Segunda fase do censo vai testar 1.000 lençoenses assintomáticos no domingo

  • Esta fase vai realizar mil testes rápidos, sendo 200 em cada uma das cinco unidade

A Secretaria de Saúde vai realizar no domingo, 28 de junho, a segunda fase do Censo Covid, pesquisa epidemiológica que visa verificar o percentual da população infectada no momento no município pelo novo coronavírus, causador da doença Covid-19. No Censo Covid são testados apenas pacientes assintomáticos, ou seja, pessoas que não apresentaram sintomas da doença, mas que podem estar contaminados ou que tiveram contato com o vírus já que, segundo a Organização Mundial da Saúde, a maior parte das pessoas infectadas pelo novo coronavírus não apresentam sintomas. Os testes serão realizados das 8h às 17h, em cinco unidades de saúde que ficarão abertas no domingo exclusivamente para a realização da pesquisa.
Esta fase vai realizar mil testes rápidos, sendo 200 em cada uma das cinco unidade. Vão realizar a coleta dos exames as seguintes unidades: Núcleo Luiz Zillo (ESF Dr. João Paccola Primo), Jardim Monte Azul (ESF Antonio Benedetti), Jardim Ubirama (UBS Dr. José Antonio Garrido), Jardim do Caju (ESF Dr. Luiz Fernando Lellis Andrade) e Jardim Cruzeiro (ESF Dr. José Nege). Para participar, basta comparecer a unidade mais próxima, munido de cartão cidadão e um documento com foto.
A Secretaria de Saúde informa que serão distribuídas senhas, até o limite de 200 por unidade, e agendado um horário para que o paciente faça a coleta de sangue para realizar o teste rápido. “Nós vamos montar uma estrutura de tenda e cadeiras na frente das unidades para garantir conforto a segurança das pessoas. Queremos pedir a compreensão da população, porque os testes serão realizados em lotes durante todo o dia, então a pessoa pode pegar uma senha para voltar mais tarde, tudo para evitar aglomeração e proteger tanto a própria pessoa como nossos funcionários da saúde”, declarou o secretário de Saúde, Ricardo Conti.
Podem participar da pesquisa pessoas de ambos os sexos e de todas as idades, exceto idosos, gestantes ou pessoas do grupo de risco, para evitar o risco de contaminação. “Lembramos que quem não conseguir realizar o teste desta vez, pois os testes serão limitados, que o Censo Covid terá ainda uma terceira fase e que dará oportunidade para mais mil pessoas. Quero aproveitar, inclusive, para pedir para que as pessoas que já realizaram o teste na primeira fase, que não procurem a unidade dessa vez, para que outra pessoa também possa fazer o teste”, declarou.

Primeira Fase

A Secretaria de Saúde informa que na primeira fase foram realizados 998 testes rápidos. Nessa primeira fase, o público foi escolhido por sorteio e o exame foi colhido nas casas e também nas unidades de saúde. Na primeira fase, a pesquisa encontrou 3,8% de casos positivos, ou seja, pessoas que eram portadoras do novo coronavírus e poderiam estar transmitindo para outras pessoas, mas não tinham nenhum sintoma.
“Muitas pessoas me perguntam porque estamos testando pessoas que não tem nenhum sintoma. O objetivo da pesquisa é prever como a doença vai evoluir na cidade. A pesquisa dá uma panorama do futuro, do número de doentes que podemos ter e do número de leitos que vamos precisar caso dobre ou triplique o número de infectados. Já o teste dos sintomáticos, que nesse caso são feitos o exame tipo PCR, tem o objetivo de detectar os casos positivos que estão doentes para que possamos evitar o agravamento da doença. A testagem dos sintomáticos olha para o passado e o presente, já a dos assintomáticos para o futuro”, explicou o prefeito Anderson Prado.

Leia outras notícias     

.... . .