Polícia registrou acidentes com mortes em Botucatu

A Polícia Rodoviária registrou um grave acidente na madrugada desta segunda-feira, 30, entre as rodovias Rodovia Marechal Rondon e Gastão Dal Farra. O fato envolveu um carro e uma moto, no trecho próximo ao Sesi. Segundo informações, a moto vinha pela Gastão Dal Farra, sentido centro de Botucatu, quando um veículo tentou atravessar a pista. O fato ocasionou uma violenta colisão entre os veículos. A passageira da moto, Keylla Silva, de 41 anos, sofreu ferimentos graves e foi socorrida pelo resgate do Corpo de Bombeiros ao Hospital das Clínicas. Infelizmente ela não resistiu e morreu. Segundo apurou o Acontece Botucatu, o óbito foi registrado na manhã de hoje no Plantão da Polícia Civil. O caso será investigado. Esse é o segundo acidente envolvendo moto e carro em menos de uma semana. Na madrugada do dia 25, um carro colidiu com a traseira de uma moto, também na Marechal Rondon. O passageiro Claudinei da Silva, 38 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Afogamento

O Corpo de Bombeiros de Botucatu registrou na tarde deste domingo, 29, mais um caso de afogamento. Desta vez o acidente foi no Rio Bonito Campo e Náutica. Após horas de ação, os mergulhadores encontraram o corpo durante a noite. De acordo com informações, a vítima é Joabson Calazans de Oliveira, de apenas 21 anos, natural de Caieiras. Segundo apurou o Acontece Botucatu, ele foi atravessar em um espaço entre a margem onde fica a rampa de embarcação até o outro lado, perto do banheiro comunitário, onde havia um bote. O trecho era de aproximadamente 100 metros. A Polícia Científica também foi acionada no local após o término dos trabalhos. O caso ainda será investigado pela Polícia Civil, apesar do aparente cenário acidental. O Rio Bonito registra tradicionalmente um grande fluxo de turistas no fim do ano, especialmente com o aumento do calor. A campanha Viva Verão dos Bombeiros há anos orienta banhistas sobre o risco de afogamento em diversos locais de Botucatu. (Acontece Botucatu)

Leia outras notícias

.... . .