Secretaria de Saúde realiza mutirão de castração no domingo

Diante da grande demanda por cirurgias de castrações de animais fêmeas, a Coordenadoria de Proteção Animal, que é ligada à Secretaria de Saúde, realiza no próximo domingo (19) o primeiro mutirão de castração do ano. O evento vai realizar a cirurgia de castração de 160 animais, entre cachorras e gatas, que já fazem parte da lista de animais cadastrados do município. A coordenadoria informa que não haverá atendimento por livre demanda e que as pessoas que desejam castrar seus animais, e que ainda não fazem parte da lista, devem ligar ao telefone 3264 8795 para obter informações de como fazer o cadastro.

O objetivo da ação é promover o controle da população animal no município, o que contribui também para reduzir os casos de abandono e maus-tratos. “Diante da grande demanda por cirurgias de castração de fêmeas, nós resolvemos contratar uma empresa para reduzir essa fila. Apenas em um dia vamos realizar 160 cirurgias, reduzindo assim essa demanda reprimida”, explicou o secretário de Saúde, Ricardo Conti Barbeiro.

A coordenadora de Proteção Animal, Milena Mileski, informou que os animais foram selecionados seguindo a lista dos que já estão cadastrados para a castração. “As pessoas que desejam realizar a castração de seus animais vão ao nosso Centro Veterinário e se cadastram. No caso dos machos, os nossos próprios veterinários realizam o procedimento. Já a cirurgia das fêmeas, por ser um procedimento de maior porte, nós contratamos em clínicas veterinárias particulares da cidade na medida do possível, do que o orçamento permite. Com esse mutirão, vamos conseguir atender de uma só vez um número bem maior de animais”, declarou.

A empresa que venceu a licitação para realizar o mutirão vai trazer para a cidade um ônibus equipado para realizar esse tipo de procedimento. Ele vai ficar estacionado em frente ao Ginásio Municipal Hiller João Capoani, o Toniquinho, no Núcleo Luiz Zillo, e vai iniciar o atendimento às 8h do domingo.

Castramóvel

A contratação do mutirão foi a alternativa encontrada pela Secretaria de Saúde para atender a demanda de castrações, enquanto o Castramóvel, veículo adquirido pela Prefeitura em 2018, não recebe as adequações solicitadas pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária.

Na época, o veículo foi comprado seguindo as especificações do próprio CRMV. Quando o Castramóvel chegou, ele foi encaminhado ao Conselho para que o mesmo fizesse a homologação do veículo e o liberasse para uso. No entanto, durante esse procedimento o CRMV informou que havia feito alterações na planta – disposição interna das salas da carreta – e que o Castramóvel de Lençóis precisaria ser alterado para se adequar a essa nova planta.

O secretário informou que a Prefeitura já contratou a adequação e em breve o veículo estará disponível para uso. “Essa mudança nos critérios do Conselho Regional de Medicina Veterinária atrasou o início da operação do nosso Castramóvel e o de outras cidades também. Tanto que todos os materiais cirúrgicos e equipamentos necessários para o início da operação já foram adquiridos pela secretaria, restando agora apenas essa adequação do veículo”, explicou o secretário Ricardo Conti.

Leia Mais

Leia outras notícias

ESPORTES POLÍCIA CULTURA
POLÍTICA NACIONAL INTERNACIONAL

 



 

.... . .