Secretaria de Educação vai distribuir kits de café da manhã com dinheiro da merenda

  • Também foi anunciado que a tradicional Expovelha neste ano está cancelada
José Denilson Nogueira esteve na coletiva para dirimir dúvidas sobre os preços pagos nos testes

Na coletiva de imprensa sobre Covid-19, realizada na tarde desta terça-feira, 30, o prefeito Anderson Prado anunciou a criação do Kit Café da Manhã, que será distribuído aos alunos da Rede Municipal de Ensino. Os Kits, que serão comprados com recursos usados na merenda escolar, vão beneficiar 8.100 crianças e adolescentes das creches e ensino infantil e fundamental do município. Os produtos estão sendo cotados pelo setor de licitação e a distribuição vai iniciar em julho. A data será informada em matéria posterior e pela imprensa.

Ainda de acordo com o Prefeito, serão beneficiados 6.700 alunos dos ensinos infantil e fundamental e 1.400 para crianças de creches. Quanto às crianças que frequentam a rede estadual, Prado explicou que o governo do Estado já faz o pagamento mensal de R$ 55,00 a cada aluno. “Os Kits foram montados por nutricionistas e vão ser diferentes de acordo com a idade da criança e também se a criança tiver alguma particularidade, como diabetes ou intolerância a lactose. Basicamente os kits terão leite, pão de forma, biscoito de maisena, manteiga, achocolatado e frutas”, explicou o prefeito.

Durante a coletiva, foi anunciada também a criação por parte da Secretaria de Saúde de Lençóis Paulista, de um número de WhatsApp para denunciar pessoas com resultado positivo para Covid-19 que não estão cumprindo o isolamento social, colocando a saúde e a vida de outras pessoas em risco. O WhatsApp 3263 0020, exclusivo para denúncias de pessoas testadas positivos e que não cumprindo as determinações de isolamento, está disponível aos lençoenses de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Basta mandar uma mensagem para esse endereço que a Secretaria de Saúde investigará a pessoa que está furando o isolamento e aplicar, se constatado a desobediência, as medidas cabíveis, que vão de detenção de 1 mês a 1 ano, além do pagamento de multa.

Também foi anunciado que a tradicional Expovelha neste ano está cancelada, por conta da pandemia do novo coronavírus. Sobre o aporte financeiro do Banco do Povo aos pequenos empresários, Prado disse que o município já disponibilizou R$ 40 mil ao caixa da instituição, que ainda aguarda a parte do governo estadual, R$ 400 mil, para que o pleito seja aberto aos interessados.

O prefeito explicou que devido ao ano eleitoral e a legislação vigente, a partir de sábado, 4 de julho, ficam proibidas as coletivas e a divulgações que não tenham autorização da Justiça Eleitoral e, por isso, a coletiva estava sendo considerada a última. Isso levando-se em conta que o pleito deste ano seja mantido para o dia 4 de outubro, o primeiro domingo daquele mês. No entanto, como está no Congresso um projeto para adiar o pleito para 15 de novembro o primeiro turno, e único para municípios com menos de 100 mil eleitores, se aprovada a mudança e houver necessidade, outras coletivas poderão ser convocadas.

Na coletiva desta terça-feira participaram além do prefeito Prado, o presidente da Câmara, Nardeli da Silva, o Secretário de Saúde, Ricardo Conti, o vereador André Paccola Sasso, presidente do Comitê Parlamentar Regional para Covid-19, o secretário de Licitações, José Denilson Nogueira, e o médico Dr. Norberto Pompermayer, presidente do Comitê de Enfrentamento à Covid-19. Na abertura da coletiva o prefeito expôs os números de mortos naquele momento: Brasil (58.314), São Paulo (14.398), Lençóis Paulista (20). Em Lençóis Paulista já foram realizados 4.893 testes, que detectaram 943 pessoas positivadas. Na cidade também já foram recuperados 771 pacientes.

Prefeitura não pode atuar
em propriedade privada

Respondendo a alguns questionamentos que chegaram à Prefeitura via redes sociais, sobre o porquê da Prefeitura não realizar testes em colaboradores de alguns comércios, como supermercados, o prefeito explicou que a prefeitura não pode aplicar testes em propriedades privadas: “A Prefeitura não pode aplicar recursos públicos em atividade privada”, disse, explicando que na segunda etapa do Censo Covid-19, realizada no domingo, foram disponibilizados 1.024 testes, em cinco unidades de saúde, constatando 90 casos positivos. A terceira etapa ocorrerá no dia 19 de julho, com a aplicação de mais mil testes. A estratégia da testagem ainda será divulgada nas plataformas digitais da Prefeitura.

O secretário de Licitações, José Denilson Nogueira, esteve na coletiva para dirimir dúvidas sobre os preços pagos nos testes que estão sendo aplicados na cidade. Como surgiu algumas dúvidas, Nogueira explicou que no início, quando houve a corrida em busca dos testes, os preços foram altos por não haver alternativas. Na compra da segunda remessa, o produto já estava mais disponível, e a prova foi que com a abertura de pregão, 14 empresas se apresentaram, o que fez o valor cair ainda mais. “Todos os dados estão disponíveis no nosso portal e todos os trâmites da legislação foram seguidos”, declarou.

O vereador André Sasso mais uma vez esclareceu sobre as atividades que estão autorizadas pelo Decreto do Executivo, explicando que de alguma forma todos estão atuando, os classificados como atividades essenciais e os demais, que têm opções de Delivery e Drive Thru. O médico Dr. Norberto falou sobre alguns casos de positivados na primeira etapa de testagem, que não observaram com rigor o isolamento, o que pode ter provocado a transmissão do vírus para outras pessoas. Registrou ainda que todas as pessoas testadas como positivas, no mesmo dia já foram medicadas.

O secretário da Saúde Ricardo Conti explicou que pelas análises, Lençóis Paulista em breve poderá chegar na redução de contaminação, desde que todos colaborem e não infrinjam as regras. “Creio que nós vamos chegar logo no estágio da estabilização”, comentou. Quando à fiscalização da Vigilância Sanitária, Conti disse que inicialmente está sendo feito um trabalho de conscientização quanto às normas do Decreto Municipal, sobretudo para que se evite aglomerações. As penalizações ocorrerão em caso de reincidência.

E, para fechar a coletiva, depois dos questionamentos da imprensa presente, o prefeito Prado falou sobre as perdas de vidas locais e sobre aqueles que estão na linha de frente ao combate à Covid-19, agradecendo a todos que estão na luta. “Se teve um governo que não fugiu à luta, e não fugirá, foi o nosso. Precisamos vencer, e só venceremos juntos”, encerrou.

Leia outras notícias     

 

.... . .

Deixe uma resposta