Polícia investiga sumiço de mulheres; veículo de uma delas foi incendiado

A Polícia Civil de Jaú, na região de Botucatu, através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), está tentando localizar duas mulheres que desapareceram no intervalo de menos de dois dias. O carro de uma delas foi encontrado incendiado na zona rural da cidade. O primeiro caso foi registrado no dia 6 de julho. Familiares contaram à polícia que Janete Casaroti saiu de sua casa em Barra Bonita por volta das 16h para trabalhar em Jaú e, desde então, não foi mais vista. O carro dela, um GM Agile, foi encontrado no mesmo dia incendiado em um canavial na região do Jardim Padre Augusto Sani, em Jaú. Os bombeiros chegaram a ser acionados, mas o veículo ficou destruído.

A segunda desaparecida é a transsexual Danny Martins, de 25 anos. O pai dela revelou à polícia que a filha saiu de casa no último dia 8, por volta das 18h30, dizendo que iria ver seu namorado e não retornou. O delegado titular da DIG de Jaú, Marcelo Aparecido Tomaz Goes, explica que, até ontem à tarde, não tinha nenhuma informação concreta que pudesse levar ao paradeiro das duas mulheres desaparecidas. “A não ser o carro queimado, a gente não tem nada que possa dizer com certeza se ocorreu um homicídio ou algum evento morte. A gente está investigando, por enquanto, o desaparecimento”, declara. “A gente está trabalhando para ver se localiza imagens por onde elas passaram”.

LIGAÇÃO

  

Segundo o delegado, os dois casos podem estar relacionados. “A gente trabalha com essa possibilidade. Não descartamos nada”, diz. “Elas eram acompanhantes e trabalhavam no mesmo local”. Quem tiver informações que possam levar à localização de Janete pode entrar em contato com a filha dela pelo telefone (14) 99651-6736. Já informações sobre Danny podem ser repassadas à família pelo (14) 99847-0032. As Polícias Civil e Militar também podem ser acionadas, respectivamente, pelos telefones 197 e 190.  Fonte: Jcnet

LEIA TAMBÉM

 



.... . .