele ia cortar minha mesada!
— Não tô entendendo nada! — retruca o amigo.
— Eu tô fazendo o contrário do que eu fazia, cara! (hic) Agora bebo o dia todo e durmo de noite!

Morte por bebida

Bebida é coisa pra macho! — gabava-se o dono de um boteco — Eu bebo porque agüento, tem uns que morrem! O antigo dono desse bar, por exemplo, quem matou foi a bebida.
— Foi cirrose? — arriscou um dos bebuns.
— Câncer no fígado? — chutou outro.
— Não, caiu uma garrafa de vinho na cabeça dele!

Furtos no carro

Depois de uma longa noite tomando todas, dois bêbados entram num carro pra ir pra casa e um deles começa a gritar:
— Fomos roubados! Depenaram o nosso carro!
— Nossa… É mesmo! — concorda o amigo — Roubaram o som, o volante… Até o painel!
— Roubaram tudo!
— Socorro, políííciaaaa!
Um guarda noturno que passava pelo local vê o escândalo e vai falar com eles:
— Ei, vocês dois! Por que não param de gritar e sentam no banco da frente?

Visita ao puteiro

Dois bêbados conversavam num boteco quando, a certa altura da madrugada, o primeiro propõe:
— Que tal irmos para um puteiro?
— Boa ideia — responde o segundo e ao dar mais um passo em direção do companheiro, cai e se esborracha no chão.
O primeiro, ao ver o lamentável estado do amigo, conclui que ele jamais terá forças para fazer sexo com uma mulher e decide levá-lo para sua própria casa.
Ao bater à porta, são atendidos por uma mulher velha e mal-encarada.
— Que puta mais feia! — comenta o segundo bêbado.
— Essa é a minha mãe — diz o primeiro, sem-graça.
— Aaaahh! Então eu vou comer só por consideração!

Flexões na praia

Um rapaz estava na praia fazendo flexões, como em toda a sexta-feira.
De repente surge um bêbado e começa a gargalhar ao seu lado.
O cara, sem parar seu exercício, pergunta:
— Ô manguaça, qual é a graça?
O bebum responde:
— Cara, você já pode parar porque a mulher que estava aí já saiu faz muito tempo.

Vôo do chapéu

O bêbado vem cambaleando pela calçada e, de repente, seu chapéu voa, caindo no chão. Ele pára, olha fixamente para o estimado objeto e diz, quase recitando:
— Se não me abaixo, não te levanto. Se me abaixo, não me levanto…
E então conclui, em tom melancólico:
— …adeus, amigo! Nos separamos aqui!

Vexame na festa

Em uma descontraída Festa de Debutantes, o sujeito enche a cara e começa a dar o maior vexame, até que um dos convidados resolve tentar ajudar:
— O senhor não quer tomar um táxi e ir pra casa?
— Que ótima ideia! — responde o bêbado, abraçando o novo amigo — Mas só tem uma condição…
— Tudo bem! — responde o convidado, muito paciente — Qual é a condição?
— Depois que a gente tomar esse tal de Taksy, você toma um Whisky comigo?

Multa no malabarista

Na estrada, um motorista estava andando a 150 km/h, até que foi parado por um guarda de trânsito. Muito constrangido, ele quis se justificar:
— Seu guarda, eu trabalho em um circo logo ali e estou atrasado para uma apresentação!
— Ah, é? O senhor é palhaço ou está achando que sou eu que sou?
— Não é nada disso, seu guarda… Eu sou malabarista — disse ele, apontando para uns bastões que estavam no banco traseiro.
— Ah é? — duvidou o policial — Então faz uma demonstração aí pra mim!
Mais do que depressa o sujeito pegou os bastões e começou a dar um show. Primeiro com três bastões, depois quatro, cinco, até sete de uma vez. Ele passava os bastões por baixo das pernas, jogava de costas, deitava no chão, enfim, dava um show particular para o policial, que já estava até pensando em cancelar a multa.
Enquanto isso, um outro policial parou o carro de um bêbado, que saiu do carro cambaleando, viu o malabarista com os bastões e disse:
— Meu Deus, eu preciso parar de beber! Esse tal teste do bafômetro está ficando cada vez mais complicado…

Siri na Morena

A morena toda gostosa foi à praia, estendeu sua toalha, deitou para pegar aquele bronze e dormiu. Veio um siri e entrou na vagina dela.
Chegando em casa, a morena começou a sentir uma coceira danada na vagina e resolveu procurar um médico.
— Você é virgem? — perguntou o médico.
— Sim!
— Então, passe essa pomada que sara!
Dois dias depois a morena voltou e reclamou que a coceira continuava, então o médico receitou-lhe um creme. Dois dias depois lá estava a morena e a coceira continuava. Então o médico receitou-lhe uma pasta. Dois dias depois voltou a morena, o médico examinou e concluiu:
— A senhora vai ter que perder a virgindade urgente!
— O senhor tem certeza?
— Absoluta!
A morena saiu alucinada do consultório médico, pegou um bêbado que estava no caminho e carregou-o para um hotel. O bêbado, sem entender nada do que estava acontecendo, viu aquele mulherão na sua frente e mandou brasa.
— Vai devagar que eu sou virgem! — advertiu ela.
Assim que o bêbado penetrou-lhe a vagina, o siri agarrou na cabeça do pênis dele. Ele deu um berro, tirou o pênis rapidamente e viu o siri cair no chão e ficar diante dele com as garras levantadas em posição de ataque.
Aí o bêbado olhou para o siri e exclamou:
— Qualé, Cabaço? Vai querer encarar?

Perguntas do Delegado

O delegado pergunta para o detido:
— Quer dizer que o senhor foi trazido para cá ontem à noite por dois guardas, não é?
— Sim, seu delegado!
— Bêbado, é claro!
— Sim, senhor… os dois!

Saída do Ônibus

Um ônibus estava no seu ponto final, em uma ladeira, quando, para o alívio de 450 passageiros apertados e impacientes, ele partiu ladeira abaixo. Um homem de certa idade começou a seguir o ônibus desesperadamente.
Um bêbado que estava no ônibus viu a cena e gritou:
— Esquece, coroa! Você não vai conseguir alcançar a gente é nunca!
E o senhor, ofegante:
— Eu não posso desistir! Sou o motorista!

Chave Quebrada

O policial estava fazendo sua ronda, quando vê um sujeito tentando abrir a porta de casa, sem sucesso.
— O senhor mora aqui? — o policial pergunta.
— Claro! — o sujeito responde, totalmente bêbado — Mas não consigo abrir a porta, esta porra de chave está quebrada!
— Mas isso não é uma chave! — o policial exclama — Isso aí é um supositório!
— Ihhh! — o bêbado se espanta — Onde será que eu enfiei a chave?

Aparentemente Sóbrio

Na delegacia, o guarda entra trazendo um cara que aparentemente está sóbrio, mas afirma o contrário:
— Prendi o elemento porque ele tá completamente embriagado, seu dotô!
O delegado olha o sujeito de cima a baixo e pergunta:
— Como você chegou à conclusão que ele estava embriagado?
— Ele estava na maior discussão com um motorista de táxi, dotô!
— Ué, e o que prova isso?
— Acontece que no local não tinha nem táxi e nem motorista nenhum!

Fechando o Caixão

Terminado o velório, os agentes da funerária começam a fechar o caixão. Desesperada, a viúva se atira sobre o corpo do marido e começa a soluçar:
— Ai, meu querido! Eles vão te levar para onde não há luz, não há comida, não há bebida, não há nada…
Ao que um bêbado encostado na soleira da porta resmunga:
— Não é que vão levar esse desgraçado lá pra casa!

Mijando no Poste

O bêbado estava mijando num poste quando aparece uma velhinha.
— Seu sem-vergonha! — reclama ela. — Aqui é lugar de mijar?
— Eu tava necessitado, dona!
— Por que não foi ao banheiro público, tem um a menos de 20 metros daqui.
— A senhora tá pensando que o meu pau é mangueira?

Feliz Ano Novo

O bêbado entra num bar e grita:
— Feliz Ano Novo! Feliz Ano Novo!
— Você está maluco? — intervém o dono do bar. — Nós estamos em fevereiro!
E o bêbado:
— Fevereiro? Porra… é hoje que eu apanho quando chegar em casa!

Assuntos Polêmicos

O dono do bar estava quase fechando seu estabelecimento quando aparece um bêbado e começa a discutir com ele:
— Você viu, meu chapa, esse presidente só faz cagada!
— Me desculpe! — diz o dono do bar, bravo — Não gosto de assuntos políticos no meu boteco!
— Ahhh… Então, você viu o jogo do Corinthians?
— Também não quero assunto de futebol aqui dentro!
— Poxa… Pelo menos pode falar de sexo aqui?
— Ah, agora tu tá falando a minha língua… De sexo você pode falar…
— Então eu quero que você se foder!

Espumando pela Boca

O bêbado estava na porta do bar, caído, esperneando e espumando.
Uma mulher que estava passando perguntou, assustada:
— Ele está tendo ataque epilético?
— Não… — respondeu um frequentador do bar — Ele fica assim toda vez que o dono diz que não faz mais fiado!

Bêbado Indiscreto

O bêbado entra na zona e grita:
— Eu quero uma puta! Eu quero uma puta!
O gerente, preocupado com a reputação da casa, pede para uma moça lhe levar para um dos quartos e lhe dar uma boneca inflável.
Dez minutos depois o bêbado está de volta:
— Me manda outra puta que aquela lá é maluca!
— Maluca? — perguntou o gerente, se fazendo de besta. — Como assim?
— Eu dei uma mordida na bunda dela, ela deu duas cambalhotas e saiu voando pela janela!

Barata na sopa

O bêbado chega no restaurante onde sempre termina suas noites. Como sempre, trançando as pernas.
— Minha sopa! — grita ele pro garçom.
O garçom, com a maior má vontade do mundo, vai até a cozinha e pega a sopa. De repente uma barata gigantesca cai dentro do prato. O garçom nem percebe. O bêbado então, nem olha direito e manda ver.
Quando termina a sopa, ele levanta, vai até a cozinha e fala direto com o cozinheiro:
— Zé! Vê mais uma sopa pra mim aí, cara… E capricha na ameixa, hein!

Curiosidade do Bêbado

O bebum tava totalmente travado, quando viu um grupo de pessoas amontoado na esquina, em volta de cara que tinha sofrido um acidente no trânsito. Ele vai cambaleando até lá e pergunta:
— Nossa, mas o que aconteceu? Por que esse cara tá caído aí no chão?
— Ahh, foi uma batida.
— Uma batida, né? Tá vendo só? É por isso que eu só tomo da pura!

Axilas Cabeludas

A mulher estava em pé num ônibus, segurando-se numa daquelas barras, mostrando as suas axilas cabeludas, quando chega um bêbado e lhe cutuca:
— Ô bailarina… ô bailarina…
A mulher fingiu que não era com ela e virou o rosto para o outro lado. Mas o bêbado continuou.
— Ô bailarina… ô bailarina… olha pra mim bailarina…
A mulher, muito emputecida, vira-se para ele e berra:
— Quem foi que te falou que eu sou bailarina?
E o bêbado:
— Se a senhora não é bailarina, como é que consegue botar o pé aí em cima?

Pescocim

Num bar, um sujeito malhado, bombado, sarado, vitaminado, mas que por conta de tanta malhação acabou ficando com um corpão e o pescoço muito fino, e foi apelidado de “Pescocim”.
Ele se irritava e dava porrada em quem que se atrevesse a lhe chamar pelo apelido. Certo dia no barzinho da esquina, estava a turma do tal “Pescocim” tomando umas, quando chega no bar um bebum já de cara cheia, sem dinheiro, pedindo pra seu Zé lhe vender pinga fiado.
Pra tirar uma onda com o bebum o dono do bar desafia:
— Te dou de graça cinco doses de cachaça da boa, se você mencionar a palavra “Pescocim” para aquele grandão ali.
O pinguço aceita o desafio e se dirigiu a mesa do tal sujeito:
— E aí meu grande amigo, como tem passado?
E o sujeito responde:
— Como assim? Eu nem te conheço!
— Mas que absurdo você não lembrar de mim, amigão. Quantas vezes a gente não pescou juntos no rio Paraná?
— Você deve estar enganado, a gente nunca pescou junto!
— Pescô, sim!

Brincar de exorcista

No final da noite, os dois bêbados conversam no boteco:
— Agora é só ir pra casa — um deles comenta — e começar a brincar de exorcista com minha mulher!
— Exorcista? — o outro bêbado se surpreende — Como é que é brincar de exorcista?
— Muito simples! — o amigo responde — Ela se faz de padre, fala um sermão e eu vomito!

Significado de artrite

Num ônibus, um padre senta ao lado de um sujeito completamente bêbado, que tenta, com muita dificuldade, ler o jornal.
Logo, com voz empastada, o bêbado pergunta ao padre:
— O senhor sabe o que é artrite?
Irritado, o ministro do Deus emendou:
— É uma doença provocada pelo excesso de consumo de álcool!
O bêbado calou-se e continuou com os olhos fixos no jornal. Alguns minutos depois, achando que tinha sido muito duro com o bêbado, o padre tenta amenizar:
— Há quanto tempo o senhor está com artrite?
— Eu? Eu não tenho isso não. Segundo esse jornal aqui, quem tem é o Papa!

Bilhete no chopp

No bar, um bêbado, muito esperto, arrumou um jeito de ninguém roubar sua bebida enquanto ele ia ao banheiro.
Deixava um bilhete escrito em seu copo: “Cuspi neste chopp.”
Certo dia, ele já bem apertado, precisando ir ao banheiro de tanto beber, deixou o bilhete como sempre deixava mas quando voltou encontrou outro bilhete escrito: “Eu também!”

O mundo gira

Quatro da manhã. Um guarda noturno fazia sua ronda com a sua Yamaha quando viu um bêbado sentado na calçada.
— Ô, cara! — gritou ele, para o bêbado — São quatro da madrugada! Por que você não vai pra casa, hein?
— O senhor já ouviu falar que o mundo gira? — perguntou o bebum.
— E daí que o mundo gira? — gritou o guarda, que já estava perdendo a paciência.
— Bom… Se mundo gira… Uma hora a minha casa vai passar por aqui!

Marido em Casa

Duas da madrugada, o bêbado começou a apertar a campainha dos apartamentos do 1º andar e vai perguntando:
— Por gentileza, madame! O seu marido está em casa?
— Tá sim, seu bêbado safado. O que você está querendo, hein? Vai incomodar a tua mãe! — disse uma mulher muito nervosa, pelo interfone.
Toca nos apartamentos do 2º andar:
— O seu marido tá em casa, madame?
— É claro que sim, meu marido está dormindo, seu chato!
E por aí foi. O cachaceiro seguiu enchendo o saco das mulheres do prédio inteiro, até que, tocou no último andar:
— O seu marido está, minha senhora?
— Não, não está! — disse uma mulher, furiosa.
— Então a senhora pode descer aqui, pra ver se sou eu?

Bêbado com Frio

O bêbado chega em casa completamente embriagado. Após alguns minutos, vai até seu quarto e deita-se na cama. Vira-se de um lado para o outro, levanta. Depois de algum tempo ele retorna para seu leito e pega um cobertor. A mulher que dormia tranquila na cama pergunta ao marido:
— Meu amor, você está com frio?
— Muito…
— Onde você foi?
— Ao banheiro.
— Você apagou a luz?
— Não. Ela apagou sozinha.
A mulher levanta nervosa.
— Não acredito, Marco Aurélio! Você andou mijando dentro da geladeira de novo?

Uísque Doze Anos

Um homem entra num bar e pede três doses de uísque doze anos. O garçom serve, o homem toma tudo de um gole e volta a pedir mais três doses. Novamente, o garçom atende o pedido e, novamente, o freguês bebe tudo de um gole e torna a pedir mais três. Surpreso, o garçom olha para o cliente e lhe diz:
— O senhor sabe que isso não faz bem!
— Eu sei — responde o homem — especialmente com o que eu tenho…
— E o que é que o senhor tem? — pergunta o garçom, curioso.
— Só um Real…

Soda Cáustica

Todo dia um bêbado muito chato chegava no bar, tomava umas pingas e depois ficava enchendo o saco de todo mundo. A coisa piorou quando ele começou a falar mal da mãe do Luiz, o dono do bar, que não aguentou e um dia para acabar com o papo do pinguço, colocou soda cáustica na pinga dele.
O bebum tomou e não falou nada. Saiu como se nada tivesse acontecido.
No outro dia, com remorso, Luiz foi procurar o bêbado e surpreso, ao ver o bêbado firme e forte, perguntou:
— E aí, gostou da cachaça de ontem?
O cachaceiro respondeu:
— Até que ela é gostosa, mas não vou querer tomar mais não.
— Porque? — perguntou Luiz.
— Por que ontem, quando cheguei em casa, fui mijar e a privada ficou cheia de furinhos!

Cinco Pães

O padre estreou nervoso seu primeiro sermão na paróquia, preocupado com um bêbado sentado no primeiro banco.
O bêbado acompanhava, atento, cada palavra do sermão. Vez ou outra, o bêbado soltava aquele soluço típico. O padre fazia seu sermão:
— Então, Jesus matou a fome de seus cinco seguidores com apenas cinco mil pães.
Prontamente o padre percebeu seu erro, mas não tentou consertá-lo para não chamar a atenção de seus fiéis, todos meio sonolentos e aparentemente distraídos. O bêbado, muito atento, disse em alto e bom som:
— Cinco mil pães para cinco pessoas? Assim é moleza!
Na semana seguinte, chegou o momento de repetir o tal sermão e lá estava o bêbado sentado no mesmo lugar. O padre, desta vez mais seguro, começou:
— E então, Jesus com somente cinco pães, saciou a fome de cinco mil seguidores.
Olhou vitorioso para o bêbado que comentou em voz bem alta:
— Não vejo vantagem nenhuma… Com a sobra da semana passada, até eu!

No Clube

O segurança do clube se aproxima do sujeito que estava completamente bêbado:
— Retire-se imediatamente!
— Mas por quê? — o bêbado pergunta, surpreso.
— Como por quê!? O senhor está urinando na piscina!
— Mas todo mundo faz isso!
— Sim, mas não de cima do trampolim!

Irmãs gêmeas

Certo dia estavam em um bar duas moças gêmeas, parecidíssimas por sinal, quando um bêbado se aproximou e disse:
— Nossa, hic! Acho que bebi demais porque estou vendo tudo em dobro!
Uma das moças respondeu:
— Não moço, o senhor não está tão bêbado assim, é que nós somos gêmeas!
O bêbado, mais aliviado, disse:
— Que beleza, hic! As quatro?

Consequência da Bebida

Dois bêbados conversam em um bar:
— Perdi minha mulher por causa da bebida!
— Ela te largou?
— Não, foi atropelada por um caminhão da Brahma!

Whisky Como Remédio

Dois bêbados conversam:
— Você não sabe da última. — disse o primeiro.
— O que foi? — responde o outro.
— Eu ouvi dizer que descobriram uma doença que se cura com whisky.
— Oba, que legal! E você sabe como é que a gente faz para pegar essa doença?

Senhora de Preto

Começou a música e um bêbado levantou-se, cambaleando e trocando as pernas, dirigiu-se a uma senhora de preto e pediu:
— Hic… Madame, me dá o prazer dessa dança?
E ouviu a seguinte resposta:
— Não, por três motivos: primeiro, o senhor está bêbado em pleno velório!
— Segundo, porque não se dança o Hino Nacional!
— E terceiro porque “madame” é a puta que o pariu, eu sou o padre!

Bêbados Pegando o Trem

Cinco bêbados estavam no terminal de trem, se escorando um no outro com aquela camaradagem clássica de bebum. Quando o trem apontou, todos ficaram muitos agitados, se posicionado rapidamente na porta de cada vagão naquele tumulto para conseguir entrar.
Pois bem, quatro dos cinco amigos bêbados conseguiram entrar e um ficou de fora. Vendo aquela cena, o guarda do terminal resolveu perguntar.
— E agora, todos os seus amigos foram e só você ficou?
O bêbado respondeu!
— Pois é seu guarda, o pior é que só eu ia viajar, eles vieram apenas me acompanhar.

Assediando a mulher

O sujeito está no bar, caindo de bêbado, quando olha pra única mulher do estabelecimento, sentada, tomando uma cerveja. Cambaleando, ele vai até lá, põe a mão sobre a perna dela e começa a abraçá-la. Imediatamente a mulher vira um tapa na cara do bêbado, que se defende:
— Desculpe, moça! Eu pensei que fosse a minha mulher! Você é igualzinha minha mulher!
— Sai daqui, seu bêbado! Vagabundo, desgraçado, filho de…
— Tá vendo? — interrompe o bêbado — Você também fala igualzinho ela!

Assistindo Xadrez

Um grupo de amigos está jogando xadrez, disputando um pequeno campeonato e um bêbado fica ao lado, da mesa só assistindo. As horas vão se passando. Uma, duas, três, quatro, cinco… E o bêbado continua lá. Até que um dos amigos resolve ver se ele quer jogar:
— Ei, amigo! Você está aí olhando a gente jogar há horas. Vem jogar também!
— O quê? — disse o bêbado, revoltado — Xadrez? Eu não tenho paciência pra esse negócio não!

Teste do Bafômetro

Um cara foi à uma despedida de solteiro e voltava para casa de madrugada, completamente bêbado.
Ainda na estrada, quase chegando na cidade, uma viatura da Polícia Rodoviária para o carro dele.
Os policiais pedem para ele descer do carro para fazer o teste do bafômetro.
Nessa hora, um caminhão capota do outro lado da via. Os policiais correm para o local, e o homem aproveita e se manda para casa.
No dia seguinte ele acorda com a mulher perguntando:
— Ô Luiz! O que está fazendo aquele carro da Polícia Rodoviária na nossa garagem?

Fumando Muito

O bêbado inveterado vai ao médico, acompanhado de sua esposa.
— Qual o problema? — pergunta o médico.
— É que eu sinto náuseas, dores no corpo, estou sempre cansado…
— O senhor fuma?
— Três maços por dia!
— Aí está o problema, meu amigo! Pare de fumar imediatamente e logo voltará a ter uma saúde de ferro.
Feliz com o diagnóstico, despediu-se do médico e assim que pôs os pés na rua, a esposa perguntou-lhe:
— Que história é essa de fumar três maços por dia? Você nunca colocou um cigarro na boca!
— Eu sei, meu bem! Mas se eu dissesse que não fumava ele iria perguntar se eu bebia… aí me toca parar de beber!

Quatro Olhos

O filho vai até o bar, chamar o pai:
— Papai, a mãe mandou chamar, porque você já está bêbado.
Como todo bebum, o pai não admite a bebedeira:
— Que bêbado, muleque? Olha lá na porta do bar, o cachorro entrando… Se eu estivesse bêbado, veria quatro olhos, hic. Estou vendo os dois olhos do bicho!
O menino responde:
— Pai, o cachorro não tá entrando, tá saindo.

Bêbado no Trabalho

O sujeito chega no trabalho completamente bêbado. O chefe chama-o num canto e lasca a maior bronca:
— Ô Gonçalves, assim não dá! O senhor não pode vir trabalhar neste estado!
— O senhor… hic… está me mandando embora do Rio de Janeiro?
— Não, não é nada disso! É que o senhor está caindo de bêbado!
— Ah! Foi o oculista que mandou!
— O oculista mandou? O senhor está maluco!
— É sim… — e tirando uma receita toda amarrotada do bolso: — Olha aí… o que está escrito debaixo dos garranchos… pinga três vezes ao dia!

Bêbado no Fórum

Na porta do fórum, o bêbado vê um Juiz de Direito vestido a caráter, passa por ele e brinca:
— Salve, lindo!
Ao que o juiz vira-se para ele, com os punhos fechados e berra:
— Salve o quê?
— Salve lindo pendão da esperança…

Menos Copos

Um bêbado entra em um bar e pede.
— Seu Luiz, me dá 6 copos de pinga.
Ele vira os 6 copos e pede mais.
— Agora me dá 4 copos de pinga.
Bebe tudo de uma vez e continua…
— Agora, eu quero 2 copos de pinga.
Toma os 2 copos como se fosse água, fica completamente tonto e comenta:
— Eu não entendo. Quanto menos eu bebo, mais de porre eu fico.

Todos Convidados

O bêbado chega na igreja lotada e grita:
— Pessoal, tá todo mundo convidado pro pagode lá em casa!
Os fiéis se assustam e o padre tira a cabeça pra fora do confessionário pra ver o que está acontecendo. O bêbado olha pra ele e diz:
— Não precisa ficar nervoso! Você que tá cagando também tá convidado!

Mulher desconfiada

O bêbado chega em casa com medo da mulher estar esperando ele com pau de macarrão nas mãos. Abre a porta… Ufa! Ela está dormindo.
Então o bebum tenta ir até sua cama sem acender a luz, pra não acordar a fera. Até que ele tropeça em uma daquelas mesas de canto.
Por incrível que pareça, ele não faz muito barulho. Mas quando levanta percebe que a garrafa de vodca que ele levava no bolso havia quebrado. Os cacos o deixaram todo cortado na retaguarda.
Isso mesmo, na bunda! Com medo de sujar o carpete com o sangue, o pé de cana corre até o banheiro e coloca band-aids em todos os lugares onde vê sangue.
No outro dia ele já acorda apanhando da mulher:
— Nossa, você estava num porre ontem, hein Agusto? Você não tem vergonha?
— Poxa, Havanirzinha, você não tem mesmo confiança em mim, hein… Como você diz que eu tava bêbado? Só tomei uma ou outra cervejinha. E, aliás, você nem me viu chegar!
A mulher fica mais enfezada ainda:
— Eu nem precisava ter visto, né! Foi só olhar pro espelho do banheiro e ver aquele monte de band-aid grudado!

Todos Peidam

Uma mulher bastante gorda, ao passar na catraca de um ônibus, deixa escapar um Megaton de 18 mil watts que faz um enorme estrondo.
Ao vê-la roxa de vergonha, um bêbado tenta consolá-la, falando em voz extremamente alta:
— Minha senhora, não precisa ficar com vergonha só porque peidou. Aqui nesse ônibus todo mundo peida. Eu peido, essa outra senhora que está sentada ao seu lado peida, aquele garoto também peida, aquela velha ali também peida, o cobrador peida, o motorista peida e até a mãe do motorista peida…
Nesse instante o motorista para o ônibus e coloca o bêbado para fora do veículo.
— Porra — reclama ele, sentindo-se injustiçado. — Os outros é que peidam e eu que levo a culpa!

Se meu pai fosse

Estava um bêbado no ônibus, falando sozinho, em voz alta:
— Se meu pai fosse um pato e minha mãe um pata, eu seria um patinho… Se meu pai fosse um cachorro e minha mãe uma cadela, eu seria um cachorrinho… Se meu pai fosse um gato e minha mãe uma gata, eu seria um gatinho… Se meu pai fosse um…
— Escuta aqui, ô meu chapa — interrompeu o motorista, em altos brados, levantando-se e caminhando em sua direção. — E se teu pai fosse um veado e tua mãe uma puta?
— Aí eu seria motorista!

Nariz Tampado

O bêbado chegava todo dia no boteco, pedia uma pinga, tapava o nariz e tomava tudo num só gole.
Um dia, o balconista não se conteve:
— Escuta aqui, ô cara! Por que você tapa o nariz enquanto bebe?
E o bêbado:
— É que o cheiro da pinga me dá água na boca… e eu gosto dela é pura!

Caindo de Bêbado

O cara já tinha bebido mais de vinte garrafas de cerveja e, no auge da bebedeira, decidiu ir para outro bar. Mas quando ele foi se levantar da cadeira, plaft, caiu de cara no chão.
Então ele tentou se levantar e, pá, caiu de novo.
O bebum se rastejou até a porta do bar. Quem sabe, tomando um ar fresco ele conseguisse levar. Ele esperou um pouco, tentou se levantar e, bum, desmoronou outra vez. E começou a se rastejar. Pelo menos isso ele conseguiu. Foi se rastejando pela rua e teve pelo menos uma idéia inteligente: resolveu desistir do outro bar e ir pra casa, já que não conseguia nem andar.
Depois de se rastejar alguns quarteirões ele chegou em casa. Agora ele conseguiria levantar. Que nada! Caiu de novo! E foi rastejando até a sua cama.
Acordou na manhã seguinte com a esposa dando uma tremenda bronca:
— Bonito, hein! Bebendo novamente na rua até tarde!
— Quem disse isso? — perguntou ele, com olhar inocente.
— Ligaram do bar e disseram que você esqueceu a cadeira de rodas lá de novo!

Garrafa do Gênio

Dois bêbados estavam pescando numa lagoa, quando de repente veem uma garrafa flutuando.
Um deles a apanha, abre-a e aparece um gênio.
— Por ter me libertado, eu vos concedo um desejo!
E o bêbado:
— Quero que você transforme toda a água dessa lagoa em cerveja.
E num piscar de olhos, a lagoa inteira transformou-se em cerveja. Nem bem o gênio havia virado as costas, o outro bêbado reclamou:
— Mas que merda de desejo! Agora vamos ter que mijar dentro do bote.

Briga no bar

O bêbado está levando a maior dura do delegado:
— Quer dizer que o senhor estava envolvido na briga desses pilantras?
— Quem? Eu? De… hic… jeito nenhum, dotô delegado. Eu sou da… hic… paz!
— Então porque os policiais trouxeram o senhor pra cá?
— Eles trouxeram… hic… não… fui eu que quis vir…
— Não entendi!
— Tava a maior… hic… briga no bar! Aí encostou o camburão… hic… e um polícia gritou… hic… “É cana pra todo mundo!”. Aí eu falei: “Tô dentro!”.

Chegando de Madrugada

O bêbado chega em casa de madrugada e entra no quarto silenciosamente para não acordar a mulher. Porém, na hora em que ele vai se deitar ela acorda e pergunta:
— Bonito! Isso são horas de um homem casado chegar em casa?
— Ué, são só 10 horas, amor!
— Como é que eu ouvi o relógio tocar só uma vez?
— Claro! Ou você queria que ele batesse o zero também?

Contramão

O carro percorre uma rua inteira na contramão, em alta velocidade.
Até que um guarda finalmente consegue pará-lo:
— O senhor está louco? Aonde pensa que está indo? — gritou o guarda, pondo a mão no três oitão.
O motorista, mais mamado que peito de mãe de trigêmeos, respondeu:
— Pra falar a verdade eu não sei… Mas tenho certeza de que tô atrasado, porque todo mundo já tá voltando!

Mais Cerveja

Três amigos bêbados estavam no bar há mais de 4 horas. De repente um deles diz:
— Bom, meus… irmãos, eu já vou!
— Tá legal! — responde um deles — A gente se vê amanhã, hein, Zé!
Os outros dois continuam até altas horas quando o dono do boteco fala:
— Olha só, meus amigos… O bar tá fechando e vocês precisam ir embora.
O dono do bar fecha o estabelecimento e os dois bêbados começam a discutir:
— E agora? Onde é que nós vamos beber?
— Não tenho nem ideia!
— Já sei! Lá na minha casa tem… Duas cervejas! Fica uma pra você e outra pra mim.
E lá vão os dois amigos cambaleando pelas ruas até chegarem na casa:
— Muito cuidado! Minha mulher tá dormindo… Trate de não fazer barulho.
— Tá legal, vou ficar quietinho… He, he, he…
E entraram os dois na pontinha dos pés. Ao passar pelo quarto do amigo, o bêbado comenta:
— Ih… Olha só quem tá lá no seu quarto! É o nosso amigo Zé. Ele saiu mais cedo pra vir aqui com a sua…
— Xiiiiiiiu… Fale baixo se não ele acorda e nós só temos duas cervejas na geladeira!

Quantas Horas

Um bêbado estava andando tranquilamente pela rua quando cruza com um sujeito que vinha na direção contrária. Então o bebum pergunta:
— Por favor, amigo… Você sabe que eu te considero pra caramba, né? Hi, hi… Mas, que horas são?
O outro responde, meio sem paciência:
— São dez e vinte.
— Eu não entendo. Cada vez que eu pergunto isso, me dão uma resposta diferente!

Bêbado na mansão

Em uma festa da alta sociedade, o sujeito bebe umas doses a mais e resolve contar uma piada suja, no meio da sala da mansão:
— Certa vez… um navio atracou no porto com um monte de marinheiro com uma pica deeeeesse tamanho! Aí foi uma fodeção danada e…
Ouvindo essas palavras, os convidados ficaram assustados e algumas senhoras distintas começaram a se afastar, indignadas.
— Pra que a pressa? — gritou o bêbado, olhando para as senhoras — O navio ainda vai ficar no porto por uma semana!

Chegando Atrasado

O sujeito chega em casa caindo de bêbado e encontra a mulher furiosa sentada na cama.
— Seu cafajeste! — esbraveja ela. — Sabe que horas são?
— Não…
— Cinco horas da manhã! Você não tem vergonha?
— Vergonha de quê? Eu não tenho culpa! Se eu estivesse em casa seria a mesma hora!

Estar Bêbado

Pai, posso fazer uma pergunta?
— É lógico, meu filho. O que você quer saber?
— O que é estar bêbado?
— Olha meu filho, é simples. Estar bêbado é como se, por exemplo, em vez destas duas cadeiras, eu estivesse vendo quatro.
— Mas pai, aí só tem uma cadeira.

Galos na cabeça

Um bêbado está cambaleando na rua e pede uma informação para um homem:
— Por favor… Quantos galos têm na minha cabeça?
O homem dá uma olhada e diz:
— Três. Por quê?
— Nada não… É que agora eu sei que só faltam 2 postes para eu chegar em casa!

Galinha Caipira

Um caminhoneiro, no meio de uma longa viagem, para no restaurante Frangoso, o seu predileto, louco de vontade de comer uma boa galinha caipira. Entre as opções do menu ele encontra todos os tipos de galinha, mas chama o garçom e ordena:
— Quero a boa e velha galinha caipira ensopada! Mas antes eu quero ver a galinha!
O garçom vai até a cozinha, pega uma galinha e traz até a mesa. O motorista enfia o dedo no orifício de saída dos ovos da galinha, esfrega os dedos, cheira e diz, convicto:
— Negativo! Esta não é galinha caipira. Esta é da granja Três Irmãos! Quero comer galinha caipira!
O garçom traz outra galinha e o motorista repete o procedimento e, mais uma vez, protesta:
— De jeito nenhum! Esta não é galinha caipira. É do sítio Estrela Azul, em Bragança Paulista.
O garçom novamente traz outra galinha e mais uma vez o motorista cheira os dedos, pensa um pouco e diz:
— Ah, agora sim! Essa é a verdadeira galinha caipira! Pode mandar fazer…
O garçom volta para a cozinha para mandar preparar a galinha do freguês quando um bêbado que estava esparramado na mesa ao lado se levanta, vai até a mesa do motorista, baixa as calças e implora:
— Meu amigo, esqueci onde moro. Dá para o senhor ver meu endereço?

Bêbado no Poste

O bêbado subiu no poste e por mais que pedissem para descer ele não dava ouvidos. Chamaram um policial e eles começaram a discutir:
— Desce daí rapaz!
— Não desço, não desço!
— Então eu vou subir e fazer você descer no tapa!
— Sendo assim eu vou descer.
Chegando no chão o policial pergunta:
— Quem é você?
— Seu guarda o senhor não me conhece? Eu sou o rapaz que estava lá em cima.

Voltando da Farra

Três amigos voltavam da farra às 4 horas da madrugada, quando um deles chega numa sacada e começa a gritar para acordar a moradora da casa.
A mulher sai furiosa e diz:
— O que é que vocês querem?
O bêbado pergunta:
— Mora algum Joaquim aí?
Ela responde:
— Mora sim, por quê?
— Desce aí é diz quem de nós três é o Joaquim!

Bêbado confuso

Na calma e pacata estação de Metrô, um bêbado e uma freira vinham em direções opostas. O bêbado todo vomitado, cambaleante, e a freira calmíssima com seu limpíssimo, hábito preto e branco…
O bêbado já havia percebido que a freira vinha ao seu encontro e cambaleava na direção dela… No momento que se cruzaram o bêbado agarrou a cabeça da freira e deu uma “testada”.
A freira curvou-se para trás com o impacto, mas o bêbado segurou o hábito da freira e a jogou contra a parede. Com maestria e habilidade de um verdadeiro ninja, o bebum socou-lhe o estômago, agarrou-lhe a cabeça e a bateu contra a parede. “vassourada” jogou a coitada no chão e pisou em cima dela.
Após o término de tamanha barbaridade, o bêbado esfregou as mãos e disse com ar de superioridade:
— Esperava mais de você, Batman!

Olha a mangueira

Uma procissão estava passando pela rua, e no meio dela estavam várias pessoas carregando uma santa, que estava bem no auto. Na mesma rua que estava passando a procissão, havia um bêbado do lado de fora. Ele vendo aquele movimento, várias pessoas juntas. Ele olha pro auto e vê a santa toda de verde e rosa. De repente ela dá um grito:
— Olha a mangueira aííí gente!!!
Todos olham pra ele, uns até com muita raiva, chega um fiel ao seu lado e fala.
— Isso é uma procissão e não um desfile de carnaval!
Ele dá outro grito:
— Olha a mangueira aííí gente!!!
Todos novamente olham pra ele, irritados. Até que a santa bate em uma mangueira e cai aos pedaços.
— Eu disse, mas ninguém me ouviu!

Gêmeos

O bêbado entra no bar e se aproxima de uma mesa onde estão sentados dois rapazes idênticos:
— Será que estou vendo demais?
— De jeito nenhum! — responde um deles — Nós somos gêmeos.
Incrédulo o bêbado retruca:
— Os quatro?

Tropeço

Uma moça, que saiu de casa sem roupas de baixo, estava passando pela frente de um bar e teve o azar de tropeçar numa pedra estatelando-se no chão.
Com muita agilidade ela no mesmo instante já estava em pé e com um sorriso meio sem graça disse:
— Vocês viram minha ligeireza?
E um bêbado que estava no bar:
— Vimos sim, só que eu conhecia isto por outro nome…

Consumo de álcool

O bêbado foi ao médico, e após terminar a consulta ele diz:
— E aí, doutor?
— Você está mal, companheiro! Eu não sei porque vocês bebem tanto.
— A gente bebe porque é líquido!
— É um absurdo… Você sabia que o Brasil é o segundo colocado no consumo de bebida alcoólica em todo o mundo?
— Isso é culpa dos crentes!
— Como assim? Culpa dos crentes?
— É, doutor… Se eles bebessem um pouquinho, nós seríamos os primeiros!

Na madrugada

No meio da madrugada um homem chegou em sua casa completamente bêbado e encontrou a porta trancada. Ele então começa a gritar a sua mulher:
— Mulher! Abre essa porta mulher!
— Não abro, você esta bêbado! — reponde a ela.
— Oh, abre a porta que estou com flores para a mulher mais bonita do mundo!
Na mesma hora a mulher abriu a porta, e então perguntou:
— Onde estão as flores?
E o bêbado respondeu:
— E onde está a mulher mais bonita do mundo?

Pinga do bêbado

No fim do expediente de um bar, um bêbado bate na porta e pede para entrar. Já irritado com tanta insistência, o garçom manda-o entrar.
— O que você quer? — Pergunta o garçom sem dar muita atenção.
— Quero um metro de pinga!
O garçom dá um pequeno sorriso e pensa:
— Vou sacanear esse bêbado enjoado.
O garçom pega a garrafa de pinga e derrama sobre o balcão e diz:
— Aí está a sua pinga.
O bêbado, apoiado no balcão para não cair, fala:
— Agora embrulha que eu vou levar!

O poste

O bêbado estava parado diante de um poste, com a chave de casa na mão, tentando enfiar a chave numa fechadura imaginária. Nisso um sujeito que ia passando, ironiza:
— Acho que não tem ninguém em casa!
E o bêbado, com voz pastosa:
— Claro que tem… Tem uma luz acesa no andar de cima!

Linha do trem

Dois bêbados andavam pela linha do trem, quando um falou pro outro:
— Porra meu, essa escada não acaba nunca?
E o outro respondeu:
— Pior é que esse corrimão é baixinho!

Croquetes

Um bêbado chega num bar e pede para o balconista:
— Me dá uma cerveja e dois croquetes e o balconista responde:
— Meu senhor não temos croquetes
— Não tem? Tudo bem!
— Então me dá um copo de leite e dois croquetse.
— Meu senhor já disse não temos croquetes.
— Tudo bem!
— Então me dá uma coca e dois croquetes.
— Meu senhor já disse não temos croquetes!
— Então o que é aquilo ali?
— Ah é merda, é merda.
— Então me uma merda e dois croquetes.

Um Trago

O sujeito vai ao médico, reclamando de dores em tudo quanto é lugar.
— O único problema seu — sentencia o médico. — é a bebida. O senhor anda bebendo demais.
— Mas doutor, eu só bebo um traguinho por dia.
— Um traguinho? O senhor é um alcoólatra!
— Não, senhor! Eu só bebo um traguinho. Acontece que depois que eu bebo um traguinho, me transformo em outro homem. Este sim é um pinguço!

Bêbado e o padre

Um bêbado chega cambaleando no bar e grita:
— Pessoal, prestem atenção, eu sou Deus.
O dono do bar, cansado de ter que conviver com esses tipos pouco sóbrios, responde de forma ríspida:
— Ah, faça-me o favor… Pare de blasfemar, você fica dizendo isso e desse jeito vai queimar feito um leitão a puruca no inferno…
Mas o bêbado está decidido e desafia:
— É assim? Então vem comigo que eu vou provar!
Os dois vão até a igreja, onde o bebum leva o dono do boteco. O padre, ao ver o bêbado já franze a testa e diz de forma desesperada:
— Ah, meu Deus! Você aqui de novo!

Xixi na xícara

Certo dia um bêbado chegou no bar, e depois de tomar umas dez doses chegou para o dono do bar e disse:
— Eu aposto 20 reais que eu mijo nesse copo, sem deixar cair uma gota no chão?
Com a oportunidade de ganhar um dinheiro fácil em cima do bêbado o dono do bar aceitou a aposta. O bêbado, chapadaço, pegou o copo e caindo pra lá e pra cá, mijou no bar inteirinho não acertando uma gota sequer no copo.
O dono do bar começou a rir do bêbado, tomou a nota de 20 reais e colocou na carteira. O bêbado agora se mijava de rir, e o dono do bar não entendeu…
— E agora do que está rindo? Você perdeu!
— Porque apostei 100 reais com aquele cara sentado que eu mijaria no seu bar todinho e você ainda ia dar risada!

Safada

Estavam no bar três amigos conversando quando chegou no bar um bêbado dizendo à um deles?
— Sua mãe é uma piranha.
o rapaz tranqüilo nem deu assunto, o bêbado não contente voltou a dizer:
— Sua mãe é uma safada!
o rapaz olhou para ele tentou se levantar mas foi contido pelos amigos, mas o bêbado queria humilha-lo dizendo “eu transo com sua mãe todo dia”, foi aí que o rapaz se levantou e foi em Direção ao bêbado e disse:
Pai vai embora que você tá bêbado!

Por minha conta

O sujeito entra no bar, vai até o balcão, pede uma dose de uísque e fala bem alto para todo mundo ouvir:
– Hoje é por minha conta. Todo mundo bebe por minha conta.
Vira-se para o barman e fala:
– Você também. É por minha conta.
Todos bebem bastante, até mesmo o barman depois de relutar um pouco. Lá pelas tantas, o sujeito diz “Boa noite” e vai saindo sem pagar a conta. O barman se irrita, pula o balcão, dá o maior pau no sujeito e o põe para fora do bar.
No dia seguinte, entra o mesmo sujeito, vai até o balcão, pede uma dose de uísque e diz:
– Hoje é por minha conta. Todos bebem por minha conta.
Vira-se para o barman e fala:
– Você, não. Você fica muito agressivo quando bebe.

Garrafa de uísque

Um playboy muito do beberrão estava num cruzeiro pelo mundo quando o barco afundou. Depois de nadar muito(e estar com muita sede) chegou numa ilhazinha deserta. Logo encontrou uma garrafinha, a qual abriu ávido, mas ao invés de uísque encontrou um gênio.
— Tens direito a três desejos, meu amo.
— Quero uma garrafa do melhor uísque, que nunca esvazie! — disse o cara sem pestanejar.
— Apareceu a garrafa. Só que o cara não acreditava em gênios, e começou a beber para ver se era verdade. Só que por mais que bebesse a garrafa continuava cheia.
— Poxa, não acredito. É verdade mesmo.
Depois de muito provar, disse:
— Bão é que é verdade, funciona mesmo.
O gênio já cansado de esperar, diz zangado:
— Faca logo seus outros dois desejos, para que eu possa ser livre!
— Então me vê mais duas dessas, que é da boa!

Meia-Moite

Na noite passada, fui convidado para uma reunião com a galera e disse ao meu pai que estaria de volta cedo. Prometi! Mas as horas passaram rápido: o assunto rendendo, o som legal e as bebidas rolando soltas.
Por volta das 3 da manhã, bêbado feito um gambá, nem sei como fui pra casa. Mal entrei e fechei a porta, o cuco no hall disparou e cantou 3 vezes. Rapidamente, percebendo que meu pai poderia acordar, eu fiz cuco mais 9 vezes. Fiquei realmente orgulhoso de mim mesmo por ter uma idéia tão brilhante e rápida para evitar um possível conflito com ele.
Na manhã seguinte, meu pai perguntou a que horas eu tinha chegado e eu disse a ele meia-noite. Ele não pareceu nem um pouquinho desconfiado.
— Ufa! Daquela eu tinha escapado!
Então, ele disse:
— Nós precisamos de um novo cuco.
Quando eu perguntei porque, ele respondeu:
— Bom, esta noite nosso relógio fez “cuco” 3 vezes, então disse “Caralho!”, fez “cuco” mais 4 vezes, riu , cantou mais 3 vezes, riu de novo, cantou mais 2 vezes. Tropeçou no gato, chutou a mesinha da sala, arrotou forte e vomitou no tapete.

Bebendo Ácido

O dono do bar já estava de saco cheio com o bêbado, que todo dia vinha ali encher a cara. Numa daquelas, quando o bêbado pediu Bota mais uma, ele despejou ácido no copo. O bêbado tomou, fez uma careta, disse:
— Esta é forte, hein?
E saiu, cambaleando. Passaram-se vários dias e o bêbado não apareceu mais. O dono do bar ate ficou preocupado, pensando que tinha matado o infeliz.
Uma noite, o bêbado reaparece, já trocando as pernas, e pede uma pinga. O dono do bar serve a cachaça, o bêbado toma, faz careta, e diz:
— Esta não, eu quero é aquela que quando a gente faz xixi, enche a calçada de buraquinho.

Itens de compra

Uma mulher passava as compras no caixa de supermercado percebeu que um
bêbado examinava detalhadamente seus itens de compra:
* 2 caixas de leite integral
* 1 dúzia de ovos
* 1 litro de suco de laranja
* 1 alface americana
* 1 kg de café; e
* 1 pacote de bacon fatiado.
Enquanto o caixa registrava, o bêbado dirigiu-se a ela e disse:
— Você deve ser solteira.
A mulher ficou um pouco espantada com a declaração, e intrigada com a intuição do bêbado, já que, de fato, era solteira. Ela olhou os seis itens sobre a esteira e nada viu de particular, em sua seleção, que pudesse sugerir ao bêbado seu estado civil.
Com a curiosidade aguçada, ela disse:
— O senhor está absolutamente correto. Mas como o senhor conseguiu descobrir isso?
E o bêbado respondeu:
— É porque você é feia pra caramba!

Barata no Copo

O tonto entrou no bar pela décima vez no dia e pediu uma cachaça. O dono, português, já não agüentando mais, porem não podendo perder a freguesia, pegou o primeiro copo que viu (sujo, certamente) e foi servir ao bebum. Assim que começou a despejar a caninha, percebeu que no copo tinha uma barata. Não se importou e mandou ver (talvez o tonto desse sossego pra ele depois desta).
O sujeito pegou o copo e tomou a bebida de uma vez. Quando ainda estava descendo pela goela, percebeu alguma coisa diferente na boca. Deu uma parada, uma mordida, sentiu o gostinho meio amargo e engoliu tudo de vez.
Depois que fez a cara feia, virou pro português e gritou:
— Bota outra aí! E capricha na ameixa, viu!

Anões no Futebol

O bêbado entra no bar ao lado do campo de várzea e já vai pedindo:
— Zé, me dá logo duas branquinhas.
O Zé coloca as duas no balcão. Depois de mais umas três, ele vai ao banheiro. Nesse tempo chega um grupo de anões pedindo para se trocar no bar para fazer o jogo anual deles. O Zé diz:
O banheiro tá ocupado. Se troquem atrás do balcão.
De repente o bebum sai do banheiro e vê um monte de anões correndo. Metade vestido de azul e metade de vermelho. No desespero ele grita:
— Zé. Fecha a porta do bar rápido que seu pebolim tá fugindo!

Empurradinha

As três horas da manhã, a mulher acorda o marido:
— Benhê, estão batendo à porta. Vai ver o que é…
O sujeito vai atender e ao abrir a porta, dá de cara com um bêbado:
— Será que dá para você dar uma empurradinha? — diz o bêbado com voz pastosa.
O sujeito reclama, revoltado:
— Você acha que eu vou sair uma hora dessas para ajudá-lo a empurrar o carro? Nem morto!
E bate a porta na cara do bêbado. Voltando para a cama, a mulher pergunta quem era:
— Só um bêbado querendo que eu o ajude a empurrar o carro.
— E por que você não ajudou? — indaga a esposa.
— Ah… ele está bêbado… — balbucia o sujeito.
Pouco depois, a consciência começa a pesar e ele muda de ideia. Ao abrir a porta, ele não consegue ver nada além da escuridão e grita:
— Ei, você ainda quer a minha ajuda?
— Quero sim! — responde o bêbado.
— Mas onde é que você está?
— Estou aqui… no balanço!

Medalhinha na Testa

A mulher tem um filho pequeno que mija na cama. Uma vizinha lhe ensina uma simpatia:
— Coloque uma medalhinha na piroca do menino que é tiro e queda, nunca mais ele mija na cama.
A mulher mais do que ligeiro, achou uma medalhinha e fez a simpatia e pronto o menino não mijou mais na cama.
Um dia, o marido chega tarde, podre de bêbado e da uma mijada na cama. A esposa, louca da vida, lembra da simpatia e procura uma medalhinha para usar no bebum, não encontrando pega uma medalha que ele havia ganho no futebol.
Pela manha, o bebum acorda, e fica olhando intrigado para o pescoço, quando sua mulher chega muito louca e pergunta:
— Seu canalha, onde você andou a noite toda? Safado!
E ele, olhando para aquela medalha pendurada, responde:
— Olha mulher, onde eu andei eu não sei. Só sei que eu tirei o 1º lugar!

Mesma Casa

Dois bêbados estavam no bar a mais de três horas enchendo a cara, até que um pergunta pro outro:
— Onde é que você mora?
— Eu moro aqui na rua do lado…
— Poxa! Eu também… Mas nunca te vi por aqui.
— Minha casa é a da esquina.
— Poxa! A minha também é na esquina.
— A minha é aquela amarela, número treze.
— Pera lá! Mas essa é minha casa, porra!
— Não senhor! É muito minha!
Então resolveram solucionar este mistério e foram, os dois na direção da tal casa:
— É aqui que eu moro!
— Impossível! Quem mora aqui sou eu!
— Macacos que o partam! Seu eu estou falando que moro aqui, é porque moro!
— De jeito nenhum! Tá me chamando de mentiroso?
— Tô sim, essa casa é minha!
— Não! É a minha!
— Minha!
— É, minha!
E ficaram os dois naquele papo furado ate que a porta se abriu e uma senhora aparece louca da vida, e diz:
— Assim não é possível! — brada ela, nervosa. — Pai e filho, bêbados, discutindo de novo!

Três Cervejas

Toda sexta, as 20 horas um cara chegava em um bar, e pedia 3 cervejas para o garçom, as 3 ao mesmo tempo. Tomava uma, a outra, a terceira, pagava a
conta, levantava e ia embora. Uma bela sexta o garçom, já intrigado com aquilo, perguntou para o homem:
— Desculpe minha curiosidade, mas porque o senhor toma 3 cervejas toda sexta no mesmo horário?
E o homem respondeu:
— Porque tenho 2 irmãos, e cada um de nos mora longe. Assim, toda sexta, as 20 horas, cada um de nos entra em um bar e pede 3 cervejas. Tomamos uma por cada um de nós. E o nosso modo de manter contato e pensarmos um nos outros.
Uma bela sexta, o homem entra no bar e o garçom pergunta:
— Três cervejas, como sempre?
E o homem diz:
— Não. Apenas duas.
O garçom gela. Um dos irmãos dele morreu, pensa. Meio sem jeito, traz duas cervejas e pergunta para o homem:
— Desculpe-me amigo, mas é que sempre são 3 cervejas. Aconteceu alguma coisa com algum irmão seu?
E o homem:
— Não, estão todos bem. É que eu parei de beber!

Garrafa de Cachaça

O bêbado ia subindo uma ladeira, firmemente agarrado à sua inseparável garrafa de cachaça, quando tropeça e leva o maior tombo.
Refeito do susto, sente algo molhado debaixo da camisa:
— Ai, meu Deus! — lamenta-se. — Tomara que seja sangue!

Perdeu o carro

Um sujeito, cambaleando pelo estacionamento, estava cutucando a porta de cada carro com uma chave.
Veio o guarda e lhe perguntou:
— Qual é o problema, meu amigo?
E o sujeito responde:
— Perdi meu carro…
O guarda diz:
— Aonde foi que você viu o carro pela ultima vez?
— Foi aqui mesmo, na pontinha desta chave…

Dois Lados do Ônibus

O bêbado entrou no ônibus, parou lá na frente e apontando para o lado direito, disse:
— Todo mundo desse lado de cá é veado!
E apontando para o outro lado:
— E todo mundo desse lado é filho da puta!
Um passageiro, inconformado, levantou-se e disse:
— Eu não sou veado!
E o bêbado:
— Então passa para o lado de lá pra não fazer confusão!
Nisso, o motorista furioso freou o ônibus bruscamente fazendo com que todos os passageiros caíssem no chão, levantou-se, apontou o dedo na cara do bêbado e berrou:
— Quem foi que você chamou de veado?
E o bêbado:
— Agora eu não sei mais… você misturou tudo!

Sem Pagar

Os dois caras já estavam completamente bêbados quando um fala para o outro:
— Vamos toma um porre? Vamos? Quanto você tem aí?
— Cinquenta. Eu tenho cinquenta! E mostra a moedinha.
— Quanto cê tem?
— Tenho 1 e vinte!
— Não vai dar…
— É, não vai…
Os dois cambaleando até que um teve uma ideia:
— Tive uma ideia! A gente compra uma linguiça com o dinheiro, vai para o bar e toma um monte.
Aí, cê se abaixa eu ponho a linguiça para fora, cê começa a chupar e o dono do bar vai ficar tão puto que nos não vamos pagar…
— Tá bão, então vamos…
E compraram a linguiça e foram para o bar. Tomaram até sair pela orelha.
Aí um se abaixou e começou a chupar a linguiça. O dono do bar ficou puto e os dois saíram sem pagar…
— Beleza, num disse! Vamos pra outro bar!
— Agora!
E assim foram, uns 3 bares. Aí o que estava chupando a linguiça:
— Oh, não é por nada, mas será que dá pra trocar um pouco? Tô ficando cansado de chupar. No próximo bar é sua vez, tá?
— Tá bom. Só que não fica chateado? é que eu perdi a linguiça depois do primeiro bar…

Amasso na Praia

O sujeito consegue levar a morena lindíssima para um canto deserto da praia e começa a lhe dar o maior amasso.
— Querido — interrompe ela. — Estou me sujando toda de areia!
Aí o rapaz pega a canga da moça, estende no chão e continua os amassos.
— Querido, esta ventando muito. A ponta da canga fica batendo no meu rosto toda hora!
O sujeito vai atá um quiosque, compra quatro latinhas de Coca-Cola, coloca uma em cada ponta da canga e começa a tirar a roupa da moça.
— Querido, você esquecendo da camisinha!
Aí o sujeito sai correndo em busca de uma farmácia.
Nisso, passa um bêbado, vê a mulher nuazinha deitada de bruços na canga, e manda ver. Depois, comenta:
— Duvido que a Pepsi faça uma promoção melhor que esta!

O Bêbado e o Padre

O padre fazia a missa na igreja:
— Irmãos, vamos acabar com a fome e a pobreza!
O bêbado disse bem alto:
— É isso aí, seu padre!
O padre continuou:
— Irmãos, vamos acabar com a injustiça!
— É isso aí seu padre! Gostei!
O padre, já de saco cheio, chamou o bêbado no altar:
— Irmãos, vamos acabar com o maldito vício do álcool!
O bêbado disse:
— É, seu padre, já tá falando besteira!

Caminho de casa

Dois caras estavam num bar bebendo Jonas e o João quando João diz:
— Jonas vá embora, tu vai erra o caminho de casa. E Jonas nada e bebia ainda mais não estava nem aí.
E o João continuava:
— Vai embora, tu vai erra o caminho de casa Jonas.
E ele estava nem aí e pedia mais e mais…
Daqui uns minutos João vai embora e 2 horas depois Jonas chega em casa e olhando pelo buraco da porta ele vê sua mulher e João transando.
Jonas começa a cair na risada e diz:
Que burro! Depois era eu que ia errar o caminho de casa.

No Cabaré

O bêbado chega no cabaré, uma das puta o atende e ele não quer nem papo, e já pergunta quanto é o programa.
E ela responde:
— É 100 reais!
Ele em seguida diz:
— Mas porque só isso? Pra ficar com você eu pago até 200 reais!
— Porque você pagaria tudo isso? — pergunta ela
Ele responde:
— É porque eu gosto de bater.
— Mas o senhor bate muito? — pergunta ela
Ele responde:
— Não! Só até você devolver meu dinheiro!

Bebado no McDonald’s

Um bêbado entra no McDonald’s e fala pra atendente:
— Me vê um pão com carne e queijo!
A mulher responde:
— Senhor, aqui os pedidos são feitos através de números.
O bêbado responde:
— Então me da uma 51!

Chopp gelado

O bêbado chega no bar e diz:
— Me de aí um Chopp bem gelado.
— Desculpe-me mas estamos sem energia elétrica.
Então bêbado retruca:
— E daí, eu vim para tomar Chopp e não choque!

A promessa do bebum

Ô oi o trem… ô oi o trem…
Que surge de trás das montanhas…
Ô oi o trem…
Eu acho que enrosquei o cadarço no trilho do trem…
Aí Nossa Senhora desenrosca que o trem tá vindo meu Deus…
Er…vai óia o trem vindo…
O Deus se o senhor me tira daqui eu prometo,
a missa todos os domingos, e prometo nunca mais mechê com as muié dos outros, e prometo para de fuma, e prometo nunca mais trair minha muié e também prometo nunca mais beber se o senhor me solta daqui meu Deus…
Er…Er…O senhor não precisa mais me ajudar não eu consegui sai sozinho.

Camelos e Bêbados

Dois bêbados batem um papo muito animado. Um deles que está lendo o jornal, diz ao companheiro:
— Luiz! Você viu que coisa mais interessante?
— O que é?
— Eu estou lendo aqui no jornal que um camelo pode trabalhar oito dias seguidos sem beber.
O amigo, então, responde:
— É curioso, eu sou exatamente o contrário!
— Como assim?
— Eu posso beber oito dias seguidos sem trabalhar.

Você é feia

O bêbado em um bar olha para uma mulher ao seu lado e diz:
— Nossa, você é feia !
A mulher sem dar atenção, vira o rosto para o outro lado, e ele continua:
— Nossa, mas ocê é muito feia mesmo.
Mesmo irritada, ela ainda não dá atenção, mas o coitado continua :
— Mas você é horrível !
Até que ela não aguenta e diz :
— E você é um bêbado que pensa que é lindo ?
Ele responde :
É, mas amanhã eu tô bom !

Bebidas na Igreja

O bêbado entra na igreja, agarra o sacristão pelo braço e grita:
— Me vê uma pinga!
— Aqui não vendemos pinga, senhor!
— Então, me dá um conhaque!
— Também não temos conhaque!
— Como não tem? Que raio de bar é esse?
— Isso aqui não é um bar, é uma igreja!
— Ah… Então me dá um São Raphael!

Entrando em Casa

O bêbado entra em casa cambaleando, erra a porta e vai direto pro banheiro. Sua mulher acorda com o barulho, joga o bebum debaixo do chuveiro e lhe diz umas boas.
Ensopado, ele diz:
— Tudo bem, tudo bem. Eu sou tudo isso que você tá falando mas, pelo amor de Deus, me deixa entrar que tá chovendo pra burro aqui fora!

Morreu como um passarinho

O bêbado entra num velório e ouve a viúva, entre lágrimas e soluços, comentando:
— Meu marido era tão bom… Morreu como um passarinho!
Logo em seguida, outro bêbado entra também e encosta ali perto.
— Como foi que ele morreu, hein?
E o primeiro responde de bate-pronto:
— Parece que foi com um estilingada…

Funeral de um bêbado

Três bêbados bebem literalmente até cair. Quando dois deles acordam, descobrem que o terceiro morreu durante a noite.
Depois, no funeral, eles olham para o amigo no caixão.
— Puxa, o Zeca tá com uma aparência tão boa… — diz um deles.
— Claro — diz o outro. — O que você queria? Faz dois dias que ele não bebe…

Banheiro de ouro

O bêbado, escorado num amigo, chega na portaria de uma casa noturna muito badalada e fala pro porteiro:
— Ei, você! Poderia me dar uma informação?
— Fala logo!
— É que eu fiz uma aposta aqui com o meu amigo e queria confirmasse pra ele. É ou não é verdade que a privada aqui é de ouro?
E o porteiro grita lá pra dentro:
— João, tá aqui o imbecil que cagou no seu trombone!

Passeando pelo zoológico

Passeando pelo zoológico, dois bêbados param diante da jaula dos leões, impressionados com os fortes rugidos das feras.
— Vamos embora — diz um deles, algum tempo depois.
— Se você quiser, pode ir — diz o outro. — Eu fico para ver todo o filme.

Quem Deseja Ir Para o Céu

Templo lotado, o pastor ordena:
— Quem deseja ir para o céu levante a mão!
Todo mundo levanta, menos o bêbado, sentado lá no fundo.
O padre:
— O senhor aí atrás! Não quer ir para o céu quando morrer?
E o bêbado:
— Ah… Quando morrer eu quero! Pensei que o senhor tava organizando a caravana para hoje!

Primeiros Anos de Casamento

Um bêbado reclamava para o outro, desolado:
— Nos primeiros anos do meu casamento, eu beliscava as empregadinhas lá de casa, namorava secretárias, cantava recepcionistas, mexia com tudo quanto é mulher. Mas agora, infelizmente, meu casamento já não tem mais nenhum romantismo…

Almirante

O cara saiu da boate do jeito que o diabo gosta: num pileque de juntar criança.
Mal pisou na calçada, deu um violento encontrão num sujeito grandão, vestindo um uniforme cheio de galões.
Não se dando por achado, foi logo gritando:
— Olha aí, ô meu, me chama um táxi.
O outro ficou indignado:
— Que táxi, coisa nenhuma! Eu sou almirante!
— Então me chama um navio, pô!

Quem dirige

Os seis amigos saíram de um boteco carioca, mais altos que o Pão-de-Açúcar. Foram para o carro estacionado em frente e ficaram discutindo quem entrava primeiro, quem dirigia, quem entrava depois e assim por diante, até que um deles, mais decidido, resolveu assumir o controle:
— Olha aí, João, você dirige. Você está bêbado demais para cantar!

Mijando na rua

Depois de passar horas tomando cerveja num bar, o rapaz completamente embriagado foi até a rua, parou no meio-fio e começou a desabotoar as calças.
— Companheiro — gritou um guarda — você não pode fazer isso aqui!
— Claro que não, chefe! — respondeu o sujeito, fazendo um gesto com mão em direção a um estacionamento do outro lado da rua:
— Eu vou acertar laaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaá!

Não viu seta

Um motorista, bêbado, estava andando na contramão numa rua de mão única quando um policial o deteve:
— Você não viu a seta, rapaz?
— A seta? — respondeu, incrédulo, o jovem bêbado. — Pois eu não vi nem os índios!

Tomar um táxi

Um sujeito completamente bêbado começa a fazer o maior escândalo numa festa.
Um dos convidados tenta ajudar:
— O senhor não quer tomar um táxi e ir embora?
— Pra mim, chega! Não quero tomar mais nada por hoje

::…    LEIA OUTRAS PIADAS DE BÊBADO    …::

 

.... . .