Ex-atleta do Bellator, Katy Collins morre aos 32 anos em consequência de um aneurisma

Treinador da lutadora, JT Tilley faz publicação emocionante em rede social e exalta valentia de atleta

O treinador da ex-atleta do Bellator, Katy Collins, de 32 anos, JT Tilley confirmou a morte de sua aluna. Em publicação emocionante feita em seu perfil oficial no Facebook, o técnico exaltou a força da atleta e afirmou que irá sentir falta da ex-lutadora. A morte de Collins se deu em função de complicações ocorridas após a norte-americana sofrer um aneurisma cerebral. Recentemente, uma ‘vaquinha’ online foi realizada para reunir fundos a fim de promover o tratamento de Katy. No entanto, atleta não resistiu.

“A luta acabou. Você nunca parou de lutar e nós nunca desistimos de você. Apenas não estava nas cartas. Eu serei sempre muito orgulhoso de você, Katy. Eu fiquei honrado de viver o seu sonho com você. Eu nunca trocaria isso por nada. Vou sentir sua falta mais do que as palavras podem mostrar”, escreveu Collins.

A arrecadação financeira online teve início há quatro dias. Nela, o grupo buscava um valor de US$10 mil (cerca de R$38 mil) para arcar com os gastos para o tratamento da saúde da norte-americana. Segue o texto.
“Todos conhecem Katy Collins como lutadora, mas agora a luta é pela sua vida. Katy teve um aneurisma cerebral na sexta-feira (20), e ela ainda vai ter uma longa estrada em sua frente. Todos que conhecem Katy sabem que ela é amorosa, cuidadosa, não é egoísta e tem um grande coração. Agora, ela precisa de ajuda para conseguir pagar as contas pelos próximos meses com suas despesas médicas. Por favor, amigos e família. Qualquer ajuda é válida.  Agradecemos a ajuda de vocês. Obrigado”, publicaram.
Katy iniciou sua carreira profissional em 2015. A atleta estreou com vitória sobre Katherine Farrow.
Em seu segundo compromisso, a lutadora amargou sua primeira derrota, ao ser batida por Jaymee Jones. Collins, porém, conseguiu somar uma ótima sequência de vitórias entre 2015 e 2016, o que rendeu à atleta seu primeiro contrato com o Bellator.
Pela empresa, a norte-americana fez dois combates. No primeiro, saiu derrotada, mas conquistou o triunfo no segundo. Em seus últimos três duelos, lutando pelo LFA Legacy Fighting Alliance, a lutadora não conseguiu mais vencer. Sua apresentação final aconteceu em junho do ano passado, quando Katy perdeu para Jaimelene Nievera. – Fonte SUPERLUTAS

 

.... . .